Coin News

SEC acusa maior DaaP do Ethereum de ser um esquema ponzi

3 Aug, 20222 min readRegulation
SEC acusa maior DaaP do Ethereum de ser um esquema ponzi

A Comissão de Valores Mobiliários dos EUA, a SEC, está na cola do mercado cripto. Pelo menos 11 pessoas foram acusadas pelo regulador de terem participado de um esquema ponzi baseado em criptomoedas.

A entidade dos EUA acusa os investigados de terem faturado mais de US$ 300 milhões por meio da fraude. Ou seja, mais de R$ 1,5 bilhão na cotação atual em reais.

De acordo com a acusação, disponível no site da SEC, o suposto esquema ponzi atende pelo nome de Forsage. O protocolo, criado no Ethereum, permite que milhões de pessoas executem transações nas redes Ethereum, na Tron e na BNB Chain.

Além disso, o regulador afirma que a Forsage arrecadou fundos de investidores de varejo por meio de uma oferta não registrada de títulos.

“Eles estavam envolvidos em um esquema para fraudar investidores. Além disso, eles também estavam envolvidos em práticas que operavam como fraude para enganar os clientes”, disse a SEC.

A SEC acusa a Forsage de nunca pediu autorização para atuar no mercado oferecendo investimentos. Ao mesmo tempo, o regulador afirma que a Forsage não tinha uma fonte de renda além dos fundos recebidos de usuários.

Forsage na mira da SEC

O regulador explicou que a forma como os investidores ganham dinheiro com o Forsage é recrutando outros para participar do esquema. É preciso criar uma carteira e, com ela, comprar “slots” (ou espaços) nos contratos inteligentes. Isso ocorre “como forma de participar dos benefícios dos pagamentos”, diz a SEC.

Os fundadores idealizaram e controlaram todas as operações essenciais da Forsage. Segundo a SEC isso inclui, por exemplo, a criação de contratos inteligentes, plano de compensação, desenvolvimento do site Forsage e infraestrutura de back office.

Conforme destacou a SEC, a Forsage se defendeu quando foi acusada de operar como um esquema de pirâmide, negando as acusações e garantindo que se tratava de uma operação legítima.

Pelo menos 4 dos 11 indiciados pela SEC, os fundadores do esquema, estão em algum destino desconhecido. Presume-se que vivam na Rússia, ou na República da Geórgia, ou na Indonésia, segundo a imprensa dos EUA.

A Forsage tem sua origem em 2020, ano do início da pandemia do COVID-19. Desde então, vários reguladores tentaram deter o protocolo que é, hoje, um dos maiores dApps na rede Ethereum (ETH).

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store