Coin News

Rival da Celsius ganha crédito de US$ 250 milhões da corretora FTX para enfrentar inverno cripto

6 d ago3 min readBitcoin
Rival da Celsius ganha crédito de US$ 250 milhões da corretora FTX para enfrentar inverno cripto

A credora cripto BlockFi garantiu uma linha de crédito rotativo de US$ 250 milhões junto à corretora cripto FTX, de acordo com um tuíte do CEO Zac Prince na manhã desta terça-feira (21).

“Hoje, a BlockFi assinou um termo de compromisso com a FTX para obter uma facilidade de crédito rotativo de US$ 250 milhões e nos fornecer acesso a capital que reforce ainda mais nosso balanço patrimonial e nossa força como plataforma”, afirmou ele em uma série de tuítes.

A empresa foi bastante afetada pela queda de mercado. Na semana passada, a BlockFi entrou para a crescente lista de empresas que estão reduzindo seu quadro de funcionários para enfrentar o inverno cripto, cortando sua equipe em “quase 20%”. Prince havia tuitado que todos os produtos e serviços da BlockFi iriam continuar operando normalmente.

Prince alegou que os recursos do empréstimo da FTX estão contratualmente subordinados a todos os saldos de clientes, ou seja, a BlockFi irá cumprir com todas as obrigações das contas de clientes — “BlockFi Interest Accounts” (contas que geram juros), “BlockFi Personalized Yield” (de retornos personalizados) e garantias de empréstimo — antes de pagar a FTX.

Today @BlockFi signed a term sheet with @FTX_Official to secure a $250M revolving credit facility providing us with access to capital that further bolsters our balance sheet and platform strength.— Zac Prince (@BlockFiZac) June 21, 2022

Celsius, uma das adversárias da BlockFi no setor de empréstimos cripto, congelou saques, conversões e transferências de contas no domingo passado (12) para ajudá-la a enfrentar “condições extremas de mercado”. Na segunda-feira (20), a empresa disse que precisará de mais tempo para se estabilizar antes de descongelar contas.

Enquanto isso, a BlockFi está enfrentando seus próprios desafios. Na semana passada, a empresa realizou um pagamento de US$ 1 milhão ao Departamento de Seguros do estado americano de Iowa como parte de uma multa maior de US$ 100 milhões que a BlockFi concordou em pagar para liquidar uma investigação sobre suas contas que geram altos retornos.

“Futura colaboração”

No anúncio sobre a linha de crédito, Prince sugeriu que poderia abrir as portas para uma parceria entre a FTX e BlockFi.

“Esse acordo também desbloqueia uma futura colaboração e inovação entre a BlockFi e a FTX à medida que trabalhamos para acelerar a prosperidade em todo o mundo por meio dos serviços financeiros cripto”, tuitou.

O sentimento parece ser mútuo. Na segunda-feira, o CEO da FTX, Sam Bankman-Fried, disse que a corretora de criptomoedas possui uma “responsabilidade” de socorrer empresas que enfrentam dificuldades durante esse implacável mercado de baixa.

“Mesmo se não tivermos sido nós que o causamos ou não estivermos envolvidos nele”, explicou, referindo-se à onda de “contágio” que está impactando os mercados cripto, “acredito que isso seja saudável para o ecossistema e quero fazer o que posso para ajudá-lo a crescer e prosperar”.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store