Coin News

Twitter culpa Elon Musk por perdas de quase R$ 1,5 bilhão no segundo trimestre

22 Jul, 20223 min readOther
Twitter culpa Elon Musk por perdas de quase R$ 1,5 bilhão no segundo trimestre

O Twitter relatou uma forte queda em sua receita no segundo trimestre, conforme dados divulgados no relatório de resultados da empresa. No total a perda chegou US$ 270 milhões, o que corresponde a R$ 1,48 bilhão com base na cotação atual.

De acordo com o Twitter, o baixo desempenho teve como culpado Elon Musk, que desistiu de comprar a rede social. Como resultado, as ações do Twitter também sofreram bastante, acumulando perdas após Musk desistir da compra.

Mas à medida que os dias se passaram, o preço da ação se recuperou e acumula alta de 3,9% em julho, até o fechamento desta matéria. No entanto, o conselho do Twitter entrou com uma ação legal para garantir que Musk conclua a operação.

Desempenho das ações do Twitter em julho. Fonte: TradingView.

Twitter share caiu 12% nos últimos 6 meses

De acordo com o relatório, a receita do Twitter caiu de US$ 1,19 bilhão no ano passado para US$ 1,18 bilhão. Embora retrate estabilidade, o desempenho ficou aquém da estimativa média dos analistas, que esperavam uma receita de US$ 1,32 bilhão.

Mas o que de fato impressionou foi o prejuízo da plataforma, que atingiu US$ 270 milhões.

A ação do Twitter está sendo negociada a um preço de US$ 39,52. Ele registrou um aumento de mais de 12% nos últimos 6 meses, com ganhos de 3,9% em julho. Mas nos últimos 12 meses, o papel acumula queda de 43%. Quando Musk anunciou a compra, as ações do Twitter chegaram a subir mais de 20%.

Deve-se notar que o número de usuários ativos diários do gigante da mídia social aumentou para 237,8 milhões, ante 229 milhões no primeiro trimestre. O Twitter possuía uma meta de usuários ativos diários, mas retirou este objetivo e não pretende estabelecer novas metas por enquanto.

Antes de processar Elon Musk por abandonar o acordo de compra de US$ 44 bilhões, o Twitter trabalhava para atingir US$ 7,5 bilhões em receita anual, ultrapassar 315 milhões de usuários diários e aumentar a velocidade de produção de novas tecnologias até o final de 2023.

Elon quer adiar batalha legal

O Twitter processou Elon Musk após o bilionário desistir de pagar US$ 44 bilhões para adquirir o controle total da plataforma. Na sequência, o conselho da rede social entrou com uma ação, acatada pelo juiz-chefe do Tribunal da Chancelaria de Delaware.

O juiz estabeleceu o julgamento do processo para outubro, e o julgamento está previsto para durar cinco dias. No entanto, o advogado do CEO da Tesla se opôs completamente e luta para adiar o processo até fevereiro de 2023.

Enquanto isso, Musk justificou que desistiu do acordo devido à falta de confiança no relatório do Twitter. O principal ponto de discórdia diz respeito a quantidade de contas falsas na rede social, pois o conselho do Twitter afirma que menos de 5% das contas são falsas. Musk, por outro lado, questiona a veracidade dos dados e afirma que o Twitter não consegue saber quantas contas falsas existem.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store