Coin News

'Rave clandestina' marca festa da comunidade Ethereum em Paris à medida que preço do ETH dispara

20 Jul, 20225 min readEthereum
'Rave clandestina' marca festa da comunidade Ethereum em Paris à medida que preço do ETH dispara

O timing pode não ter sido exatamente perfeito, mas a imagem é bastante adequada para o estado atual do mercado de criptomoedas. Enquanto o Ether (ETH) engatava uma alta semanal de aproximadamente 54%, de acordo com dados do CoinGecko, integrantes da comunidade global da Ethereum se infiltravam nos subterrâneos de Paris para participar de uma rave clandestina, relatou reportagem da CNBC.

As vítimas do atual inverno cripto ainda não foram completamente esquecidas e os fantasmas das crises de liquidez e insolvência que vitimaram tanto investidores institucionais quanto do varejo ainda assombram os participantes do mercado, mas desenvolvedores e traders da Ethereum parecem ter bons motivos para comemorar.

Os últimos acontecimentos indicam que a muito aguardada atualização da rede Ethereum, que vai efetivar a transição do mecanismo de consenso de Prova-de-Trabalho (PoW) para um algoritmo baseado em Prova-de-Participação (PoS), pode ser o catalisador definitivo para uma reversão da tendência de baixa que vem dominando o mercado desde o final do ano passado.

Depois que a implementação do The Merge foi finalmente anunciada para 19 de setembro, não apenas o preço do Ether disparou como todo o ecossistema DeFi deu fortes sinais de recuperação, e até mesmo o Bitcoin (BTC), para quem os impactos da atualização do Ethereum são indiferentes, acabou sendo puxado para cima também – nas últimas 24 horas a maior criptomoeda do mercado subiu 7,4% e acumula ganhos semanais de 23,6%, de acordo com dados do CoinGecko.

Rave nas Catacumbas

Apesar dos números positivos do mercado terem chegado em um bom momento para quebrar o clima sombrio e acabar com a mais longa temporada de medo extremo nos mercados, de acordo com o Índice de Medo e Ganância, os aproximadamente 100 integrantes da comunidade da Ethereum que se reuniram nas Catacumbas de Paris não estavam preocupados com análises gráficas, médias móveis, suportes ou resistências relativos à ação de preço futura do ETH. A ordem era apenas celebrar.

A festa clandestina foi organizada anonimamente através do compartilhamento de mensagens e informações em grupos do Telegram, conforme revelou à reportagem uma das convidadas:

"Você recebia um link e uma senha para preencher um formulário de pesquisa em que basicamente respondia a algumas perguntas e confirmava seu perfil no Telegram. Se você fosse escolhido para participar desta aventura, você era adicionado a um grupo do Telegram com algumas outras pessoas desconhecidas, e então recebia as informações sobre o ponto de encontro para dirigir-se ao local da festa."

As Catacumbas são um antigo cemitério localizado no 14º distrito de Paris a uma profundidade de 20 metros abaixo do solo, cujo acesso ao público é vedado. Quanto mais para a realização de uma festa. Assim, as principais recomendações aos convidados eram: não deixar rastros e voltar à superfície antes do nascer do sol para não correr riscos de ser flagrado pelas autoridades.

Após um percurso de aproximadamente 7 quilômetros através dos subterrâneos de Paris, o grupo seleto de convidados chegava em um amplo salão central escavado em pedra e iluminado por velas, onde havia um DJ, um bar com luzes de neon e uma pista de dança.

Ethereum Community Conference em Paris

A celebração "alternativa" dá uma ideia do clima e do tom da "Ethereum Comunity Conference", que teve início na terça-feira, 19, em Paris. Segundo a comunidade reunida na capital francesa, a EthCC é um evento totalmente diferente da Bitcoin Miami, o principal evento em termos de tamanho e magnitude da indústria de criptomoedas.

Enquanto a Bitcoin Miami reúne dezenas de milhares de participantes em um clássico centro de convenções bastante impessoal, o EthCC limita os ingressos a 2.000 pessoas para criar um clima de intimidade entre os participantes.

A EthCc é um evento voltado para desenvolvedores, assim as oscilações de mercado e o próprio inverno cripto não estão no foco da atenção dos participantes. Pelo contrário, a maioria vê um lado positivo no atual inverno cripto: ele afasta aqueles investidores que se aproximam do espaço em busca de dinheiro fácil e o abandonam assim que as coisas começam a afastar-se dos seus objetivos de maximização de lucros.

Uma das organizadoras da conferência EthDenver, Dani Osorio, disse à reportagem que existem muitas conferências de criptomoedas e tecnologia blockchain acontecendo ao redor do mundo nos dias de hoje, mas, segundo ela, a EthCC é a única focada em desenvolvedores:

“Você verá aqui CTOs, fundadores de projetos, criptógrafos e pesquisadores de protocolo. Isso é inédito”.

A empolgação da comunidade do Ethereum às vésperas de uma atualização seminal para o futuro da rede líder do setor de contratos inteligentes em pleno mercado de baixa é um forte indicador de que a indústria de criptomoedas atravessará o turbulento ano de 2022 oferecendo novos produtos e soluções para os usuários da Web3. A próxima etapa de evolução da internet promete conferir poder aos usuários através da distribuição de valor e controle sobre a disseminação de dados privados das entidades da rede.

O Ether, por sua vez, ainda tem um longo caminho a percorrer antes de almejar a renovação de sua máxima histórica de US$ 4.878, registrada em novembro do ano passado. Cotada a US$ 1.594 na manhã desta quarta-feira, de acordo com dados do CoinGecko, a segunda maior criptomoeda do mercado ainda está 67% abaixo de seu recorde histórico de preço.

Gráfico semanal ETH/USDT (Binance). Fonte: Trading View

Enquanto isso, analistas procuram entender se a narrativa em torno do The Merge será capaz de sustentar a alta do Ether diante de um cenário macroeconômico ainda desfavorável para os ativos de risco, conforme noticiou o Cointelegraph Brasil recentemente.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store