Coin News

OpenSea cria sistema para classificar NFTs de acordo com sua raridade

8 h ago2 min readNFT
OpenSea cria sistema para classificar NFTs de acordo com sua raridade

Com milhares de tokens não fungíveis (NFTs) sendo lançados diariamente, tentar encontrar intens raros pode ser um desafio para os colecionadores. No entanto, à medida que a indústria continua a progredir, as dificuldades de encontrar NFTs raros podem em breve se tornar uma coisa do passado.

O marketplace de NFTs OpenSea anunciou a implementação do OpenRarity, um protocolo que fornece cálculos de raridade verificáveis para NFTs dentro de sua plataforma, em uma postagem publicada no Twitter. O protocolo usa uma abordagem matemática transparente para calcular a raridade dos tokens não fungíveis.

O OpenSea disse que os NFTs raros receberão números mais baixos, como 1 ou 2, enquanto os NFTs que possuem atributos semelhantes a outros NFTs terão números mais altos. Com isso, o marketplace destacou que os compradores poderiam visualizar um “ranking de raridade” confiável ao considerar a compra de NFTs.

O recurso não será aplicado automaticamente a todas as coleções NFT. De acordo com o OpenSea, os criadores poderão decidir se desejam optar por aplicar o recurso OpenRarity em suas coleções ou não.

O projeto OpenRarity foi um esforço colaborativo entre várias entidades da comunidade NFT, incluindo Curio, icy.tools, Proof e o próprio OpenSea. O objetivo é padronizar a metodologia de classificação para fornecer informações consistentes acerca da raridade dos NFTs em diversas plataformas.

O OpenSea também lançou recentemente um recurso para permitir que os criadores customizem suas próprias páginas dentro da plataforma, optando pela utilização de imagens, vídeos e destaques. Com isso, os criadores podem compartilhar informações sobre o lançamento de coleções, como o cronograma de cunhagem e organizar uma galeria. Além disso, os criadores também podem adicionar um relógio de contagem regressiva para permitir que os colecionadores recebam alertas por e-mail para lembrá-los dos lançamentos que lhes interessarem.

Enquanto isso, um relatório publicado pela empresa de análise de blockchain Chainalysis destacou que os NFTs são o maior impulsionador da adoção de criptomoedas na região Central, Sul da Ásia e Oceania (CSAO). De acordo com o relatório, 58% do tráfego da web para serviços de criptografia está relacionado a NFT.

Enquanto isso, um relatório publicado pela empresa de análise de dados on-chain Chainalysis destacou que os NFTs são o maior vetor para a adoção de criptomoedas no centro-sul asiático da Ásia e na Oceania (CSAO). De acordo com o relatório, 58% do tráfego da web para serviços de criptomoedas está relacionado a NFTs.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store