Coin News

Tinder descarta casamento com o metaverso e criação de criptomoeda após prejuízo de US$ 10 milhões

4 Aug, 20224 min readOther
Tinder descarta casamento com o metaverso e criação de criptomoeda após prejuízo de US$ 10 milhões

Anunciado com ares de casamento em dezembro do ano passado, o “Tinderverso”, metaverso do aplicativo de paqueras Tinder, por enquanto, deve ficar no namoro. Pelo menos foi o que afirmou Bernard Kim, o BK, novo CEO da corporação por trás do Tinder, o Match Group, em relatório divulgado na última terça (2) referente aos resultados alcançados no segundo trimestre de 2022.

No documento de 31 páginas, que também é assinado pelo Chief Operating Officer (COO) & Chief Financial Officer (CFO) Gary Swidler, BK também descartou o lançamento de uma criptomoeda, o Tinder Coin, e anunciou a saída da CEO Renate Nyborg, entusiasta das operações ligadas ao metaverso e à criptomoeda.

A receita total do Match Group cresceu 12% em relação ao comparativo com o segundo trimestre de 2021. Apesar disso, os US$ 795 milhões relatados pela empresa são menores do que os US$ 804 milhões esperados, o que fez com que as ações do grupo caíssem 22% depois do anúncio, segundo uma publicação da CNBC.

A reportagem acrescentou que a “paixão” pelos aplicativos de namoro esfriou em relação ao aumento experimentado no ano passado, segundo os analistas. O que pode ter contribuído para as decisões anunciadas por BK no relatório, apesar de o possível esfriamento não ser mais consistente do que os números relativos à compra da empresa sul-coreana Hyperconnect, desenvolvedora de softwares e aplicativos móveis, especializada em vídeos e inteligência artificial (IA).

Segundo o relatório, o Match Group teve um “prejuízo operacional de US$ 10 milhões impulsionado por US$ 217 milhões de imparidade de intangíveis relacionados com o Aquisição de Hyperconnect”, embora o lucro operacional ajustado, segundo o documento, tenha sido de US$ 286 milhões. O que significou um aumento de 9% em relação ao segundo trimestre do ano passado “representando uma receita operacional ajustada de 36%. De acordo com o Match Group, todas as marcas do grupo registraram crescimento, sendo que, no caso do Tinder, a receita direta cresceu 13% entre os períodos comparados, quando os pagadores dos serviços do aplicativo chegaram a 10,9 milhões e imprimiram um aumento de 14%.

Ao descartar novos investimentos massivos direcionados ao metaverso, Bernard Kim argumentou que:

“Estou ansioso para colaborar com a equipe Hyperconnect, gerando sinergias e implementando suas tecnologias cada vez mais rápido nas marcas do Match Group. Acredito que uma experiência de namoro metaverso é importante para capturar a próxima geração de usuários, e a Hyperconnect vem inovando nessa área. No entanto, dada a incerteza sobre os contornos finais do metaverso e o que vai ou não funcionar, bem como o mais ambiente operacional desafiador, instruí a equipe Hyperconnect a iterar, mas não investir pesadamente no metaverso neste momento.Continuaremos a avaliar este espaço com cuidado, e consideraremos avançar no momento apropriado, quando tivermos mais clareza sobre a oportunidade geral e sentimos que temos um serviço bem posicionado para ter sucesso.”

Em relação às criptomoedas, ele também deixou claro que a empresa dará um passo atrás em suas operações:

"Depois de ver resultados mistos ao testar as criptomoedas do Tinder, decidimos dar um passo atrás e reexaminar essa iniciativa para que ela possa contribuir de forma mais eficaz para a receita do Tinder. Também pretendemos pensar mais em bens virtuais para garantir que eles possam ser um verdadeiro impulsionador para a próxima etapa de crescimento do Tinder e nos ajude a desbloquear os usuários avançados inexplorados pela plataforma.Estou confiante de que no segundo semestre de 2022 a repriorização do roteiro do produto, a nova equipe e a experiência de jogo que Mark [Mark van Ryswyk, diretor de produtos] e eu trazemos permitirá que o Tinder faça um progresso significativo do produto e o posicione para atingir taxas de crescimento em 2023 mais consistentes com nossas aspirações."

Além da saída de Renate Nyborg, BK anunciou outras mudanças na equipe de gerenciamento do Tinder e acrescentou que ele fará a supervisão dos trabalhos enquanto a empresa procura por um CEO definitivo.

Embora não esteja mais “namorando as criptomoedas”, o Tinder, indiretamente, vive uma espécie de “amor e ódio” com o universo cripto, ainda que indiretamente. Isso porque o aplicativo de relacionamentos costuma servir de atalho para vários golpistas, inclusive os que utilizam as criptomoedas para obter vantagem após fazerem “juras de amor verdadeiro”. Um caso recente foi o de uma brasileira, vítima do 'golpe do amor' no Tinder, que perdeu R$ 600 mil em criptomoedas, conforme noticiou o Cointelegraph Brasil.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store