Coin News

Sam Bankman-Fried atualiza investidores e confirma US$ 13 bilhões em alavancagem: 'Ficamos confiantes demais e descuidados'

2 h ago2 min readOther
Sam Bankman-Fried atualiza investidores e confirma US$ 13 bilhões em alavancagem: 'Ficamos confiantes demais e descuidados'

O ex-CEO da FTX, Sam Bankman-Fried (SBF), disse que estava “errado” em suas estimativas sobre a alavancagem da exchange de criptomoedas antes de seu colapso, alegando que não era de US$ 5 bilhões, mas se aproximava de US$ 13 bilhões.

Em um thread no Twitter em 16 de novembro, Bankman-Fried disse que a alavancagem da FTX chegou a cerca de US$ 5 bilhões, apoiada por US$ 20 bilhões em ativos, que continham valor, mas também potencial de risco. De acordo com o ex-CEO, o crash do mercado cripto “sem liquidez do lado da oferta” ao lado de uma corrida bancária resultou em cerca de US$ 4 bilhões em saques diários – ou 25% dos ativos dos cientes.

“Eu estava errado”, disse Bankman-Fried. “A alavancagem não era de ~$ 5 bilhões, era de ~$ 13 bilhões. Alavancagem de US$ 13 bilhões, corrida bancária total, colapso total no valor dos ativos, tudo de uma vez. É por isso que você não quer essa alavancagem.”

23) Roughly 25% of customer assets were withdrawn each day--$4b.As it turned out, I was wrong: leverage wasn't ~$5b, it was ~$13b.$13b leverage, total run on the bank, total collapse in asset value, all at once.Which is why you don't want that leverage.---— SBF (@SBF_FTX) November 16, 2022

23) Cerca de 25% dos ativos dos clientes foram sacados diariamente - US$ 4 bilhões.

No final das contas, eu estava errado: a alavancagem não era de aproximadamente US$ 5 bilhões, mas de aproximadamente US$ 13 bilhões.

Alavancagem de US$ 13 bilhões, corrida bancária total, colapso total no valor dos ativos, tudo de uma vez.

É por isso que você não quer essa alavancagem.

---

— SBF (@SBF_FTX)

Autoridades nas Bahamas, nos EUA e na Turquia iniciaram investigações sobre o colapso da exchange. Autoridades supostamente estão discutindo a extradição de Bankman-Fried das Bahamas para os EUA para interrogatório. Não está claro se a extradição relatada está relacionada a declarações de legisladores do Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dizendo que “[esperam] ouvir” SBF sobre o assunto em uma audiência em dezembro.

O Grupo FTX deu entrada ao processo de falência de Capítulo 11 em 11 de novembro no Distrito de Delaware. O arquivamento inclui mais de 130 empresas, incluindo a FTX Trading, a FTX US e a Alameda Research. De acordo com registros subsequentes no tribunal de falências, a exchange pode ser responsável por mais de 1 milhão de credores.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store