Coin News

Servidor publico é flagrado comprando Dogecoin durante reunião plenária

2 h ago3 min readAltcoins
Servidor publico é flagrado comprando Dogecoin durante reunião plenária

Durante uma sessão plenária na Coreia do Sul, um funcionário público de “alto escalão” foi flagrado em seu celular comprando Dogecoin (DOGE). A cena foi capturada pelas câmeras de repórteres que acompanhavam o vereador do Partido Democrata Kim Joo-sam fazendo discurso sobre o orçamento de 2023.

A reunião em questão debatia sobre questões orçamentárias, e foi liderada pelo prefeito da cidade, Cho Yong-ik, que delineava detalhes do orçamento da cidade.

O funcionário do governo, identificado apenas como Ahn, não conseguiu se concentrar na sessão plenária porque precisava urgentemente comprar a criptomoeda meme inspirada em cachorro.

Dogecoin é uma criptomoeda meme que começou como uma referência a um dos memes mais famosos da Internet. Mas, nos últimos anos, a DOGE se tornou um dos ativos digitais mais valorizados - em grande parte graças a uma comunidade dedicada de usuários que continua a promovê-la e o endosso do bilionário Elon Musk.

Na imagem é possível ver ele usando o recurso “comprar” de uma plataforma doméstica de criptomoedas. Além de comprar a DOGE, ele também parecia estar olhando o preço do Tether (USDT) e do Bitcoin (BTC).

"Sinto muito"

O momento do incidente não poderia ter sido pior para 'Ahn', já que de acordo com notícias locais, ele é um servidor público nomeado pelo ex-prefeito da cidade, e sabe-se que ele estava prestes a ter seu contrato renovado por mais um ano em dezembro.

Um outro funcionário do governo prometeu investigar a situação: "Estamos levando o assunto a sério, vamos analisar as circunstâncias".

Após ser questionado, 'Ahn' pediu desculpas por não conseguir se concentrar na reunião, dizendo: "sinto muito por fazer outras coisas durante a sessão plenária."

Criptomoedas na Córeia do Sul

O funcionário público comprando criptomoedas não é nenhuma novidade. Estima-se que 2 milhões de pessoas, ou 4% da população total da Coreia do Sul, possuam criptomoedas.

Lar de gigantes como BitHumb e Gopax, a Coreia do Sul viu um aumento na popularidade de criptomoedas em 2017, e quase 30% de todo o comércio de criptomoedas do mundo é movimentado pelo mercado coreano.

Atualmente, é legal possuir, vender e comprar criptomoedas no país, pois os ativos digitais não foram banidos pelo governo.

Além disso, uma das promessas do atual presidente do país foi implementar um conjunto de políticas favoráveis ​​às criptomoedas na Coreia do Sul.

Enquanto isso, cerca de 49,8% dos trabalhadores sul-coreanos com idades entre 30 e 39 anos investem em criptomoedas, de acordo com relatórios locais.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store