Coin News

“Sumiram com meu saldo”: Cassino online Blaze acumula quase 7 mil reclamações

22 Jun, 20224 min readBitcoin
“Sumiram com meu saldo”: Cassino online Blaze acumula quase 7 mil reclamações

À medida que o cassino online Blaze vira febre no Brasil, o número de queixas de consumidores contra a plataforma também se acumula com rapidez. O Portal do Bitcoin checou os relatos postados por clientes de Blaze no portal Reclame Aqui.

Nos últimos seis meses, o Reclame Aqui registra 6.739 queixas contra Blaze. A grande maioria das reclamações diz respeito a problemas com depósitos feitos via PIX na plataforma.

Outro ponto de relevo é que os clientes se mostram insatisfeitos com o suporte do cassino online. Notas dadas no Reclame Aqui mostram um índice de satisfação de 5.3, nível considerado ruim pelo serviço de queixas.

A forma como o Reclame Aqui avalia o nível de satisfação do cliente leva em consideração quatro pontos: índice de resposta, média das avaliações, índice de soluções e índice de novos negócios.

Com esses quatro pilares, é feito um cálculo baseado na média ponderada dos critérios citados. O Blaze entra no território classificado como ruim pelo Reclame Aqui – que vai de notas entre 5 até 5.9.

PIX que não cai

A principal queixa dos clientes de Blaze, sobre as transações via PIX, é de que supostamente as transferências de valores são feitas mas o valor não é creditado na plataforma. Nas respostas ao Reclame Aqui, o suporte de Blaze geralmente promete resolver o caso em até 30 dias. Além do retorno, o cassino online também oferece o link para um chat com a equipe de suporte.

Confira algumas das queixas colocadas por usuários da plataforma nos últimos dias:

“Consegui ganhar um dinheiro na Blaze e logo fiz um pix. Só que nada de ser creditado em minha conta!! Já faz um bom tempo!” – postagem feita 20/06/2022.

“Sumiram com meu saldo e a única resposta que me deram foi que eu deveria mudar a minha senha, sendo que não fui eu que realizei as apostas. Péssimo atendimento sendo que a falha é do site de vocês” – postagem feita 20/06/2022.

“Coloquei o valor de 40 reais pagamento via pix não estava no modo automático e simplesmente o valor desapareceu, cliquei pra jogar outras rodadas e mesmo assim não foi possível, resumindo eu perdi o valor e as jogadas, espero o reembolso dos 40,00 reais” – postagem feita 12/06/2022.

Problemas com saque

Outro problema recorrente com os apostadores de Blaze é o saque. Relatos apontam demora e erros na hora de retirar o dinheiro, causando até o fechamento da conta. Alguns usuários reclamam da falta de clareza nas regras para a retirada.

Postagem feita no domingo (19) é um exemplo de supostas dificuldades de fazer saque pela plataforma: “Fiz muitas apostas, tirei dinheiro de onde não tinha para sustentar o vício, quando ganhei não pagaram as apostas. As regras do site não são claras, péssimo negócio para quem aposta. Quando tive dinheiro para receber, bloquearam o saque dizendo para mandar fotos de cartão de crédito e documentos. Cilada esse site. Fujam enquanto é tempo. O pior é que não tem nem como processar eles”.

O Portal do Bitcoin entrou em contato com a Blaze para um contraponto sobre as queixas, mas não teve retorno até a publicação desta reportagem.

Febre no Brasil

Turbinada por pagamentos a uma rede crescente de youtubers, o Blaze se tornou uma febre no Brasil. O site foi de 12 milhões de acessos em março para 47 milhões em maio — mas opera de forma clandestina no Brasil.

A Blaze fornece parceria com os influenciadores por meio de um formulário, no qual alguns requerimentos são exigidos. Por exemplo: ter o mínimo de 500 mil seguidores no Instagram e possuir 10 mil visualizações por vídeo no Youtube. Após o preenchimento deste formulário, um código exclusivo para influenciadores é gerado.

Antes mesmo de chegar a ter uma remuneração maior, qualquer usuário pode recomendar novos apostadores e poderá ganhar até R$ 20 por indicação.

Os jogos de azar são ainda proibidos no Brasil, tendo um projeto de lei para legalização aprovado na Câmara e que espera por votação no Senado. A empresa, porém, diz ser sediada na ilha caribenha de Curaçao e ter os pagamentos processados por outra empresa, localizada no Chipre. Embora pareça uma companhia internacional, dados da ferramenta de análise de tráfego Similarweb mostram que 99% do público é verde-amarelo.

Segundo o advogado criminalista e professor de Direito Penal Andŕe Lozano Andrade, sócio do escritório Jacob Lozano Advogados, o fato de a plataforma aceitar PIX pode gerar processo penal.

“Isso pode gerar um problema para eles, porque estão recebendo dentro do Brasil. Como estão em uma zona de penumbra podem alegar que os provedores estão fora do Brasil. Mas por receberem dentro do Brasil isso pode, em tese, configurar exploração ilegal de jogos de azar”, afirma Andrade.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store