Coin News

Operação 404 é deflagrada no metaverso e tira 266 sites do ar no Brasil

7 d ago3 min readOther
Operação 404 é deflagrada no metaverso e tira 266 sites do ar no Brasil

O Ministério da Justiça e Segurança Pública divulgou os resultados da Operação 404, a primeira feita pelo metaverso no Brasil. De acordo com as autoridades, essa operação começou em 2019 e já está em sua quarta fase.

Em novembro de 2019, a Operação 404 foi deflagrada em 12 estados e conseguiu cumprir 30 mandados de busca e apreensão. Na ocasião, 210 sites foram bloqueados, além de 100 aplicativos de streaming ilegais.

Já em 2020, a operação em 10 estados cumpriu 25 mandados de busca e apreensão, retirando mais 252 sites da internet. Em 2021, a terceira fase da Operação 404 ocorreu em 8 estados, mas registrou um recorde ao bloquear 334 sites da internet.

Operação 404 realiza pela primeira vez buscas no metaverso

Na última terça-feira (21), o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJ), deflagrou a quarta fase da Operação 404, a primeira do país a realizar buscas no ambiente de metaverso.

Esse termo tem ficado popular nos últimos meses, principalmente após a chegada da Meta (ex-Facebook) no setor. Não está claro como as buscas ocorreram nesse ambiente, mas o resultado é que quatro canais de conteúdos foram desativados, além da remoção de 90 vídeos da internet.

A quarta fase da Operação 404 incluiu alvos de pirataria audiovisual e canais que transmitiam streaming de músicas. De acordo com o CiberLab do MJ, são mais de 10,3 milhões de downloads realizados em plataformas que fingem ser de famosos artistas, como Alok, Xande Aviões, Marília Mendonça e Aline Barros. Mais de 461 aplicativos de streaming de músicas foram desativados com a nova operação, um recorde.

Alessandro Barreto, Coordenador do Laboratório de Operações Cibernéticas da Seopi, ressalta que a luta conta a pirataria segue.

“Os criminosos anunciavam eventos pelas redes sociais e realizavam transmissões ilegais. A nossa luta contra a pirataria é constante. Estamos nos especializando cada vez mais para coibir essas práticas e identificar os novos crimes”.

Operação contou com ajuda da polícia civil de 11 estados brasileiros e mais autoridades do Reino Unido e EUA

No Brasil, foram expedidos 30 mandados de busca em 11 estados, ação que resultou na remoção de 266 sites e mais 15 perfis de redes sociais que tinham relação com os crimes de pirataria.

O Secretário de Operação Integradas Adjunto, Bráulio de Melo, destacou que o prejuízo da pirataria no Brasil é de bilhões de reais por ano.

“O foco principal é o combate a violação dos direitos autorais, que gera um prejuízo anual de R$15 bilhões para o Brasil. O protagonismo é da Polícia Civil dos estados, que atua de forma integrada para o sucesso da Operação”.

Embaixadas do Brasil apoiaram a ação, que cumpre 59 mandados no exterior, sendo 53 no Reino Unido e mais 6 nos EUA. Autoridades policiais desses países também cooperaram com a ação brasileira.

Até a tarde da última terça, haviam sido presas 3 pessoas em São Paulo, 2 em Minas Gerais e mais 1 em Goiás. Na ação, foram apreendidos computadores, HDs, telefones celulares e estruturas de servidor.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store