Coin News

‘O Ocidente fará a transição para um sistema financeiro descentralizado’, diz Nayib Bukele

47 min ago2 min readOther
‘O Ocidente fará a transição para um sistema financeiro descentralizado’, diz Nayib Bukele

Nayib Bukele, presidente de El Salvador, voltou a defender o ecossistema de criptomoedas. Desse modo, ele previu que o modelo de banco central das economias ocidentais de hoje acabará dando lugar a um sistema descentralizado mais confiável.

Assim, em uma recente entrevista, Bukele criticou tanto o Federal Reserve quanto a reação da mídia à adoção do Bitcoin em seu país. Desse modo, Bukele argumentou que a capacidade do FED de imprimir dinheiro é um “crime moral”.

“O FED e sua capacidade de imprimir dinheiro desvaloriza a moeda e rouba os cidadãos de suas economias”, afirmou.

Além disso, ele afirmou que o conceito de poupança foi destruído. Portanto, segundo ele, não faz mais sentido economizar dinheiro como era feito antigamente.

“Não faz mais sentido economizar dinheiro… Se você economizou US$ 50.000 [nos anos 80], então você foi roubado de 90% do seu dinheiro [até] agora”, afirmou.

De acordo com Bukele, as pessoas agora estão “acordando” para os danos da inflação e começarão a buscar sistemas alternativos para escapar dela.

Bitcoin é o caminho da liberdade

Assim, Bukele espera que os países do BRICS iniciem seu próprio sistema econômico. Porém, ele acredita que os demais países do ocidente não vão aceitar este sistema por conta da Rússia.

“Portanto, em vez disso, o ocidente buscará alternativas que sejam mais independentes, sem censura e totalmente descentralizadas”, disse.

Bukele disse que a adoção do Bitcoin trouxe a El Salvador muitos benefícios. Dessa forma, segundo ele, isso inclui um número quase dobrado de turistas, documentários, investimentos privados e uma “rebranding” de sua reputação anterior de ser um país propenso ao crime.

Ele também afirmou que tem inúmeros inimigos em sua decisão de adotar Bitcoin em El Salvador. Portanto, entre os inimigos ele cita o Banco Mundial, o Federal Reserve e o Fundo Monetário Internacional.

Além disso, aponta publicações financeiras como Bloomberg, CNBC, Forbes e The Financial Times. Assim, segundo ele, estas publicações são culpadas de espalhar notícias falsas e FUD.

O presidente disse que isso costumava incomodá-lo, mas desde então percebeu que sua audiência e influência estão diminuindo.

“Achei importantes. Agora vejo que não são. Ninguém está olhando para eles”, finalizou.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store