Coin News

Título de Bitcoin de El Salvador é adiado devido a preocupações de segurança, diz CTO da Tether

2 Sep, 20223 min readAltcoins
Título de Bitcoin de El Salvador é adiado devido a preocupações de segurança, diz CTO da Tether

El Salvador, a nação da América Central que adotou o Bitcoin (BTC) como moeda legal em setembro do ano passado, atrasou o lançamento de seu título de Bitcoin de bilhões de dólares novamente.

O título de Bitcoin, também conhecido como Volcanic bond (Título Vulcânico ou Título Vulcão), ou Volcanic token, foi anunciado pela primeira vez em novembro de 2021 como uma forma de emitir títulos tokenizados e arrecadar US$ 1 bilhão em retorno dos investidores. A arrecadação de fundos seria então usada para construir uma Bitcoin City e comprar mais BTC.

O título estava programado para ser emitido no primeiro trimestre de 2022, mas foi adiado para setembro devido a condições de mercado desfavoráveis ​​e crises geopolíticas. No entanto, no início desta semana, o diretor de tecnologia da Bitfinex e da Tether, Paolo Ardoino, revelou que o título do Bitcoin será adiado novamente para o final do ano.

Ardoino, em conversa exclusiva com o Cointelegraph, revelou que o atual atraso no lançamento pode ser atribuído às questões de segurança interna em que as forças de segurança do país tiveram que enfrentar o flagelo da violência de gangues no país. Isso desviou o foco dos recursos do governo e “o atraso no lançamento do Volcano Token deve ser visto neste contexto”.

A Bitfinex é o principal parceiro de infraestrutura do governo de El Salvador responsável pelo processamento de transações da venda do títulos vulcânicos. No entanto, a Bitfinex deve primeiro adquirir uma licença de emissão do governo, que seria concedida após a aprovação da lei de títulos digitais prevista para setembro.

Ardoino confirmou que o rascunho final do projeto de lei está pronto e eles esperam que o projeto seja aprovado nas próximas semanas, já que o partido do presidente Nayib Bukele detém a maioria. Ele disse:

“Estamos confiantes de que a lei obterá aprovação do Congresso nas próximas semanas, supondo que o país tenha a estabilidade necessária para que tal legislação seja aprovada.”

A Bitfinex Securities El Salvador, S.A. de C.V. “solicitará uma licença para operar sob a estrutura regulatória de títulos digitais de El Salvador assim que isso for aprovado em lei”, acrescentou.

Enquanto vários relatórios e especialistas do mercado culparam o interesse dos investidores em declínio e a atual desaceleração no mercado de criptomoedas, Ardoino acredita que a ideia por trás do título de Bitcoin atrairia o interesse dos investidores, independentemente das condições do mercado.

Ele acrescentou que o título de Bitcoin tem o potencial de acelerar a adoção do BTC. Ele citou o exemplo das memecoins e explicou:

“Quando você considera que a memecoin, Dogecoin, foi capaz de obter uma capitalização de mercado de US$ 48 bilhões, há claramente um apetite de investidores suficiente na economia de tokens digitais para apoiar um vulcão de US$ 1 bilhão.”

Depois de tornar o BTC uma moeda legal em 7 de setembro de 2021, El Salvador acumulou mais de 2.301 BTC por aproximadamente US$ 103,9 milhões. Durante o mercado em alta, o lucro do investimento foi usado até para construir escolas e hospitais, no entanto, com a atual desaceleração do mercado, as participações em BTC valem cerca de US$ 45 milhões atualmente.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store