Coin News

Proof of Assets: Binance e OKK divulgam endereços e atividades de carteira

10 Nov, 20223 min readOther
Proof of Assets: Binance e OKK divulgam endereços e atividades de carteira

Após prometer total transparência por meio de um novo modelo de auditoria, o Proof of Reserve (PoR, ou Prova de Reservas) – diante do colapso da FTX –, a Binance lançou nesta quinta-feira (10) uma nova página de Proof of Assets (ou Prova de Ativos). Nesta página, a exchange de criptomoedas tornou públicos os endereços e as atividades de suas carteiras quentes e frias.

Conforme destacou a Binance, a ação faz parte de seu “compromisso com a transparência e promoção da confiança no ecossistema” e é apenas um ponto de partida.

O objetivo final, segundo a exchange, é criar uma prova de fundos da “Merkle Tree”, que será compartilhada com a comunidade nas próximas semanas. Uma Merkle Tree é uma estrutura de dados usada por blockchains para armazenar os dados de transações. Portanto, “uma PoR de Merkle Tree” pode implicar em um sistema que prova as posses de criptomoedas dos usuários usando informações públicas de blockchain.

“O nosso objetivo é permitir que os usuários de nossa plataforma estejam cientes e tomem decisões informadas que estejam alinhadas com os seus objetivos financeiros”, disse a Binance ao anunciar a iniciativa.

O anúncio também incluiu um instantâneo de endereços de carteiras quentes e frias do dia 10 de novembro de 2022.

Além disso, a exchange liderada por Changpeng Zhao (CZ) informou que o Fundo de Ativos Seguros para Usuários (SAFU) da empresa atingiu US$ 1 bilhão.

  • Leia também: Binance reforça seu fundo de emergência para R$ 5 bilhões após colapso da FTX
  • OKX também promete mais transparência

    Outra exchange a adotar uma postura semelhante foi a OKX. Em sua conta no LinkedIn, a exchange de criptomoedas com sede em Amsterdam compartilhou os seus endereços de carteira que possui.

    Além disso, a empresa anunciou a contratação de uma empresa de auditoria para dar mais transparência e promover confiança entre os seus clientes.

    “Para a OKX, transparência, gerenciamento de riscos e proteção ao consumidor vêm em primeiro lugar. Por isso, nós estamos contratando a Armanino para auditoria e publicaremos um Merkle POF auditável o mais rápido possível. Aqui estão os 23 endereços de BTC (cerca de 69.000 BTC) e 13 endereços ERC20 (~ $ 2+ BN) como uma parte de nossas reservas para os usuários verificarem”, escreveu a OKX nesta quinta-feira (10).

    Outras exchanges que já informaram que devem seguir esses passos em breve são a Crypto.com e a KuCoin.

    As iniciativas surgem após o colapso da FTX na última semana. A exchange sofreu uma onda de saques e não conseguiu lidar com isso por falta de liquidez. A Binance chegou a cogitar a possibilidade de resgatar a FTX, mas desistiu após analisar as contas da empresa. Agora, SBF está buscando apoio de players do mercado para não decretar falência.

    Source

    Subscribe to get our top stories

    Coin News
    App StoreApp Store