Coin News

Uniswap bloqueia 250 carteiras cripto supostamente ligadas a crimes

22 Aug, 20222 min readDeFi
Uniswap bloqueia 250 carteiras cripto supostamente ligadas a crimes

A exchange descentralizada Uniswap (UNI) bloqueou 253 endereços que aparentemente estavam ligados a roubos ou vinculados à ferramenta cripto Tornado Cash, banida dos Estados Unidos. A informação foi revelada por um desenvolvedor anônimo da plataforma Yearn Finance (YFI) conhecido como “Banteg”.

O Tornado Cash é um serviço de mixing de criptos que permite que os usuários embaralhem as transações de criptoativos para esconder a origem dos valores.

Esses endereços bloqueados, ligados a carteiras de criptomoedas, foram postos pelo governo dos EUA em uma lista de banimento, ou receberam diretamente criptos provenientes de ataques hackers a plataformas cripto realizados nos últimos anos.

Os endereços podem continuar usando os smart contracts (contratos inteligentes) da Uniswap – um serviço descentralizado que existe na blockchain Ethereum (ETH). No entanto, eles não podem usar o site da Uniswap, gerenciado e mantido pela Uniswap Labs, uma empresa com sede em Nova York.

“Certamente não faz sentido bloqueá-los”, disse Banteg, apontando que uma “burn wallet” (carteira para onde são enviados criptoativos que precisam ser removidos de circulação) estava entre os 253 endereços bloqueados. Outros deles, observou Banteg, estavam conectados apenas a uma carteira potencialmente ligada a criminosos e podem não ter se envolvido diretamente em atividades ilegais.

Segundo o desenvolvedor, 30 carteiras estão associadas ao Ethereum Name Service (ENS), serviço que cria domínios web legíveis para substituir os habituais endereços alfanuméricos de carteiras. “A maioria provavelmente pertence a usuários legítimos que sofreram danos colaterais”, afirmou.

Atualmente, a Uniswap está trabalhando com a empresa de análise de blockchain TRM Labs para rastrear a atividade de carteiras de usuários como parte de uma unidade de gerenciamento de risco mais ampla, conforme uma postagem de abril.

Não é a primeira vez que a Uniswap bloqueia endereços proenientes da lista de sanções do Departamento do Tesouro dos EUA. No entanto, desde então ampliou o alcance da medida para incluir carteiras associadas a atividades ilícitas, como criptos roubadas ou ataques de ransomware, na lista de endereços proibidos de interagir com a Uniswap.

A TRM Labs sinaliza endereços para Uniswap com base em sete categorias, incluindo fundos roubados, misturadores anônimos (como o Tornado Cash), carteiras conhecidas associadas ao terrorismo ou a casos de abuso infantil. Elas são enviados para a Uniswap Labs, que pode tomar medidas adicionais.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store