Coin News

Pura diversão e histórias absurdas: ator Bill Murray compartilha sua vida em NFTs

26 Jun, 20227 min readNFT
Pura diversão e histórias absurdas: ator Bill Murray compartilha sua vida em NFTs

Bill Murray tem muitas histórias — e existem muitas histórias por aí sobre Bill Murray.

Algumas são da carreira de quase cinco décadas do ator no mundo do entretenimento, do programa de comédia “Saturday Night Live” a filmes clássicos como “Caça-Fantasmas” e “Clube dos Pilantras”, e seus relacionamentos com outras lendas da comédia.

Outras são contos sobre o homem de 71 anos e sua propensão em, por exemplo, invadir casamentos aleatórios ou roubar batata frita das pessoas.

No dia 15 de julho, essas e outras histórias estarão disponíveis para compra na forma de tokens não fungíveis (ou NFTs, na sigla em inglês) via “The Bill Murray 1000”, um projeto desenvolvido no Ethereum pelo site de comédia e entretenimento The Chive e pela startup blockchain Project Venkman.

O projeto irá oferecer até mil colecionáveis NFT com base em 100 histórias da carreira de Murray.

Cada NFT é baseado em uma única pintura original de Murray feita por David Grizzle que, em seguida, possui fundos e floreios exclusivos para diferenciá-los uns dos outros. Mas além da arte em si, cada NFT conta uma das histórias com diferentes textos e imaginários.

Na quarta-feira (22), durante a convenção NFT NYC, Jackson Murray (filho do ator), John Resig (cofundador e presidente do The Chive) e Gavin Gillas (cofundador e CEO do Project Venkman), falaram com o Decrypt sobre como o projeto saiu do papel, o interesse de Bill em NFTs e os benefícios que existem na coleção.

Os NFTs de Bill Murray

Murray é um antigo apoiador do The Chive, fundado em 2018, e a empresa produziu camisetas baseadas na aparência do ator, junto com a linha de equipamentos William Murray Golf.

“Entramos nesse período de ‘o que vem agora?’ do licenciamento de imagem de Bill Murray e eu disse: ‘são definitivamente NFTs’”, disse Resig ao Decrypt. “E Bill disse: ‘definitivamente não são NFTs’.”

Jackson Murray disse que seu pai ligou para ele logo após sua conversa inicial sobre NFTs com Resig, perguntando sobre criptomoedas e NFTs. Segundo Jackson, inicialmente seu pai não entendeu muito bem o conceito, mas viu o potencial dos itens imutáveis e digitais.

“Quando ele entendeu essa ideia, meio que despertou um pouco de seu interesse”, disse Jackson.

Porém, Bill Murray não tinha interesse na arte generativa — coisas como os populares Bored Ape Yacht Club ou CryptoPunks, que misturam e combinam características para criar milhares de fotos de perfil exclusivas.

Um NFT é um token blockchain que atua como uma prova de propriedade e pode representar obras de arte, colecionáveis, acesso a comunidades e muito mais.

Em vez disso, Jackson contou que seu pai gostou da ideia de um passe de afiliação que concede acesso e incentivos, incluindo futuros eventos presenciais em que holders de NFTs podem se encontrar e interagir com o ator. Além disso, uma blockchain fornece uma maneira de Murray e sua família verificar essas lendas urbanas ao apontar para os NFTs.

“Sempre me perguntam: ‘Essa história é real? Isso realmente aconteceu?’”, disse Jackson. “[Os NFTs são] um veículo para mim, e também [para Bill], tenho certeza, para respondermos a essas perguntas sem termos de repetir a mesma resposta nove vezes seguidas”.

Porém, os NFTs ainda não estão disponíveis — então Jackson verificou uma das histórias mais famosas sobre seu pai, de que Bill Murray usa um número 1-800 para realizar chamadas gratuitas. O ator, que não possui um agente ou empresário, aparentemente usava o número também com sua família.

“O número [que começa] com 1-800 é totalmente verdadeiro”, explicou Jackson ao Decrypt. “Quando eu era criança — meu pai estava fora do país, então você ligava para o número com 1-800, deixava uma mensagem na caixa postal e ele te retornava nos próximos dias úteis. E assim por diante.”

“Com sorte, você conseguia ser atendido”, acrescentou. “Senão, seria uma chamada secundária ao número com 1-800.”

Foco na diversão

Existe bastante envolvimento de celebridades em projetos NFT à medida que o mercado disparou para US$ 25 bilhões de volume negociado em 2021.

Porém, Bill Murray não é uma celebridade convencional e este não é um lançamento NFT convencional. Resig queria compartilhar a vida do ator, mas Murray não quis escrever um livro.

“Escrever uma autobiografia meio que confirma que você já terminou de acrescentar novas partes à história”, explicou Jackson sobre seu pai. “Isso está fora de cogitação.”

Com NFTs, os colaboradores viram uma forma de gerar curiosidade sobre a vida, a carreira e as interações únicas com os fãs de Murray — que já geraram um documentário não oficial — enquanto também cria uma comunidade de colecionadores que podem participar de futuros eventos e atividades com o próprio Murray.

Segundo Resig, The Chive realizará cerca de dois eventos por ano com holders dos NFTs. Ele não quis compartilhar muitos detalhes sobre os eventos, mas garantiu que pessoas serão capazes de conhecer e interagir com Murray e que esses eventos vão acontecer durante muitos anos. Holders dos NFTs também terão acesso a uma comunidade privada no Discord.

Além disso, o comprador original de cada NFT irá receber uma moeda prateada gravada que lista o mesmo número de edição e que atua como um passe de acesso ao jantar anual “Gold, Silver and Black” do The Chive na cidade de Austin, no Texas.

Compradores podem vender os NFTs em mercados secundários, mas ficar com a moeda, se desejarem, pois o token e a moeda possuem benefícios contínuos e distintos.

As 100 histórias totais representadas na coleção NFT foram coletadas de conversas com Murray junto com materiais já existentes e cada uma foi revisada e aprovada pelo próprio Murray.

A equipe compartilhou uma gravação em vídeo de Murray discutindo as histórias e notas adicionais ao rascunho e o Decrypt viu os rascunhos físicos que o próprio Murray anotou e revisou.

Murray acrescentou diversos detalhes a uma história sobre se encontrar com um jornalista “gonzo” Hunter S. Thompson após a primeira temporada do ator no programa “Saturday Night Live”, por exemplo, e discutir sua relação conturbada com o finado ator e diretor Harold Ramis.

Além disso, Murray aparentemente é muito fã de ovos vindos da fazenda e forneceu mais detalhes ao NFT sobre seu fornecedor de ovos local.

Os NFTs desenvolvidos no Ethereum serão lançados na plataforma Coinbase NFT no dia 15 de julho a 1,5 ETH cada (cerca de US$ 1,6 mil na cotação da produção desse texto).

Os 100 primeiros NFTs serão lançados nessa data e o restante será liberado em lotes ao longo do ano. Apesar de a Coinbase NFT ter tido um lento início desde seu lançamento, Gillas disse que “queriam apostar” nas perspectivas “a longo prazo” da plataforma.

Além disso, existem muitos elementos beneficentes para a coleção. A obra de arte original de David Grizzle será leiloada após o lançamento dos NFTs e todos os lucros serão revertidos ao “Chive Charities”.

Além disso, Resig disse que uma “porção bem saudável” dos proventos do pool de incentivos da comunidade do projeto NFT será direcionada a diversas caridades escolhidas por Murray.

Bill Murray 1000

O projeto “Bill Murray 1000” nasceu do Project Venkman, uma startup da qual Murray é coproprietário e que derivou do The Chive — e foi nomeada em homenagem a seu personagem no filme “Caça-Fantasmas”, Peter Venkman.

O Project Venkman é focado principalmente em ajudar empresas a adotar redes blockchain para recompensas e programas de afiliaçãom e usa Polkadot nessas iniciativas em vez do Ethereum. Isso pode ser uma aplicação mais enxuta ou técnica da tecnologia enquanto os criadores dizem que o projeto de Murray foca no entretenimento e na comunidade.

“Bill só tem uma ordem: Tudo o que estamos fazendo precisa ser divertido”, afirmou Resig. “Se não for divertido, ele irá reclamar. Ele vai dizer: ‘Isso é legal — talvez. Mas não é divertido’. Então ele não quer fazer. Se isso não for divertido, não serve para ele.”

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store