Coin News

Como uma equipe de eSports dominou o campeonato mundial de Axie Infinity

25 Sep, 20225 min readNFT
Como uma equipe de eSports dominou o campeonato mundial de Axie Infinity

O slogan da equipe de eSports METAT8 é: “Se não somos os donos, não jogamos”. E embora a frase se refira ao foco da organização em jogos Web3 construídos em torno de tokens não fungíveis (NFT), ou seja, ativos de propriedade do usuário, ela também se encaixa no desempenho dominante da equipe no campeonato mundial do Axie Infinity que aconteceu neste mês.

Os jogadores da equipe METAT8 venceram os dois maiores torneios nas finais do campeonato, realizados na AxieCon em Barcelona, com a equipe ganhando um total de US$ 229 mil em prêmios.

Curiosamente, ambos os jogadores campeões são competidores veteranos de eSports que tiveram sucesso em outros jogos de longa duração antes de entrar neste meio.

Theeban “1437” Siva teve uma corrida impecável no torneio Axie Infinity “Origins” na AxieCon, ganhando de 12-0 em sets antes de reivindicar o título. “Origins” é a nova versão revisada do jogo de combate baseado em cartas, no qual os jogadores levam seus próprios monstros NFT para a batalha.

Antes de jogar Axie, Siva competiu por mais de uma década em “Dota 2”, um jogo estilo MOBA que rendeu alguns dos maiores prêmios da história dos eSports. Ele jogou por equipes de peso, como Cloud9 e Dignitas, e competiu em torneios internacionais anuais várias vezes. No entanto, ele decidiu se aposentar em 2021 após uma passagem como treinador.

Siva descobriu rapidamente o Axie Infinity, um jogo baseado na blockchain Ethereum, que viu um aumento expressivo no volume de vendas de NFT e atividade de jogadores em 2021. Ele diz que se atraiu ao jogo como uma “ponte” entre seu histórico de jogos e seu interesse em criptomoedas.

A origem do METAT8

À medida que o jogo surgia, ele cofundou a METAT8 como uma guilda em setembro de 2021 com o popular criador de conteúdo Axie conhecido simplesmente como Elijah.

A maioria das guildas de Axie Infinity estão focadas nos chamados programas de bolsas de estudos, ou “scholarship” — também conhecido como as “escolinhas” — nos quais os monstros NFT, necessários para jogar, são alugados aos jogadores.

Isso é geralmente forte em países em desenvolvimento, como o Brasil, onde os jogadores usam esses NFTs emprestados para ganhar tokens de recompensa, dando uma parcela dos lucros aos proprietários reais dos NFTs.

No entanto, esse modelo perdeu força em meio às lutas econômicas do Axie Infinity que fez as criptomoedas nativas do jogo desvalorizarem, e à transição para a nova versão do jogo “Origins”.

No entanto, Siva diz ao Decrypt que a equipe de eSports METAT8 está focada na competição desde o início. Essa dedicação valeu a pena no Campeonato Mundial, disse ele.

“Queríamos ter a melhor equipe possível, e algo que fosse baseado em competir e fazer uns aos outros melhores e mais fortes”, disse Siva. “Nós estávamos nos certificando de que os jogadores da nossa guilda pudessem realizar seus sonhos de serem jogadores em tempo integral, essencialmente.”

Sebastián “Superchería” Pozzo, que venceu o torneio Axie Classic baseado no antigo modo de batalha V2, também competiu pelo METAT8 desde o início, após uma carreira jogando “Magic: The Gathering”.

Pozzo competiu no jogo de cartas por mais de uma década e ficou em 5º lugar no Campeonato Mundial de 2019 disputado na versão de videogame “Magic: The Gathering Arena”.

O novo Axie

Pozzo fez uma pausa no Axie no início deste ano, quando fez a transição para a nova experiência “Origins”, da qual ele não gostou tanto. Mas quando o Campeonato Mundial foi anunciado, ele saiu de seu hiato e voltou ao METAT8, finalmente conquistando seu primeiro grande título de torneio em qualquer jogo competitivo.

“Foi fantástico. Eu me saí muito bem em ‘Magic’, mas nunca ganhei um título individual importante”, disse Pozzo ao Decrypt. “Isso foi algo especial, porque ir para casa sabendo que nada poderia ter ido melhor é único.”

The first Origins champ @1437_MT8!! #AxieCon #AxieOriginsIn an awesome final series that went to game 5 against @spamandrice — Philip La (@philipla) September 10, 2022

O Axie Infinity passou por uma transformação significativa nos últimos meses depois que sua economia entrou em colapso, derrubando os preços de NFT e tokens no processo.

A empresa que desenvolve o jogo, Sky Mavis, respondeu ajustando o modelo de recompensas e lançando a nova versão “Origins” (originalmente “Origin”) do jogo com monstros de teste gratuitos e jogabilidade reformulada.

A competição continuará sendo um ponto focal para a comunidade do Axie, pois a Sky Mavis anunciou na AxieCon que US$ 2,4 milhões em tokens AXS serão oferecidos como subsídios para torneios e eventos de eSports nos próximos nove meses.

Siva disse que o foco no eSports é um fator de diferenciação entre os jogos baseados em NFT no momento. “Muitos jogos da Web3 são sobre ‘OK, como podemos ganhar mais dinheiro com nossos usuários?’ e estão abandonando o aspecto de entretenimento do jogo”, disse ele.

O METAT8 também está pensando em competir em outros jogos da Web3, incluindo um MOBA que o próprio Siva está ajudando a desenvolver chamado “Battle for Giostone”.

Questionado se ele acha que a equipe pode permanecer dominante no Axie Infinity daqui para frente, ele foi rápido em responder: “Ah, é claro. Não há dúvida sobre isso.”

* Traduzido com autorização do Decrypt.co.

Maior Exchange da América Latina, no MB você negocia tokens, DeFi, renda fixa digital, NFTs e, claro, criptomoedas. E tudo no painel de negociação mais seguro do mercado. Abra sua conta gratuita!

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store