Coin News

Passa de R$ 5 milhões recompensa por encontrar bugs no Ethereum antes do The Merge

25 Aug, 20223 min readEthereum
Passa de R$ 5 milhões recompensa por encontrar bugs no Ethereum antes do The Merge

À medida que a atualização The Merge da rede Ethereum (ETH) se aproxima, aumentam as preocupações com possíveis bugs. Com base nisso, a Fundação Ethereum anunciou que aumentou para US$ 1 milhão (mais de R$ 5 milhões) as recompensas para hackers “white hats” que encontrarem e reportarem problemas na rede.

The Merge é a atualização mais esperada da história da rede Ethereum. Isso porque ela vai mudar o mecanismo da rede de Prova de Trabalho (PoW, na sigla em inglês) para Prova de Participação (PoS, em inglês). A previsão é que o evento finalmente aconteça em meados do mês de setembro.

Como são anos de desenvolvimento, os “devs” do Ethereum querem ter certeza de que tudo ocorra sem problemas.

Recompensas por bugs

De acordo com uma publicação da Fundação nesta quarta-feira (24), entre os dias 24 de agosto e 8 de setembro, todas as “recompensas relacionadas à fusão por vulnerabilidades” serão quadruplicadas para os white hats (hackers “do bem”) que testam a rede.

A fundação afirmou que quem identificar “bugs críticos” – aqueles com um alto impacto ou com probabilidade de alto impacto na blockchain – poderá ganhar até US$ 1 milhão. Ou seja, mais de R$ 5 milhões na cotação atual em reais.

Além disso, o programa de recompensas também permite envios de bugs de baixo, médio e alto risco. Os bugs de “alto risco” agora renderão uma recompensa de até US$ 200.000 (cerca de R$ 1 milhão). Enquanto isso, os bugs de “risco médio” vão pagar até US$ 40.000 (R$ 2 milhões). Por fim, os bugs de “baixo risco” vão render uma recompensa de até US$ 8.000 (R$ 40.000).

The Merge vai ocorrer entre os dias 10 e 20 de setembro

The Merge vai fazer o Ethereum abandonar a mineração para validação de transações na rede – que demanda muita energia – e vai migrar para o mecanismo de PoS, no qual os operadores de nós mantêm uma grande quantidade de Ether (ETH) dentro da rede e ganham recompensas por validar as transações.

Segundo os cálculos da fundação, o novo modelo deverá consumir menos de 1% da quantidade de energia da rede atual.

Conforme informou a Fundação no post desta quarta, a transição The Merge deve primeiro ser ativada na Beacon Chain, com a atualização Bellatrix. A atualização do Bellatrix está programada para ocorrer em 6 de setembro de 2022. Depois disso, a cadeia de PoW vai migrar para PoS. Isso deve ocorrer entre os dias 10 e 20 de setembro.

Anteriormente, a fundação havia dado o dia 15 ou 16 para o The Merge. Ou seja, é possível que a atualização ocorra antes do esperado.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store