Coin News

Tether diz que não tem exposição à Genesis Global ou ao Gemini Earn

17 Nov, 20222 min readAltcoins
Tether diz que não tem exposição à Genesis Global ou ao Gemini Earn

A Tether emitiu uma breve declaração em 16 de novembro dizendo que não tem exposição ao credor institucional de criptomoedas Genesis Global ou ao programa Gemini Earn após o anúncio de que a Genesis Global e a bolsa Gemini estavam congelando os saques dos clientes A. Genesis Global é a parceiro de empréstimos do produto de rendimentos Gemini Earn.

Ansioso para se diferenciar das empresas de criptomoedas atingidas pelo contágio do caso FTX, a Tether declarou:

“É importante em um momento como este destacar que as reservas [da Tether] provaram ser verdadeiras e comprovadas, demonstrando resiliência consistente durante os eventos de cisne negro que atingiram o mercado ao longo deste ano."

A Tether é a operadora do USDT — a principal stablecoin e o terceiro maior criptoativo em termos decapitalização de mercado. O criptoativo perdeu sua paridade com o dólar por um curto período de tempo em 12 de maio, no início do colapso do mercado após a falência da FTX.

A Tether disse que o anúncio de 16 de novembro foi "parte dos esforços contínuos da Tether para aumentar sua transparência". A Tether resistiu à demanda para comprovar a natureza dos ativos que compõem aas reservas de sua stablecoin, perdendo em fevereiro um processo movido pelo Gabinete do Procurador-Geral de Nova York em 2019 que exigia que a empressa apresentasse essas informações. Em julho, a Tether contratou a BDO Italia para realizar atestados mensais e revisões sobre o estado de suas reservas, além de divulgá-los publicamente, como parte do acordo desse caso.

Tether Confirms Zero Exposure To Genesis— Tether (@Tether_to) November 16, 2022

Tether confirma exposição zero à Genesis

— Tether (@Tether_to)

A stablecoin reduziu os papéis comerciais em suas reservas para zero ao longo do ano em um processo amplamente exposto ao público.

A Genesis Global anunciou por meio de uma postagem publicada no Twitter em 16 de novembro que estava suspendendo temporariamente os resgates e a concessão de novos empréstimos devido à “turbulência do mercado” decorrente do colapso da FTX. Após o anúncio da Genesis Global, a Gemini disse que não conseguiria atender aos resgates de seus clientes por cinco dias.

O colapso da FTX propagou novas ondas de angústia aos mercados de criptomoedas que podem continuar a ser sentidas nos próximos meses.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store