Coin News

Nova York aplica multa de US$ 30 milhões na área cripto da Robinhood

2 Aug, 20223 min readRegulation
Nova York aplica multa de US$ 30 milhões na área cripto da Robinhood

O Departamento de Serviços Financeiros do Estado de Nova York (NYDFS, na sigla em inglês) multou a Robinhood Crypto em US$ 30 milhões por diversas violações regulatórias.

O departamento concluiu, após uma investigação, que a empresa falhou em manter medidas adequadas de cibersegurança ou atender obrigações de combate à lavagem de dinheiro. Foi constatado que a Robinhood Crypto violou as regulamentações do departamento para moedas virtuais, transmissores de dinheiro, monitoramento de transações e cibersegurança.

De acordo com um comunicado da reguladora, além do pagamento da multa, a Robinhood Crypto terá de contratar uma consultora independente para avaliar seu nível de compliance às regulamentações estatais. A empresa também foi criticada por não fornecer um número de telefone específico em seu site para que clientes pudessem fazer reclamações.

“Conforme seu negócio crescia, a Robinhood Crypto falhou em investir os recursos adequados e a atenção para desenvolver e manter uma cultura de compliance”, disse Adrienne Harris, superintendente do NYDFS.

O departamento alega que o programa de proteção à lavagem de dinheiro da Robinhood Crypto era “inadequadamente equipado” — usa um sistema manual para o monitoramento de transações mesmo enquanto sua base de usuários crescia — e tinha falhas críticas em seu programa de cibersegurança.

Reguladores disseram que as violações foram resultado de uma falta de gerenciamento e supervisão, demonstrando uma “falha em fomentar e manter uma cultura adequada de compliance”.

Robinhood contra-ataca

Apesar das deficiências, a Robinhood havia solicitado uma licença ao departamento, alegando que estava em plena conformidade com as regulamentações antilavagem de dinheiro e de cibersegurança em 2019. A reguladora descobriu que a empresa estava violando a lei.

“Todas as empresas de moedas virtuais licenciadas no Estado de Nova York estão sujeitas às mesmas regulamentações antilavagem de dinheiro, de proteção a consumidores e cibersegurança que empresas de serviços financeiros tradicionais”, disse Harris. “O DFS vai continuar investigando e tomando medidas quando qualquer licenciada violar a lei.”

A unidade de negociação de criptomoedas da Robinhood é um crescente foco para a empresa conforme o serviço lista novas moedas. Em abril, a plataforma registrou US$ 54 milhões de receita no primeiro trimestre do ano — uma alta em comparação ao quarto trimestre de 2021 (US$ 48 milhões), mas uma queda em comparação ao primeiro trimestre de 2021 (US$ 88 milhões).

Porém, recentemente, a Robinhood mudou seu foco de crescimento para gerenciar melhor suas despesas em meio à turbulência de mercado — um dos muitos fatores que contribuíram à demanda reduzida para serviços financeiros por investidores do varejo. Dias antes de sua primeira apresentação de resultados deste ano, a empresa informou ter demitido 9% de seus funcionários.

Um representante da Robinhood afirma que a empresa está satisfeita por seu acordo com reguladores de Nova York ter sido finalizado e que a empresa irá se esforçar para priorizar o compliance regulatório.

“Tivemos um progresso significativo ao desenvolver programas jurídicos, de compliance e cibersegurança líderes de indústria”, garantiu Cheryl Crumpton, conselheira geral adjunta de ação e execução regulatória, em uma declaração enviada via e-mail. “Continuamos orgulhosos em oferecer uma plataforma mais acessível e de baixo custo para a compra e venda de cripto.”

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Quer negociar mais de 200 ativos digitais na maior exchange da América Latina? Conheça o Mercado Bitcoin! Com 3,8 milhões de clientes, a plataforma do MB já movimentou mais de R$ 50 bilhões em trade in. Crie sua conta grátis!

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store