Coin News

A recuperação do Bitcoin pode ser o início de um rali no preço? Veja o que dizem os dados da Glassnode

2 Aug, 202214 min readBitcoin
A recuperação do Bitcoin pode ser o início de um rali no preço? Veja o que dizem os dados da Glassnode

O bitcoin e o mercado de criptomoedas reagiram positivamente ao aumento de 0,75 na taxa de juros pelo Federal Reserve — o banco central dos EUA — na semana passada, conforme o bitcoin (BTC) e o ether (ETH) registraram uma alta semanal de 5,7% e 7,6%, respectivamente.

Os mercados como um todo responderam de forma positiva ao anúncio do Comitê Federal de Mercado Aberto (ou FOMC, na sigla em inglês), conforme o presidente Powell indicou que a taxa-alvo de financiamento pelo Fed agora está entre 2,25% e 2,5% foi considerado como neutro, pois toda a atenção estava voltada para a evolução dos dados na desaceleração da economia.

Em muitos sentidos, a recente ação positiva de preço para o bitcoin e o ether dá muito do tão aguardado alívio para os “touros”, que aguentaram quase nove meses de queda contínua.

O mercado de baixa em 2022 está sendo historicamente negativo para o setor de ativos digitais. No entanto, após um período contínuo de sentimento de redução de risco, a atenção se volta para a possibilidade de este ser um rali de alívio para o mercado ou o início de um impulso contínuo de alta.

Nesta edição, a Glassnode avalia esse conceito utilizando a atividade em blockchain como uma linha de base e se o mercado está sinalizando um fluxo de nova demanda ou se falta uma continuidade.

Ideias de alerta serão apresentadas ao longo da análise para ajudar na identificação dos níveis de interesse que possam representar variações significativas no desempenho de mercado/rede. Qualquer membro da Glassnode pode configurar um alerta diretamente no Glassnode Studio.

Oscilação da atividade na rede Bitcoin

Em termos gerais, o fluxo de nova demanda em redes blockchain é apoiado e sinalizado pelos aumentos contínuos no uso em blockchain. Podemos usar tanto a atividade “on-chain” (ao verificar movimentações registradas na própria blockchain) como as dinâmicas na oferta para avaliar o desempenho relacionado ao histórico comparável recente como referência.

Impulsos positivos tendem a ser descritos pela atividade em blockchain crescente ou elevada conforme mais usuários entram para a rede. Geralmente, isso é apoiado pelo crescente volume de oferta que está sendo negociado em lucro à medida que investidores antigos vendem e a nova demanda absorve essas moedas.

Impulsos negativos tendem a registrar uma queda na atividade em blockchain, geralmente em uma “expulsão” violenta e rápida de investidores mais novos. Mercados de baixa levam mais tempo para se recuperar conforme a oferta rotaciona de especuladores para holders a longo prazo e de “pulso firme”.

Os endereços ativos no Bitcoin continuam em um canal de baixa bem definido . Note também que o recorde entre outubro e novembro atingiu um auge bem pequeno do que o recorde em abril de 2021, sugerindo que houve uma grande expulsão de usuários e a demanda não continuou.

Com exceção de alguns picos na atividade durante grandes eventos de capitulação (desistência de ganhos pela venda de suas posições por conta da queda no preço), a atividade na rede sugere que ainda existe pouca nova demanda neste momento.

Ideia de alerta: Se endereços ativos (média móvel de 14 semanas) ultrapassarem 950 mil, seria um sinal de alta na atividade em blockchain, sugerindo uma possível força de mercado e recuperação de demanda.

A demanda por transações na blockchain e espaço em blocos apresenta um perfil semelhante. A estrutura de mercado do último ano é bem parecida com a do período entre 2018 e 2019 .

Após a expulsão inicial e destruição de demanda em maio de 2021 , a demanda por transações foi negociada um pouco menos, indicando que apenas restou a base estável de traders e investidores com “pulso firme”.

Ideia de alerta: Se a taxa de transações (média móvel de 14 semanas) ultrapassar 0,3, seria um sinal de alta na atividade em blockchain, sugerindo uma possível força de mercado e recuperação de demanda.

Como consequência da fraca demanda por transações, as taxas de transação em blockchain estão no território de mercado de baixa , registrando apenas um total de apenas 13,4 BTC em taxas pagas diariamente.

Assim como os endereços ativos e a demanda por transações, a destruição da demanda é visível em maio de 2021, conforme a congestão da rede entrou em colapso e as taxas começaram a formar uma linha de base de mercado de baixa.

Geralmente, os mercados de baixa apresentaram taxas elevadas e são alguns dos primeiros sinais de recuperação na demanda. Embora ainda não tenhamos registrado uma alta nas taxas, ficar de olho nessa métrica provavelmente será um sinal de recuperação.

Ideia de alerta: Se as taxas de transação (média móvel de 14 semanas) ultrapassassem 35 BTC/dia, seria um sinal de alta na atividade em blockchain, sugerindo uma possível força de mercado e recuperação de demanda.

Podemos confirmar essas observações ao analisar o volume médio de dados (em bytes) dos blocos no Bitcoin:

Congestionamento da rede e blocos completos resultam em tamanhos maiores de bloco conforme mineradores preenchem blocos o máximo que puderem para obter uma receita máxima.

Baixo congestionamento de rede e blocos parcialmente vazios resultam em blocos menores, pois não há transações o suficiente para que mineradores preencham a capacidade.

É importante mencionar que SegWit — abreviação de “Segregated Witness” ou “Testemunha Segregada” — é uma atualização tecnológica ao Bitcoin para aumentar a capacidade máxima de dados dos blocos da rede.

Antes de junho de 2021, a adesão ao SegWit era inferior a 55%, ou seja, a capacidade máxima por bloco era menor do que agora. Porém, dado que a adesão do SegWit agora excedeu 72%, existe mais capacidade de espaço por blocos, mas o atual congestionamento é ainda menor do que era em maio de 2021.

Isso indica que, ao todo, a rede Bitcoin continua dominada por HODLers e, mesmo assim, ainda não houve uma volta significativa de nova demanda, conforme demonstram as métricas da atividade em blockchain.

No entanto, numa notícia mais positiva, a capacidade nos canais públicos da Lightning Network (ou LN) do Bitcoin continua registrando novos recordes. A capacidade pública total da LN agora atingiu 4.405 BTC — uma alta de 19% nos últimos dois meses, apesar do mercado de baixa.

Essa métrica mede a liquidez disponível para que usuários enviem valor roteado por nós que têm canais públicos e é um bom medidor para a expansão dos efeitos de rede. Não leva em consideração a configuração de canais privados entre duas contrapartes que ainda não liberaram seu nó para o roteamento público.

Um disparo na atividade do Ethereum

A rede Ethereum passou por muitas das mesmas tendências que o Bitcoin nos últimos 12 meses, registrando uma deterioração gradual do uso total da rede e do congestionamento.

Apesar de uma poderosa ação de preço nas últimas semanas, o congestionamento na rede Ethereum está registrando um dos seus níveis mais baixos há algum tempo, manifestando-se como baixas de vários anos em preços de gas pagos para a confirmação de transação.

A demanda por transações no Ethereum está sofrendo uma queda gradual desde a liquidação em maio de 2021, registrando apenas uma breve explosão de atividade nas últimas semanas. Se essa tendência continuar subindo, pode ser algo positivo e algo a acompanhar.

Ideia de alerta: Se a contagem de transações (média móvel de 14 semanas) ultrapassar 1,25 milhões, seria um sinal de alta na atividade em blockchain, sugerindo uma possível força de mercado e recuperação de demanda.

O Ethereum tende a ter um pool maior de transações no “mempool” — local onde estão as transações pendentes que ainda não foram transmitidas à blockchain — em comparação ao Bitcoin e o espaço em blocos possui uma capacidade superior a 99%. Como consequência, o preço de gas pago geralmente é um método superior para rastrear o verdadeiro congestionamento.

O preço de gas capta a urgência com que usuários buscam a confirmação de suas transações, pois é medido pelo valor que estão dispostos a pagar em taxas.

O gráfico abaixo mostra:

o limite médio de gas , que é o gas máximo que mineradores podem incluir em um bloco (atualmente, é de 15 milhões, mas pode se expandir para 30 milhões após a implementação da EIP-1559).

Consumo médio de gas por bloco , que representa o nível atual de uso em relação ao limite de gas.

Taxa mediana de gas em gwei (1 gwei = 0,000000001 ETH), que pode se expandir em épocas de demanda e se contrair durante épocas calmas de baixo congestionamento.

Recentemente, os preços de gas do Ethereum caíram para apenas 17,5 gwei segundo a mediana de sete dias. É o menor preço de congestionamento e preço da rede desde maio de 2020, que foi anterior à “Febre das Finanças Descentralizadas” e antes de iniciar o mercado de alta.

Isso sinaliza que, apesar da recente ação de preço positiva, não houve um fluxo de uso novo e, ao todo, o Ethereum registra sua menor baixa de atividade relacionada em vários anos.

Ideia de alerta: Se o preço mediano de gas (média móvel de sete semanas) ultrapassar 30 gwei, seria um sinal de alta na atividade em blockchain, sugerindo uma possível força de mercado e recuperação de demanda.

Como consequência, a taxa de queima do ETH por meio da EIP-1559 agora registra uma baixa recorde. O total de ETH queimado agora é de apenas 11% da emissão total. O ether só ultrapassou o território deflacionário em três ocasiões no passado, considerando o atual cronograma de emissões.

Significa que um volume relativamente enorme de ETH está em circulação em comparação a todo o histórico pós-EIP-1559.

Absorção de lucros

Será avaliada a estrutura de mercado do Bitcoin e do Ethereum com base na métrica de lucro com transações de saída que foram gastas (ou SOPR), que captura o lucro médio (acima de 1,0) ou prejuízo (menos de 1,0) realizado pelo mercado por moedas gastas.

Altos valores (acima de 1,0) indicam que lucros de maior magnitude estão sendo realizados e o mercado possui demanda suficiente para absorvê-los.

Suporte do mercado de alta é caracterizado por valores de lucro de 1,0 que atuam como suporte conforme investidores compram moedas à sua base de custo durante quedas do mercado.

Baixos valores (inferiores a 1,0) indicam que prejuízos de maior magnitude estão sendo realizados e que investidores estão vendendo moedas abaixo de sua base de custo média.

Resistências ao mercado de baixa são caracterizadas por valores de lucro de 1,0 que atuam como resistência conforme investidores vendem moedas à sua base de custo durante altas.

Para o bitcoin, o lucro está tentando superar 1,0 pela segunda vez desde o início de junho. Geralmente, o mercado exige inúmeras tentativas antes de a velocidade de fuga ser atingida. Um cenário ideal de alta seria uma superação acima de 1,0 e, em seguida, um reteste para encontrar suporte.

Ideia de alerta: Se o lucro (SOPR) do Bitcoin (média móvel de sete semanas) ultrapassar 1,0 e se mantiver nesse nível, seria um sinal de que a rentabilidade está voltando e sugeriria uma possível força de mercado.

O Ethereum teve mais sorte, registrando um lucro acima de 1,0 e encontrando seu primeiro reteste como suporte. No entanto, dadas as fracas métricas da atividade em blockchain apresentadas acima, é importante observar uma reversão abaixo de 1,0, que pode sinalizar enfraquecimento.

Seria similar a períodos anteriores de baixa, em que uma excursão breve acima de 1,0 pode ser observada, antes de retrocederem para o território de prejuízo líquido.

Ideia de alerta: Se o lucro (SOPR) do Ethereum (média móvel de sete semanas) cair abaixo de 1,0, seria um sinal de uma queda na rentabilidade e indicaria um possível enfraquecimento de mercado.

Conclusões

Tanto o preço do bitcoin como do ether se recuperaram na última semana, saindo de condições de sobrecompra extrema e estimulando o sentimento de “risco” após a reunião de julho do FOMC.

Porém, sob a superfície, a demanda transacional em blockchain continua, no máximo, fraca e este rali de preços ainda não passou por uma continuidade convincente na atividade observável de demanda. O resultado líquido é que blocos do Bitcoin estão parcialmente vazios e os preços de gas do Ethereum registram sua menor baixa em vários anos e a taxa de queima da EIP-1559 registra baixas recordes.

É claro que a atividade em blockchain apenas faz parte do contexto geral e os primeiros sinais da volta da rentabilidade em lucro são encorajadores. A atenção agora pode migrar para a possibilidade de essas tendências de alta serem sustentadas e melhorarem como uma medida para saber se isso é um simples alívio no mercado de baixa ou uma mudança estrutural mais positiva.

Sobre o autor

A Glassnode é a maior provedora de dados e inteligência de blockchain que gera métricas e ferramentas on-chain para quem realmente quer entender o mercado de criptomoedas.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização da Glassnode.

Quer negociar mais de 200 ativos digitais na maior exchange da América Latina? Conheça o Mercado Bitcoin! Com 3,8 milhões de clientes, a plataforma do MB já movimentou mais de R$ 50 bilhões em trade in. Crie sua conta grátis!

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store