Coin News

US$ 3 bilhões em criptomoedas foram roubados até agora em 2022 após o 'Hacktober' – o dobro de 2021

4 d ago3 min readBlockchain
US$ 3 bilhões em criptomoedas foram roubados até agora em 2022 após o 'Hacktober' – o dobro de 2021

O mês de outubro quebrou todos os recordes de explorações de criptomoedas e da quantidade de ativos digitais roubados – fazendo jus ao seu novo apelido de “Hacktober” – de acordo com números atualizados.

Em 31 de outubro, a empresa de segurança em redes blockchain PeckShield divulgou algumas estatísticas assustadoras, relatando um total de US$ 2,98 bilhões em ativos digitais roubados no acumulado do ano até 31 de outubro de 2022, o que já se configura como quase o dobro dos US$ 1,55 bilhão perdidos em 2021.

O “Hacktober” registrou cerca de 44 explorações que afetaram 53 protocolos, acrescentou a empresa. Atores mal-intencionados roubaram impressionantes US$ 760 milhões ao longo do mês. No entanto, US$ 100 milhões foram devolvidos.

#PeckShieldAlert ~44 exploits (53 protocols affected) grabbed ~$760.2M in Oct. 2022, and ~$100M already returned the exploited protocols (Total loss: $657.2M)As of October 2022, the stolen funds (~$3B) in 2022 “doubled” last year’s loss — PeckShieldAlert (@PeckShieldAlert) October 31, 2022

#PeckShieldAlert ~ 44 exploits (53 protocolos afetados) desviaram ~ $ 760,2 milhões em outubro de 2022 e ~ $ 100 milhões já retornaram os protocolos explorados (perda total: $ 657,2 milhões)Até outubro de 2022, os fundos roubados (~ $ 3B) “duplicaram” as perdas do ano passado

— PeckShieldAlert (@PeckShieldAlert)

Depois de outubro, março foi o segundo mês com mais fundos hackeados, resultando em pouco menos de US$ 710 milhões roubados. A maior parte desse montante foi desviada na exploração da ponte da Ronin, que resultou em US$ 625 milhões em criptoativos sendo roubados.

A principal exploração de outubro foi de longe a da BNB Chain, em que foram roubados US$ 586 milhões, de acordo com a PeckShield. A empresa listou a exploração do protocolo DeFi Mango Markets como o segundo da lista, apesar de os desenvolvedores do projeto terem fechado um acordo com o explorador para acertando a devolução de parte dos fundos.

Houve várias outras explorações notáveis em outubro, de acordo com o DeFiYield’s Rekt Database. Isso inclui a plataforma de rendimento de criptomoedas Freeway, que foi classificado como uma "puxada de tapete" de US$ 60 milhões, a Transit Swap perdeu US$ 29 milhões, o Team Finance foi vítima de um golpe de US$ 13 milhões e o Moola Market perdeu US$ 9 milhões.

A DeFiYield divulgou seu próprio relatório em 1º de novembro, descrevendo o terrível estado da festa hacker que ocorreu no mês passado.

O documento afirma que mais de US $ 1 bilhão foi perdido em fraudes de criptomoedas em outubro, embora inclua o que considera "puxadas de tapete" e "esquemas Ponzi", além de explorações diretas de protocolo. A DeFiYield relatou 35 incidentes totais no mês, 15 dos quais foram "puxadas de tapete".

Em uma nota mais favorável à indústria, o relatório afirma que quase US$ 890 milhões em fundos de criptomoedas foram recuperados até agora em 2022.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store