Coin News

Preço da MATIC sobe 17% após baleias quebrarem recorde de transações

2 h ago3 min readOther
Preço da MATIC sobe 17% após baleias quebrarem recorde de transações

A MATIC, token nativo da rede Polygon, segue com valorização forte nesta sexta-feira. De acordo com o CoinGecko, o token já se valorizou 15%, passando de US$ 1 e registrando a terceira maior valorização do Top 100.

Até o momento, a MATIC está negociada a um preço de US$ 1,14 e um valor de mercado de US$ 9,4 bilhões. Parte dessa valorização ocorreu na quinta-feira (3), quando a Meta escolheu a Polygon como a rede que apoiará a futura criação e venda de NFTs no Instagram.

Por causa do crescimento da Polygon em termos de adoção, os grandes investidores voltaram seus olhos para a segunda camada do Ethereum. Como resultado, o número de grandes investidores (chamados de “baleias”) quebrou um grande recorde na quinta-feira.

Baleias apostam alto na MATIC

De acordo com a empresa de análise em blockchain Santiment, as transações de baleias na Polygon atingindo o maior nível dos últimos oito meses.

A quinta-feira testemunhou a maior quantidade de transações acima de US$ 100 mil em um único dia. O gráfico da Santiment aponta para quase 1,2 milhão de transações realizadas, acima dos 1,17 milhão registrados em fevereiro.

Número de transações na Polygon. Fonte: Santiment.

“Você acredita na MATIC? Hoje (3) marcou a maior quantidade de transações de US$ 100 mil desde fevereiro. Além disso, a MATIC atingiu 10 milhões de baleias na rede, o maior nível da história, em outubro passado”, disse a Santiment.

  • Leia também: Bitcoin se valoriza e encosta nos US$ 21 mil após dados positivos de emprego nos EUA
  • Principais desenvolvimentos em torno do polígono

    Na quarta-feira (2), a Meta anunciou que trará a capacidade de criar e vender NFTs para criadores do Instagram. Para isso, a empresa fechou uma parceria com a Polygon, que cuidará dos primeiros testes da nova funcionalidade.

    Além disso, a Meta tem trabalhado com várias plataformas blockchain, incluindo Ethereum e Flow. A gigante da tecnologia também planeja adicionar suporte para a blockchain Solana e a carteira Phantom no futuro.

    Outro catalisador por trás da alta dos preços da MATIC foi que o JPMorgan, maior banco dos Estados Unidos, executou com sucesso uma negociação usando a rede Polygon. O banco emitiu 100 mil dólares de Cingapura tokenizados (US$ 71.000) usando o protocolo Aave.

    Mas os planos a empresa vão muito além desses exemplos recentes. Sandeep Nailwal, cofundador da Polygon, revelou a ambição de fazer da rede uma das Top 3 do mercado. “Não descansarei até que a Polygon consiga seu merecido lugar no ‘Top 3’ ao lado de Bitcoin (BTC) e Ether (ETH)”, disse.

    No entanto, o caminho ainda é longo até que a Polygon chegue nessa meta. Atualmente, a rede ocupa o 11º lugar entre as blockchains mais valiosas do mercado. Seu valor de mercado atual é de R$ 51,6 bilhões, ainda distante dos R$ 353 bilhões da USDT, que ocupa a 3ª posição.

    Source

    Subscribe to get our top stories

    Coin News
    App StoreApp Store