Coin News

Ronaldinho Gaúcho promove projeto duvidoso da Web3 inspirado na Copa do Mundo e token despenca

20 Oct, 20227 min readEthereum
Ronaldinho Gaúcho promove projeto duvidoso da Web3 inspirado na Copa do Mundo e token despenca

Ronaldinho Gaúcho está de volta ao espaço cripto, agora como embaixador do World Cup Inu (WCI), um projeto que se apresenta como um portal de apostas Web3 em tempo real livremente associado à Copa do Mundo, embora não se trate de um produto oficialmente licenciado pela FIFA (Federação Internacional de Futebol).

I am delighted to be part of the World Cup Inu family. $WCI is changing the defi space by their work and utilities . Really excited for this project! I will be giving away 3 jerseys to them , vouching for Brazil to win the #WorldCup. Make sure you check them out 🤙 — Ronaldinho (@10Ronaldinho) October 19, 2022

Estou muito feliz por fazer parte da família World Cup Inu. $WCI está mudando o espaço defi com seu trabalho e utilidades. Muito animado com este projeto! Vou sortear 3 camisas para eles, garantindo a vitória do Brasil na #Copa do Mundo. Não deixe de conhecê-lo

— Ronaldinho (@10Ronaldinho)

De acordo com as informações disponíveis no site do projeto, o World Cup Inu está desenvolvendo um aplicativo de apostas on-chain através do qual os usuários poderão utilizar o token nativo do projeto para apostar nas suas seleções favoritas através de carteiras DeFi (finanças descentralizadas) de sua escolha.

Ainda segundo as informações disponíveis no site, os fundos apostados são depositados em contratos inteligentes até que os vencedores sejam identificados através de informações externas disponibilizadas por um serviço de oráculo e recebam suas devidas recompensas.

Uma taxa de 10% sobre todas as apostas realizadas no aplicativo são recolhidas e depositadas em um pool de loteria ao qual todos os usuários poderão ter acesso, concorrendo a prêmios em WCI.

O aplicativo oferecerá duas modalidades de apostas: on-chain, através de contratos inteligentes em que qualquer usuário pode apostar a qualquer momento; e também uma versão PvP (jogador contra jogador), na qual os usuários podem apostar diretamente uns contra os outros.

Suspeitas de golpe

De cara, o World Cup Inu desperta alguns sinais de alerta aos quais os investidores devem ficar atentos. Primeiramente, trata-se de um projeto cuja equipe de desenvolvedores é anônima. No site oficial do projeto, não há link para um white paper com informações sobre o projeto ou detalhes sobre os fundamentos econômicos do seu token nativo.

O tokenomics, que determinam os aspectos econômicos subjacentes a um token, se resume à seguinte fórmula: Compra/Venda: 5%/5% (4% - Marketing + Desenvolvimento, 1% - liquidez).

Tokenomics do WCI e seu endereço de contrato na rede Ethereum (captura de tela). Fonte: worldcupinu.app

Os desenvolvedores do projeto também utilizam o logo da exchange de criptomoedas Binance logo abaixo da imagem do mascote do token numa clara sugestão de que o WCI é negociado na maior plataforma de negociação do mercado.

No entanto, uma vez que o usuário clica na logo da empresa, ele é encaminhado para uma página que faz parte do site da Binance contendo informações e um gráfico com a variação de preço do token, acompanhados de um aviso de que o WCI não está listado na exchange.

Informações sobre o World Cup Inu disponíveis no site da Binance (captura de tela). Fonte: Binance

Inconsistências do contrato inteligente

De acordo com informações disponíveis no Etherscan, o código do contrato é verificado, mas não há nenhuma evidência de que ele tenha passado por um processo de auditoria. Além disso, dois eminentes investigadores de dados on-chain pseudônimos do Crypto Twitter comentaram a postagem de Ronaldinho Gaúcho alertando para inconsistências e funções suspeitas do contrato do World Cup Inu.

Primeiramente, o usuário identificado como FatMan, que ficou conhecido por investigar e encontrar atividades on-chain suspeitas relativas ao caso do colapso do ecossistema Terra, apontou que o contrato inteligente do WCI tem uma função de pausar as transações.

Trata-se de um comando autoexplicativo: basta que o desenvolvedor o ative para congelar qualquer transação de compra e venda do ativo a qualquer momento, impedindo que seus detentores possam transacioná-lo.

Em comentários adicionais à postagem, um usuário identificado como Joey foi além e revelou que o contrato contém outros comandos potencialmente lesivos aos investidores.

When i looked into it couple weeks ago. Ownership not resigned, fees editable by owner, trading pausable and seemed to me that owner can also blacklist addresses from selling— Joey 🍯 (💙,🧡) (@MrJettip) October 19, 2022

Por que essa moeda tem uma função pauseTrading lol

— FatMan (@FatManTerra)

--

Quando eu dei uma olhada nele algumas semanas atrás, a propriedade do contrato não havia sido renunciada, as taxas eram editáveis pelo proprietário, havia a função de pausa das negociações e me pareceu que o proprietário também pode enviar endereços de venda para lista negra

— Joey (@MrJettip)

Em um comentário adicional, FatMan revela também que o contrato foi programado para que parte das receitas geradas pelas transações do WCI em exchanges descentralizadas (DEX) seja direcionada para a carteira do proprietário do contrato.

Warning, cuts of DEX trades are being forwarded to the WCI owner! Do not trade this! — FatMan (@FatManTerra) October 19, 2022

Atenção, partes dos valores [do token] negociados em DEX estão sendo encaminhadas para o proprietário do WCI! Não negocie isso!

— FatMan (@FatManTerra)

Ação de preço do WCI

Como se pode ver no gráfico abaixo, o WCI teve um repique de preço próximo ao momento em que o perfil oficial de Ronaldinho Gaúcho publicou a postagem promocional no Twitter, chegando a ser cotada a US$ 0,0235, de acordo com dados do CoinMarketCap.

Desempenho do WCI nas últimas 24 horas. Fonte: CoinMarketCap

Embora potencialmente tenha provocado uma disparada no volume de negociação do token, que registra um crescimento de 112% nas últimas 24 horas, o rali não teve força para manter a sustentação e logo depois o preço do WCI entrou em correção. No início da tarde desta quinta-feira, 20, está cotado a US$ 0,1274, acumulando perdas de 29,8% nas últimas 24 horas.

No entanto, sob uma perspectiva temporal mais ampla, o WCI acumula uma valorização de 574% desde que foi lançado em 27 de setembro.

À medida que a Copa do Mundo se aproxima, diversos projetos de criptomoedas de caráter duvidoso tentam se aproveitar do maior evento esportivo do planeta para lucrar em cima de investidores desavisados.

Além de Ronaldinho Gaúcho, o também brasileiro e ex-jogador da seleção Daniel Alves e o chileno que atualmente joga no Flamengo, Arturo Vidal, também já estrelaram a campanha de marketing do World Cup Inu.

No entanto, o histórico de Ronaldinho Gaúcho não exatamente faz do WCI um token atrativo, dado o seu histórico controverso no mercado de criptomoedas. Em fevereiro de 2020, o ex-jogador foi arrolado como réu em uma ação coletivo contra a 18K Ronaldinho, um suposto esquema de pirâmide financeira que utilizava a imagem do jogador para transmitir uma imagem de confiança ao negócio.

Pouco mais de um ano depois, o Gaeco (Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público do Estado da Paraíba) deflagrou uma operação contra um outro suposto esquema de pirâmide financeira baseada em investimentos em Bitcoin (BTC) que tinha Ronaldinho Gaúcho como garoto propaganda.

Depois de ambos os casos, Ronaldinho Gaúcho participou da campanha de promoção do token da Atari, que também se revelou um péssimo investimento ao longo do tempo.

Além disso, o ex-jogador também surfou a onda dos NFTs (tokens não fungíveis), com o lançamento de duas coleções exclusivas, a "Ronaldinho’s Sports Series" e mais recentemente a "Dinhos", com 10.010 colecionáveis que homenageiam momentos icônicos de sua vida e de sua carreira.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store