Coin News

ProShares lança fundo para apostar na queda do Bitcoin

20 Jun, 20223 min readBitcoin
ProShares lança fundo para apostar na queda do Bitcoin

A ProShares, primeira empresa a lançar um fundo negociado em bolsa (ETF) de futuros de Bitcoin (BTC), anunciou que vai lançar um ETF para permitir que os investidores apostem na queda da maior criptomoeda do mercado.

A notícia chega após o BTC registrar um declínio de mais de 30% no último mês, de acordo com dados do CoinGecko.

No momento da escrita desta matéria, o Bitcoin está custando cerca de US$ 20.000. Na época que a ProShares lançou um ETF de futuros do BTC, a moeda digital custava mais de US$ 60.000. Ou seja, o triplo do preço atual.

Gráfico de preço do Bitcoin (BTC) desde outubro de 2021. Fonte: CoinMarketCap

Na prática, o ETF ProShares Short Bitcoin Strategy dará aos investidores a oportunidade de lucrar com novas desvalorizações do preço do BTC ou proteger sua exposição à criptomoeda com a conveniência de um ETF.

ETF ProShares Short Bitcoin Strategy

De acordo com um comunicado da empresa divulgado na segunda-feira (20), o produto será lançado na terça-feira com o código BITI.

“Como os últimos tempos mostraram, o Bitcoin pode cair de valor”, disse o CEO da ProShares, Michael L. Sapir, no anúncio de segunda-feira.

Sapir acrescentou que o produto permitirá que os investidores obtenham uma exposição vendida ao BTC por meio de uma conta de corretagem tradicional.

Ainda segundo o anúncio, BITI foi projetado para fornecer o oposto do desempenho do S&P CME Bitcoin Futures Index. Ou seja, o produto busca obter exposição por meio de contratos futuros de Bitcoin.

“Para investidores que preferem um fundo mútuo, a ProFunds, a empresa de fundos mútuos afiliada da ProShares, planeja lançar o Short Bitcoin Strategy ProFund (BITIX) amanhã [da 21/06]. O fundo mútuo BITIX terá o mesmo objetivo de investimento que o BITI”, disse o comunicado

ETF de Bitcoin

Em outubro de 2021, a ProShares lançou o BITO, o primeiro ETF dos EUA vinculado ao Bitcoin.

Conforme noticiou o CriptoFácil na ocasião, o produto atraiu mais de US$ 1 bilhão em ativos do público em apenas dois dias. Isso o tornou o lançamento de maior sucesso na história da indústria de ETF.

A ProFunds lançou o primeiro fundo mútuo vinculado ao Bitcoin, BTCFX, em julho de 2021.

“Com as adições de BITI e BITIX, ProShares e ProFunds serão as únicas famílias de fundos nos EUA que oferecem fundos que permitem que os investidores expressem sua opinião sobre a direção do Bitcoin. Não importa se eles acreditam que o preço vai subir ou descer”, acrescentou Sapir.

Vale destacar que até hoje a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA, a SEC, não aprovou um ETF de Bitcoin spot. Ou seja, um ETF vinculada ao preço atual do Bitcoin.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store