Coin News

União Europeia proíbe totalmente empresas de oferecerem serviços de criptomoedas para Rússia

6 Oct, 20223 min readBitcoin
União Europeia proíbe totalmente empresas de oferecerem serviços de criptomoedas para Rússia

A União Europeia proibiu todos os serviços de criptomoedas para entidades russas como parte de sua oitava rodada de sanções contra o país.

“As proibições existentes sobre criptoativos foram reforçadas com a proibição de todas as carteiras, contas ou serviços de custódia de criptoativos, independentemente do valor da carteira”, diz o comunicado de imprensa da Comissão Europeia divulgado nesta quinta-feira (6).

O limite original, estabelecido em abril, permitia que esses serviços continuassem atendendo às carteiras russas com 10 mil euros ou menos.

O aumento das medidas destina-se a punir a “escalada contínua da Rússia e a guerra ilegal contra a Ucrânia”, incluindo a mobilização de tropas adicionais e a emissão aberta de ameaças nucleares.

O pacote de medidas também ampliará o número de serviços que não podem mais ser fornecidos aos russos ou ao governo russo, incluindo consultoria de TI, assessoria jurídica, arquitetura e serviços de engenharia. A comissão disse que a Rússia é “altamente dependente da importação desses serviços”.

A restrição adicional ocorre um dia depois que a UE finalizou algumas de suas principais regras sobre regulamentação de criptomoedas. Uma das leis aprovadas incluía a exigência de que os provedores de carteira verificassem as identidades daqueles que usavam seus serviços.

Criptomoedas e sanções à Rússia

Ao implementar sanções em fevereiro, líderes americanos e europeus imediatamente voltaram sua atenção para a criptomoeda, por medo de que a indústria em crescimento pudesse ajudar a Rússia a contornar suas restrições comerciais.

Criptomoedas como o Bitcoin são peer-to-peer e sem permissão, tornando significativamente mais difícil para as autoridades ocidentais sufocar o comércio facilitado pela rede.

Isso permitiu que organizações criminosas estrangeiras aproveitassem a tecnologia em esquemas de ransomware e até mesmo no financiamento de armas nucleares.

No entanto, existem algumas limitações: a maioria das criptomoedas usa blockchains públicas altamente transparentes, proporcionando pouca privacidade de transação de seus usuários.

Como tal, é difícil movimentar fundos significativos pela rede sem que os especialistas consigam rastrear e identificar o culpado.

No entanto, essas garantias não impediram a senadora Elizabeth Warren de propor um projeto de lei visando validadores de nós e desenvolvedores de software que ajudaram a facilitar as transações para entidades russas sancionadas em março.

Na época, o think tank de criptomoedas Coin Center chamou a medida de “desnecessária” e “inconstitucional”.

*Traduzido com autorização do Decrypt

Aprenda a ganhar dinheiro com Cripto. Você pode ter acesso a um curso exclusivo com os maiores especialistas em cripto para aprender os fundamentos e as técnicas que te ajudam a navegar nas altas e baixas do mercado. Garanta sua vaga aqui!

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store