Coin News

Analista que acertou alta de 43.000% do AXS em 2021 indica 3 criptomoedas para comprar agora e lucrar em breve

24 Sep, 20228 min readOther
Analista que acertou alta de 43.000% do AXS em 2021 indica 3 criptomoedas para comprar agora e lucrar em breve

A análise gráfica do Bitcoin, mostra que existe uma consolidação do preço do ativo na região de US$ 18,5 mil a US$ 24,5 mil. Sob essa ótica, como a tendência ainda é de baixa, se houver o rompimento do menor patamar citado, existe a possibilidade de o BTC alcançar a região dos US$ 13 mil, que é vista como a próxima barreira.

Na visão da equipe de research da Transfero, se isso não acontecer ainda existirá a possibilidade da formação de um fundo duplo, o que reverteria a movimentação vigente de baixa para alta, fazendo com que a cotação do bitcoin retorne para os patamares superiores de US$ 25 a US$ 30 mil.

“Se considerarmos a projeção de Fibonacci das análises anteriores, com a perda do segundo alvo, que se encontra nos US$ 17 mil, o ativo deverá buscar o terceiro alvo, visto na zona dos US$ 8 mil, patamar que não é atingido desde abril de 2020”.

Por fim, segundo a emrpesa, de acordo com o gráfico diário, o bitcoin segue na tentativa de perder o suporte estabelecido nos US$ 18,5 mil.

“Depois de ter frustrado uma tentativa de retomada altista, quando subiu aproximadamente 20% (entre os dias 7 a 12 de setembro), o BTC retornou para a base do retângulo, conforme destacado abaixo”, pontuaram os analistas.

Economia nos EUA seguram os touros

No entano, apertando ainda mais sua política monetária para restaurar a estabilidade de preços, o Federal Reserve elevou as taxas de juros de referência em três quartos de ponto percentual para a faixa de 3-3,25%. Pela terceira vez consecutiva, o Comitê Federal de Mercado Aberto aumentou as taxas em 75 pontos-base, indicando que as pressões inflacionárias não devem diminuir tão cedo.

Com isso, o mercado reagiu negativamente a mais um aumento maciço do Fed e seu compromisso de continuar aumentando as taxas até 2023. Os principais índices de ações de Wall Street e, portanto, o Bitcoin e as criptomoedas seguiram o mercado e também registraram quedas, mostrando que a economia americana tem atuado como um freio para os touros.

Até o momento, o coeficiente de correlação da criptomoeda número um com o S&P 500 está atualmente em 0,87, enquanto a correlação do BTC com o Nasdaq Composite é ainda maior, em 0,91.

Fonte: TheBlock.co

Como mostra o analista Mike Ermolaev, a inflação crescente e o enfraquecimento da economia global tornam o Bitcoin inadequado como um porto seguro contra a inflação.

Uma das principais razões para isso é sua alta correlação com o mercado de ações.A atividade na cadeia, particularmente as saídas totais das exchanges, indicam que a pressão de venda do BTC está aumentando, embora não seja tão extrema quanto há dez dias.

Fonte: CryptoQuant

Segundo ele, com relação ao Ethereum, a fusão causou um frenesi de venda de notícias. O valor da segunda maior criptomoeda caiu 21% em relação ao dólar americano desde que a fusão ocorreu.

Fonte: TradingView

Comprar agora para lucrar depois

"Com isso dito, o lançamento da exchange de criptomoedas EDX Markets por Charles Schwab (SCHW), Citadel Securities e Fidelity Digital Assets revela que, apesar das negociações do bear market e da tendência de queda no mercado, Wall Street continua interessada no ativo digital mercado", disse.

Ele destaca que o anúncio ocorre depois que a BlackRock, a maior gestora de ativos do mundo, anunciou que ofereceria investimentos em criptomoedas para clientes institucionais.

Recentemente, um relatório da Chainalysis descobriu que, depois de atingir seu recorde histórico no segundo trimestre de 2021, a adoção global de criptomoedas caiu no terceiro trimestre, se recuperou no quarto trimestre, quando os preços subiram para novos máximos históricos e caíram nos últimos dois trimestres quando entramos em um mercado em baixa.

No entanto, a adoção global continua bem acima dos níveis de mercado pré-alta de 2019. De acordo com o estudo, os mercados emergentes dominam o Global Crypto Adoption Index, e uma porcentagem significativa de novos usuários provavelmente continuará com as criptomoedas mesmo quando os preços caírem, mantendo o ecossistema saudável ao longo do tempo.

Entre os motivos pode estar o valor que a criptomoeda oferece aos usuários em mercados emergentes. Cada vez mais, pessoas que vivem em ambientes econômicos instáveis ​​estão adotando criptomoedas por causa de seus benefícios únicos e tangíveis.

"Assim, o interesse em criptomoedas entre investidores institucionais e usuários regulares parece estar aumentando e não diminuindo. Pode ser que os turistas tenham ido embora, mas a rede continua a zumbir. Os mercados em baixa são um bom momento para os construtores construírem e os crentes acumularem", afirma

3 criptomoedas para comprar agora

Seguindo esta linha de aproveitar o momento de baixa para acumular criptomoedas aguardando o próximo ciclo de alta, Ermolaev, que foi certeiro no ano passado ao perver uma alta exponencial para o Axie Infinity e os jogos play-to-ern, destacou 3 criptomoedas que ele acredita terem grande potencial no próximo ciclo do mercado.

"Como mencionei os construtores, gostaria de dedicar minha lista de tokens a ecossistemas blockchain promissores, tanto em termos de seu potencial para desenvolver Web3 e mundo criptográfico em geral, quanto em seus preços de tokens nativos com forte potencial de crescimento", disse.

NEAR Protocol (NEAR)

O primeiro criptoativo na lista do especialista é o NEAR Protocol que é um blockchain público, baseado em PoS, construído como uma infraestrutura baseada em nuvem administrada pela comunidade sobre a qual os desenvolvedores podem criar aplicativos descentralizados.

Graças ao Nightshade, uma tecnologia de sharding exclusiva, o NEAR oferece melhor escalabilidade, operabilidade entre cadeias e uma abordagem fácil de usar. NEAR é uma blockchain PoS ecologicamente correta que deixa uma pegada de carbono baixa e foi certificada como neutra em carbono pelo South Pole.

"Desde o seu lançamento há dois anos, o NEAR emergiu como um dos rivais mais ferozes do Ethereum e Solana. É por isso que o capital de risco e os fundos de hedge estão investindo pesadamente nesse ecossistema. Com mais de US$ 45 milhões em doações feitas em 2022, a NEAR ajudou mais de 800 startups a reimaginar a web2 e a web3. Também revelador é o recente lançamento do Tether no NEAR e NearPay anunciando o próximo lançamento dos cartões Visa", disse

Ele também destaca que teve o prazer de participar da recente conferência NEARCON em Lisboa, que reuniu cerca de 3.000 entusiastas, construtores, desenvolvedores e proprietários de empresas de criptomoedas.

"Ver aquela enorme multidão correndo para construir, apesar das barreiras que enfrentaram, foi realmente impressionante. Portanto, estou absolutamente certo de que esse ecossistema catapultará o valor do token NEAR em um futuro próximo", disse.

Fonte: Messari.io

Algorand (ALGO)

Em segundo lugar na lista do analista está a Algorand que é uma plataforma escalável, segura e descentralizada para moedas digitais e contratos inteligentes. Para segurança de rede e consenso de produção de blocos, o protocolo usa uma variação de Proof-of-Stake (PoS) chamada Pure PoS (PPoS).

Ao contrário de outros modelos de PoS, o PPoS não recompensa os validadores nem coloca os fundos dos usuários em risco (por exemplo, perder fundos usados ​​para promover um comportamento honesto). Como parte de seus esforços contínuos para formar um sistema de governança on-chain sustentável, a Algorand pretende usar seu design PPoS como base.

"A Algorand se recuperou após o anúncio de Michele Quintaglie como sua nova diretora de marketing, que trabalhou anteriormente na Visa, Fidelity e Raytheon. No período que antecede a Copa do Mundo em novembro, a Algorand está desfrutando de um interesse crescente devido à sua parceria com a FIFA. Nos últimos sete dias, o ALGO ganhou 22,47%. Esse token superou o Bitcoin em 34,40% e o Ether em 56,02% no último mês", destacou

Fonte: Messari.io

Cardano (ADA)

Fechando a lista está a Cardano que assim como no Ethereum, suporta contratos inteligentes e aplicativos descentralizados com sua moeda nativa, ADA. Recentemente a ADA passou pelo hardfork Vasil e depois que a atualização estiver 100% lançada, será a maior mudança no blockchain desde o hard fork Alonzo em setembro do ano passado, que permitiu contratos inteligentes pela primeira vez.

"Por meio dessa atualização, os contratos inteligentes serão aprimorados, os custos serão reduzidos e a taxa de transferência da rede será aumentada. A ADA superou o Ether em 26,37% no mês passado, justificando em parte seu apelido de 'assassino do ethereum'", finalizou.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store