Coin News

Trust Investing: PF derruba pirâmide de R$ 4 bilhões e prende Patrick Abrahão, marido da Perlla

19 Oct, 20222 min readBitcoin
Trust Investing: PF derruba pirâmide de R$ 4 bilhões e prende Patrick Abrahão, marido da Perlla

Patrick Abrahão, empresário brasileiro casado com a cantora Perlla, foi preso na manhã desta quarta-feira (19) pela Polícia Federal por sua atuação na pirâmide financeira Trust Investing.

A prisão do Abrahão foi confirmada pelo g1 e aconteceu no âmbito da operação La Casa de Papel, feita para desarticular organização criminosa responsável por promover o esquema de pirâmide financeira da Trust Investing em mais de 80 países, e praticar crimes contra o sistema financeiro nacional, evasão de divisas, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro, usurpação de bens públicos, crime ambiental e estelionato.

Até o momento, não se tem confirmação de que os outros três principais líderes da Trust Investing, Diego Chaves, Fabiano Lorite e Claudio Barbosa, também tiveram suas prisões preventivas decretadas.

Mas as chances de eles serem presos são grandes uma vez que estão sendo cumpridos nesta manhã seis mandados de prisão preventiva contra os líderes da organização criminosa e 41 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 3ª Vara da Justiça Federal de Campo Grande/MS.

Como mostrou o Portal do Bitcoin, Fabiano Lorite e Claudio Barbosa estão proibidos de deixar o país desde o ano passado, quando foram presos em flagrante Dourados (MS) durante uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal portando R$ 500 mil em esmeraldas de origem e destino desconhecido. Na ocasião, apresentaram nota fiscal fraudulenta, o que configura crime de falsidade ideológica.

Eles foram liberados no dia posterior à prisão, mas tiveram seus passaportes confiscados, proibidos de deixar o país.

A operação contra a Trust Investing

Nesta quarta-feira, os agentes cumprem mandados de bloqueio no valor de US$ 20 milhões e sequestros de dinheiro em contas bancárias, imóveis de lixo, gado, veículos, ouro, joias, mina de esmeraldas, lanchas e criptomoedas em posse das pessoas físicas e jurídicas investigadas.

A Polícia Federal descobriu nas investigações a existência de esquema de pirâmide financeira que captou recursos de mais de 1,3 milhão de pessoas, em mais de 80 países. O prejuízo aos investidores é estimado em R$ 4,1 bilhões, cujas operações teriam se iniciado em 2019, estando em curso e pleno desenvolvimento até o momento de deflagração da operação.

* Matéria em desenvolvimento.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store