Coin News

XP vai lançar exchange de criptomoedas em parceria com a Nasdaq

5 d ago3 min readOther
XP vai lançar exchange de criptomoedas em parceria com a Nasdaq

A XP Inc. anunciou a criação da XTAGE, uma plataforma própria para negociação de criptomoedas. De acordo com o InfoMoney, a nova plataforma será lançada em parceria com a bolsa americana Nasdaq.

Em nota, a XP Inc. explicou que a XTAGE será totalmente integrada ao ecossistema da empresa. Ou seja, os clientes poderão investir pelo aplicativo atual da plataforma. O lançamento oficial será feito através de uma coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (12), às 9h.

“Na XP, temos a grande missão de democratizar o acesso a ativos digitais, proporcionando aos investidores um portfólio amplo e diversificado de produtos financeiros que estão na vanguarda da inovação global”, diz Lucas Rabechini, diretor de produtos financeiros da XP Inc.

XTAGE estará pronta em junho

De acordo com a nota da XP, a exchange ficará totalmente operacional até o final de junho. A XP não divulgou quais criptomoedas serão negociadas. Naturalmente, Bitcoin (BTC) e Ether (ETH) provavelmente estarão na plataforma.

A princípio, o foco da XTAGE será a negociação de criptomoedas, sendo que no médio prazo ela planeja “expandir sua oferta para incluir diversos tipos de ativos digitais, à medida que as tendências de mercado e o apetite dos investidores evoluam”.

“A criação da XTAGE representa um marco importante no avanço do mercado de ativos digitais e nossa capacidade de oferecer aos investidores maior acesso ao ecossistema desses ativos. Por meio da parceria tecnológica com a Nasdaq, estamos confiantes de que a XP irá operar em uma infraestrutura inovadora e robusta “, afirma.

Primeira tentativa pós-XDEX

Em 2017, os sócios da XP lançaram a XDEX, exchange que negociava com base no preço do BTC. Por causa da regulamentação, a exchange não operava diretamente com a negociação de BTC, mas apenas com o preço da criptomoeda.

As operações da exchange duraram até 31 de março de 2020, quando a XDEX encerrou as atividades. Em nota, a exchange citou o aumento da competição e os poucos avanços regulatórios como justificativas para o encerramento.

No entanto, a situação mudou drasticamente nos últimos dois anos, já que a demanda por investimentos em criptomoedas se intensificou. A própria XP já disponibiliza fundos de criptomoedas para os clientes da sua plataforma, e o Brasil já possui quase dez ETFs focados neste mercado.

Por outro lado, o marco das criptomoedas foi aprovado pelo Senado e está na sua última fase de apreciação na Câmara dos Deputados. Se for aprovado, o Brasil terá uma legislação e diretrizes claras para este mercado.

O CriptoFácil entrou em contato com a assessoria da XP Inc. para saber mais informações sobre o lançamento. Esta matéria será atualizada em caso de retorno da empresa.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store