Coin News

Quem é o misterioso brasileiro que ajuda vítimas de golpes e expõe os falsos traders de IQ Option

22 Aug, 20226 min readBitcoin
Quem é o misterioso brasileiro que ajuda vítimas de golpes e expõe os falsos traders de IQ Option

“Aqui mostro a verdade, sou o terror dos vagabundos”. É assim que se apresenta o perfil “Indicador Enganoso” no Instagram, cujo trabalho atualmente se divide em operações no mercado financeiro e vendas de produtos físicos na internet. No entanto, o trader ainda arruma um tempo para ajudar vítimas de golpes no mercado financeiro.

Denunciar não é o primeiro ato do Indicador Enganoso, que prefere intermediar um acordo entre acusado e acusador após analisar as denúncias que recebe pelo Instagram, cujo perfil soma cerca de 12 mil seguidores mesmo sendo um conta privada.

As denúncias geralmente são sobre golpes aplicados por falsos traders vendedores de cursos, e de desacordos em operações na IQ Option, quando, por exemplo, uma pessoa libera sua conta a terceiros. Geralmente os traders ficam devendo dinheiro por não seguirem o combinado, quebrando então a banca do investidor ou ‘aluno’.

De origem europeia, com formação técnica em mecânica industrial e morando no Brasil desde seus 18 anos, quando chegou em 2010, o “Indicador Enganoso” diz que pode estar em qualquer lugar, já que se considera um nômade.

Em uma conversa com o Portal do Bitcoin, o homem que pediu para ser identificado como ‘Indie’, afirmou que naquele momento repousava em algum lugar do nordeste brasileiro; na sexta (19), quando falou novamente com a reportagem , ele já estava novamente na estrada. Na ocasião, também afirmou que deixaria pública sua conta no Instagram.

Perdeu dinheiro com curso

E foi caindo em um golpe que Indie resolveu criar o ‘Indicador Enganoso’.

Ele conta que no começo da pandemia decidiu voltar para a Itália, onde nasceu, mas teve que permanecer no Brasil para resolver problemas familiares. Naquela época, relata, começou a faltar trabalho e ele foi atingido em cheio. Resolveu então dar um outro rumo às finanças e comprar um curso de trade, que, segundo ele, foi um golpe.

“Iludido por falsas promessas, comprei um ‘indicador’ com um golpista na internet. Aquele dinheiro me fez muita falta. Criei este perfil com o intuito de me vingar da pessoa e do nada começaram a chegar gente do nado me pedindo pra expor outros golpistas”, contou ele, preferindo não revelar o nome do golpista.

Segundo Indie, seu objetivo não é denunciar algo logo de cara e por isso adotou a estratégia de primeiro procurar o suposto golpista de forma privada para lhe mostrar os prints de reclamação das pessoas que se sentem lesadas. O motivo, explica, é “eu entendo que me tornei referência e, com uma denúncia pública, posso sujar a imagem de alguém por muito tempo; portanto optei de um tempo pra cá alertar a pessoa de uma possível exposição”.

“É como se eu fosse um intermediador da situação. Às vezes resolvo, às vezes não. O que importa é que de alguma forma faço com que as duas partes conversem”, ressalta.

“Eu auxilio as vitimas me baseando na lógica. Chegam pessoas até a mim dizendo que tomaram golpes grandes e acham que de alguma forma eu sou autoridade e posso obrigar uma pessoa a devolver o capital; isto não existe! Eu apenas mostro o caso para quem me segue. Portanto incentivo as pessoas a nunca se vingarem, mas a procurar os próprios direitos por meio de autoridades e advogados”, esclarece ele.

Trader sofre ameaças

A reportagem perguntou se ele já sofreu algum tipo de ameaça por conta de suas divulgações de supostos golpes em suas contas nas redes sociais

“Eu sou ameaçado o tempo todo”, respondeu. Sua primeira reação ao ser ameaçado, explica, é não responder, tirar um print do texto com a intimidação e em seguida registrar um boletim de ocorrência.

“100% das vezes que sou ameaçado é somente da boca pra fora, até porque, quem está roubando não sou eu e não sou eu que temo vingança de alguma forma. Existem traders por aí que roubam milhões de reais e vivem como se nada tivesse acontecido na internet, mas andam com seguranças e raramente saem de casa”, comenta.

“Eu sou livre”, continua. “Óbvio que ninguém sabe onde moro nem por onde eu ando, mas eu sou livre e não devo a ninguém. Ninguém olha para mim [e diz] que eu fiz algo ilícito. Eu apenas mostro a verdade”.

“Vendi meus carros e torrei tudo na IQ Option”

Indie mostra vários casos através de lives feitas com as próprias vítimas. Em uma delas, ele conversa com um trader de IQ Option que perdeu valores acima de R$ 150 mil e depois ainda vendeu seus carros para tentar se recuperar do prejuízo. Conforme relata chorando no vídeo, era tudo o que tinha.

Em outro caso, Indie diz que conseguiu resolver o problema de uma vítima que caiu em um golpe. Ele conta que o caso lhe comoveu bastante porque era uma mulher que tinha uma filha pequena e que pagou R$ 1 mil para um trader para passar por uma “sessão chinesa” — onde um trader promete uma quantidade de ganhos acima das perdas.

“Mas ele pegou o dinheiro e caiu fora”, relata. “Ela me chamou desesperada dizendo que era o único dinheiro dela e ainda foi xingada e ameaçada”, diz Indie. Ele então começou uma investigação e descobriu inclusive onde o golpista morava.

“Liguei para os vizinhos, para prefeitura e para todos que eu consegui e alertei que ia infernizar a vida dele até ele devolver o dinheiro da vítima. A mulher desistiu de fazer a queixa por ameaça após receber o valor de volta. Hoje sou amigo dela e conversamos muito”, conta.

Para diversificar, Indie também publica memes e faz lives com outros traders, às vezes colocando cara a cara as partes. Em uma live publicada em seu canal no Youtube, Indie conseguiu colocar frente a frente o acusado, Mike Trader, e o acusador, identificado no vídeo como Fagner.

Fagner diz no vídeo que Mike, de posse de sua conta, perdeu o saldo e ainda cancelou um saque que receberia no mesmo dia e também usou o dinheiro. Durante a transmissão, Mike reconheceu que houve um erro e afirmou ter dado todo o suporte a Fagner. A live terminou com um acordo entre os dois e Indie feliz.

Indie finalizou a conversa com um alerta aos iniciantes no mercado financeiro para que não acreditem em milagres.

“Não existe receita milagrosa ou fórmula mágica. Não acreditem no lançamento de trader “x” ou “y” como a salvação da sua vida. Isto não existe. Nunca coloquem valores na mão de terceiros que não podem perder e nunca façam dívidas para colocar em mercados de renda variável”.

Aprenda a ganhar dinheiro com Cripto. Você pode ter acesso a um curso exclusivo com os maiores especialistas em cripto para aprender os fundamentos e as técnicas que te ajudam a navegar nas altas e baixas do mercado. Garanta sua vaga aqui!

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store