Coin News

“Queremos criar regras para as criptomoedas”, diz Henrique Meirelles, contratado pela Binance

5 Sep, 20224 min readOther
“Queremos criar regras para as criptomoedas”, diz Henrique Meirelles, contratado pela Binance

O ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles disse que sua chegada na Binance tem relação com a criação de regras para criptomoedas. No início de setembro de 2022, a contratação do ex-presidente do Banco Central do Brasil pela maior corretora de criptomoedas do mundo foi a principal novidade do mercado de criptomoedas brasileiro.

Tudo veio a tona quando as primeiras informações saíram, dando conta que Meirelles foi chamado pela Binance para ajudar em um novo processo a ser conduzido pela corretora.

Como ele é um antigo político conhecido no Brasil, sendo inclusive candidato a presidente em 2018, o caso repercutiu na comunidade de criptomoedas.

De um lado, há aqueles que confiam que a experiência de Henrique Meirelles ajudará a Binance a consolidar sua posição no Brasil, enquanto outros já dizem que devem sair com suas criptomoedas da plataforma.

Henrique Meirelles em primeira aparição pública após chegar na Binance: “queremos criar regras para proteger os investidores de criptomoedas”

A chegada de Henrique Meirelles na Binance certamente era inesperada e muitos agora começam a digerir o assunto.

Para ajudar a entender melhor a posição do ex-ministro da Fazenda no Brasil, o UOL conversou com Meirelles para saber sua opinião sobre vários assuntos.

E um deles, claro, foi sobre as criptomoedas, visto que é o assunto do momento. Em resposta sobre uma pergunta sobre o que ele estava achando de sua nova posição, Meirelles foi categórico em dizer que as criptomoedas são muito promissoras, um mercado novo e que muita gente já ganhou dinheiro, em especial com uma delas, dando a entender que se referia ao Bitcoin.

Para explicar sua nova carreira, Meirelles disse que está estudando sobre as criptomoedas, visto que o mercado aguarda a criação de regras internacionais. Dessa forma, a Binance está criando um Comitê Global de pessoas com afinidade com regulações, sendo Meirelles um dos convidados a participar do processo.

Ou seja, Meirelles será um consultor da Binance, maior corretora em volume do mundo, sugerindo que criará regras ao mercado brasileiro e ajudará a “proteger os investidores”.

“Recomendo que as pessoas estudem antes de investir em criptomoedas”

Quando questionado se aconselha pessoas a investirem em criptomoedas, Henrique Meirelles deu a entender que sua opinião é a mesma para qualquer pessoa interessada em ativos de risco, pedir que as pessoas estudem os fundamentos e se preparem para as oscilações nos preços.

Ele comparou o investimento em criptomoedas com ações da Petrobras. Mesmo assim, Meirelles lembrou que as criptomoedas são meios de pagamentos promissores, principalmente quando há liquidações internacionais envolvidas, baratas e rápidas.

Com 77 anos de idade, Meirelles foi ex-presidente do Banco Central do Brasil no governo Lula entre 2003 e 2010, e ministro da Fazenda durante o Governo de Michel Temer.

Durante sua entrevista ao Canal UOL, Meirelles ainda pediu que os governos respeitem o Teto dos Gastos, aprovado em sua gestão e que é uma medida importante para manter o desenvolvimento do Brasil.

Em redes sociais, clientes divergem opiniões

Chama atenção que a passagem de Henrique Meirelles pelo governo do ex-presidente Lula é um dos pontos que mais repercutiu entre clientes da corretora, alguns dos quais foram até as redes sociais protestarem contra a chegada do político na corretora.

Já outros clientes elogiaram a chegada do novo conselheiro da Binance, afirmando que ele tem experiência no setor financeiro e deve ajudar a corretora.

Vale lembrar que o Brasil está prestes a aprovar uma lei para as corretoras de criptomoedas no Congresso Nacional, e a Binance vinha sendo muito criticada por corretoras brasileiras que perderam espaço no mercado e pressionavam por mais regulação.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store