Coin News

Plataforma DeFi baseada em Solana sofre hack de R$ 530 milhões; token desaba

12 Oct, 20223 min readDeFi
Plataforma DeFi baseada em Solana sofre hack de R$ 530 milhões; token desaba

O protocolo de finanças descentralizadas (DeFi) Mango, baseado na blockchain Solana, foi aparentemente alvo de um ataque hacker nesta terça-feira (11). De acordo com os auditores de blockchain OtterSec, a exploração está avaliada em US$ 100 milhões em ativos. Ou seja, cerca de R$ 530 milhões na cotação atual em reais. Se o valor e a exploração forem confirmados, este será um dos maiores ataques hackers do ano.

Conforme explicou a equipe OtterSec no Twitter, aparentemente o hacker conseguiu manipular a garantia do protocolo:

It appears the attacker was able to manipulate their Mango collateral. They temporarily spiked up their collateral value, and then took out massive loans from the Mango treasury. — OtterSec (@osec_io) October 11, 2022

“Parece que o invasor foi capaz de manipular a garantia da Mango. Eles aumentaram temporariamente seu valor de garantia e, em seguida, fizeram empréstimos maciços do tesouro da Mango.”

  • Leia também: Hacker rouba mais de R$ 10 milhões do TempleDAO
  • Mango diz estar investigando “incidente”

    A equipe Mango, por sua vez, praticamente confirmou o ataque. Em sua conta no Twitter, a equipe disse que está investigando o “incidente”:

    “No momento, estamos investigando um incidente em que um hacker conseguiu drenar fundos da Mango por meio de uma manipulação de preços do oráculo. Estamos tomando medidas para que terceiros congelem fundos em andamento”, escreveram.

    Em seguida, a equipe tuitou que está desativando os depósitos no front-end do protocolo por precaução. Eles também disseram que vão manter a comunidade informada “à medida que a situação evoluir” e prometeram uma recompensa pela devolução dos fundos ao hacker:

    “Se você tiver alguma informação, entre em contato com [email protected] para discutir uma recompensa pela devolução de fundos.”

    Segundo desenvolvedor conhecido como foobar, o atacante conseguiu sair com uma variedade de moedas, sendo as maiores USDC e SOL.

    Sobre o protocolo Mango

    Mango é um protocolo DeFi baseado em Solana com quase R$ 500 milhões (US$ 94 milhões) em valor total bloqueado (TVL), de acordo com dados da plataforma DeFi Llama. O token nativo do protocolo é o MNGO, que registrou uma variação de preço atípica durante o ataque.

    Em um intervalo de poucas horas o preço do ativo digital saiu de R$ 0,20 para um pico de R$ 0,46, em uma valorização de 130%. Em seguida, o preço desabou para R$ 0,092, em uma queda de 80%, segundo dados do CoinGecko. Considerando as últimas 24 horas, o token acumula uma variação de preço negativa de cerca de 55%.

    Source

    Subscribe to get our top stories

    Coin News
    App StoreApp Store