Coin News

A semana no CriptoTwitter: Elon Musk e o criador da Dogecoin partem para a briga e trocam ofensas

6 Jun, 202210 min readAltcoins
A semana no CriptoTwitter: Elon Musk e o criador da Dogecoin partem para a briga e trocam ofensas

Na última semana, os dois assuntos mais chamativos no Twitter foram a briga entre Elon Musk e Jackson Palmer, cocriador da dogecoin (DOGE), e as opiniões de Vitalik Buterin, criador do Ethereum, sobre uma carta enviada à capital americana de Washington por críticos ao setor de criptomoedas.

Na última segunda-feira (30), o jornal australiano Crikey publicou uma entrevista com Palmer, que estava promovendo seu novo podcast Griftonomics, e criticou a indústria cripto.

“Eu queria que fosse o fim das criptos, mas não é”, disse Palmer, antes de falar sobre Musk: “Ele é um vigarista. Ele vende uma visão na expectativa de que, um dia, ele poderá cumprir com o que promete, mas ele não sabe disso. Ele só é bom em fingir que sabe”.

Palmer também disse que havia criado um script de Python que automaticamente detecta e denuncia robôs de spam nas menções de um usuário no Twitter.

Musk, o adorador de dogecoin, supostamente entrou em contato com Palmer e pediu pelo script mas, segundo Palmer, “ficou bem claro que ele não entendia sobre programação como havia dito. Ele perguntou: ‘Como executo esse script de Python?’”.

Musk: Você alegou falsamente que seu patético código de Python se livra de robôs. OK, amigão, então compartilhe-o com o mundo…

You falsely claimed ur lame snippet of Python gets rid of bots. Ok buddy, then share it with the world …— Elon Musk (@elonmusk) May 31, 2022

O CEO da Tesla respondeu ao afirmar que seus filhos programam melhor do que Palmer. Musk também chamou o programador de “burro”.

Reed: Entendo que Elon tenha perguntando como executar um script de Python. Existem muitas versões de Python e, às vezes, os requisitos não são óbvios.

Provavelmente, o código era um lixo, de qualquer forma.

Musk: Meus filhos programavam melhor quando tinham 12 anos do que o script sem sentido que Jackson me enviou.

Como eu disse: se é tão bom, ele deveria compartilhá-lo com o mundo e melhorar a experiência de todos no Twitter. Se ele fizer isso, você entenderá o que eu quis dizer.

Jackson Palmer é um burro.

My kids wrote better code when they were 12 than the nonsense script Jackson sent me. Like I said, if it’s so great, he should share it with the world and make everyone’s experience with Twitter better. If he does, you will see what I mean.Jackson Palmer is a tool.— Elon Musk (@elonmusk) May 31, 2022

Palmer não respondeu diretamente às provocações de Musk, mas defendeu seu receptor de robôs de spam em uma pequena sequência de tuítes.

Eu nunca disse que era supercomplexo, mas esse script simples sem dúvidas funcionou em coletar e denunciar as contas de phishings menos sofisticadas em 2018… Desde então, evoluíram suas táticas.

Compartilhei [o script] com muitas pessoas e funcionou com elas.

I never said it was super complex, but this simple script definitely worked in catching and reporting the less sophisticated phishing accounts circa 2018… They’ve since evolved their tactics.I shared it with a lot of people, and it worked for them. — Jackson Palmer (@ummjackson) May 31, 2022

Abordagem crítica

Na quarta-feira (1º), o Financial Times noticiou que uma carta anticripto — assinada por 26 cientistas da computação, blogueiros de tecnologia e acadêmicos, incluindo muitos ex-funcionários do Facebook, Apple, Amazon, Netflix e Google (ou FAANG, na sigla em inglês) — foi enviada a legisladores americanos.

A carta pede que reguladores “tomem uma abordagem crítica e cética em relação a afirmações da indústria de que criptoativos são uma tecnologia inovadora que é incondicionalmente boa” e que “resistam à pressão de financistas, lobistas e impulsionadores da indústria”.

Vitalik Buterin, criador do Ethereum, respondeu à carta em uma série de tuítes.

Uma grande diferença entre o cenário do ‘novo movimento idealista’ de 10-15 anos atrás e hoje é que, na época, parecia possível estar em todos os times de mocinhos ao mesmo tempo. Hoje, [existem] bem mais pensamentos e conflitos contrários.

Estou tentando entender… para onde vamos agora?

A big difference between the “new idealistic movement” scene 10-15 years ago vs today is that back then it felt possible to be on all the good-guy teams at the same time. Today, much more adversarial thinking and conflict.I’ve been trying to understand.. where to from here?— vitalik.eth (@VitalikButerin) June 2, 2022

Buterin também compartilhou que fãs de cripto estavam chateados e confusos que Cory Doctorow, escritor de tecnologia britânico-canadense, foi um dos signatários da carta, pois o consideravam como um aliado. Em 2018, Doctorow havia apresentado sua palestra intitulada “Descentralize, democratize ou morra” na DevCon, a conferência anual de desenvolvedores do Ethereum.

Explicação nº 3: Pequenas movimentações idealistas rapidamente perdem seu idealismo e se misturam com outras energias quando se tornam grandes e essas outras energias rapidamente resultam em coisas negativas.

Conforme Cory mencionou, cripto era, de início, apenas [repleto] de entusiastas da descentralização mas, agora, existem diversos tipos de “pessoas endinheiradas”.

Essa é uma parte inevitável de se tornar maior. Em movimentos não financeiros também, várias classes de pessoas normais e muitos vigaristas entram ao longo do tempo.

As Cory mentioned, crypto was at first just decentralization enthusiasts, but now there’s also various types of “money people”.This is an inevitable part of becoming bigger. In non-financial movements too, various classes of normies and often soon grifters move in over time.— vitalik.eth (@VitalikButerin) June 2, 2022

Buterin também mencionou que está infeliz com a quantidade de brigas internas na comunidade cripto. Ele sugeriu que isso era um subproduto natural do sucesso pois, à medida que muitas empresas escalam, tornam-se competidoras diretas entre si.

Mas reclamar sobre o fenômeno não irá solucioná-lo. É preciso entendê-lo.

Um fator importante é que todos esses movimentos ficaram tão maiores na última década. Quando algo é pequeno, mesmo que você não goste, não é uma ameaça, então é fácil viver e deixar viver. Quando algo é grande, [há] mais competição, então [existe] mais incentivo para destacar problemas.

One important factor is that all of those movements *got much bigger* in the last decade. When something is small, even if you don’t like it, it’s not a threat, so it’s easy to live-and-let-live. When everything is big, more competition, so more incentive to point out problems.— vitalik.eth (@VitalikButerin) June 2, 2022

Como Balaji Srinivasan adora dizer, “viva e deixe viver” poderia ser trocado por “vença e ajude a vencer”.

Acho que a conclusão é que a busca pela pacificação e cooperação precisa ser uma iniciativa explícita em vez de a paz ser um padrão [a ser] considerado.

I guess the conclusion is, peacekeeping and cooperation-seeking needs to be an explicit effort rather than peace being an assumed default.— vitalik.eth (@VitalikButerin) June 2, 2022

Em outros lugares da indústria cripto

Lachlan Markay, da Axios, forneceu um conciso relato sobre como o deputado Madison Cawthorn, que está sendo investigado pelo Comitê de Ética da Câmara dos EUA por um suposto esquema de “pump and dump” envolvendo a moeda “Let’s Go Brandon”, passou os últimos dias de 2021.

Louca sequência de acontecimentos:

– 21 de dezembro: Madison Cawthorn compra até US$ 250 mil da moeda Let’s Go Brandon;

– 29 de dezembro: Sua publicação no Instagram prevê que a LGB vai “até à Lua”;

– 30 de dezembro: Contrato de patrocínio não divulgado anteriormente faz LGB disparar;

– 31 de dezembro: Cawthorn vende suas alocações na LGB.

Wild chain of events:Dec 21: Madison Cawthorn buys up to $250k in Let’s Go Brandon CoinDec 29: His IG post predicts LGB is going “to the moon”Dec 30: Previously undisclosed endorsement deal sends LGB skyrocketingDec 31: Cawthorn sells off LGB holdings— Lachlan Markay (@lachlan) June 1, 2022

Na quinta-feira (2), a criadora de tokens não fungíveis (ou NFTs) de marca Nifty’s anunciou uma grande parceria com a Warner Bros.

O Piu-Piu está chegando à Nifty’s! E isso não é tudo, pessoal.

Estamos firmando uma parceria com a Warner Bros para trazer a vocês “Looney Tunes: What’s Up, Block?”, um programa NFT com enredo para os maiores fãs dos Looney Tunes. Haverá 10 mil avatares do Piu-Piu a US$ 80 cada e mais personagens serão lançados em breve!

Tweety’s coming to Nifty’s! And that’s not all folks. We’re partnering with @WarnerBros to bring you Looney Tunes: What’s Up Block?, a story-driven @LooneyTunesNFT program for the ultimate fan. There will be 10,000 Tweety Avatars at $80 each and more characters coming soon! — Nifty’s (@Niftys) June 2, 2022

O detetive em blockchain ZachXBT publicou uma longa sequência de tuítes sobre Animoon, um esquema envolvendo NFTs que não poderia ser mais óbvio para qualquer pessoa que tenha conhecimento da cultura pop — pois envolve o plágio da marca Pokémon.

1/ Let’s breakdown the $6.3m NFT rug Animoon, a project that has constantly screwed over its holders since day 1. — ZachXBT (@zachxbt) June 2, 2022

Barry Silbert, fundador do Digital Currency Group (ou DCG) — dono da gigante gestora de criptoativos Grayscale —, discordou da proposta do Senado do Estado de Nova York em impor uma moratória de dois anos a todas as operações de mineração de criptomoedas proof of work (ou PoW) que utilizam combustíveis fósseis, chamando-a de “destruidora de empregos”.

Senador Kennedy, somos um dos maiores empregadores no oeste de Nova York, com 150 funcionários em Rochester, e estamos construindo um enorme segundo escritório em Buffalo. Esse projeto de lei da moratória é um destruidor de empregos e envia uma mensagem terrível a empreendedores cripto. Por favor, apoie a inovação e vote não.

[email protected] — we’re one of the biggest employers in western NY with 150 employees in Rochester and we’re building a second massive office in Buffalo. This moratorium bill is a job killer and sends a terrible message to crypto entrepreneurs. Please support innovation and vote no — Barry Silbert (@BarrySilbert) June 3, 2022

Porém, na manhã da última sexta-feira (3), o Projeto de Lei S6486D do Senado foi aprovado com 36 votos a favor e 27 contra. Agora, a decisão final está nas mãos da governadora Kathy Hochul, que tem dez dias para aprovar ou vetar o projeto de lei.

A Coinbase, após registrar um prejuízo de US$ 430 milhões no primeiro trimestre de 2022, anunciou, na quinta-feira (2) que, além de “congelar” novas contratações, também iria rescindir ofertas de candidatos que já estavam em andamento.

Na sexta-feira (3), a empresa de recrutamento Blind tuitou a carta de oferta de emprego, que prometia aos recebedores que a empresa não iria rescindir as ofertas, junto com um e-mail que afirma exatamente o oposto.

A Coinbase enviou um e-mail de boas-vindas a dois novos contratados há duas semanas, prometendo que não iria rescindir as ofertas (1ª imagem).

Ontem [3], enviou os e-mails de rescisão (2ª imagem), deixando os candidatos frustrados.

Temos um fio de referência para ajudar aqueles que foram prejudicados.

Coinbase sent a welcome email to new hires 2 weeks ago promising that they won’t rescind offers (1st image).Yesterday, they sent the rescind emails (2nd image) leaving candidates in frustration.We have a referral thread going on to help those who were impacted — Blind (@TeamBlind) June 3, 2022

Por fim, Kanye West decidiu que já era hora de perguntarem a ele sobre NFTs.

Kanye West acredita em NFTs.

Kanye West believes in NFTs — Blockworks (@Blockworks_) June 3, 2022

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store