Coin News

MoneyGram libera negociações e custódia de Bitcoin e ETH

14 min ago3 min readBitcoin
MoneyGram libera negociações e custódia de Bitcoin e ETH

A MoneyGram, gigante de serviços de transferência de dinheiro, agora permitirá que os clientes negociem Bitcoin (BTC), Litecoin (LTC) e Ether (ETH). E não apenas negociar, como também fazer a custódia dessas criptomoedas através do aplicativo da empresa.

Essa mudança marca uma expansão para o suporte a criptomoedas pela MoneyGram. A princípio, a empresa permitia que os usuários comprassem e sacassem BTC. Dessa vez, a empresa expandiu os serviços para o ETH e também a custódia de ambas as criptomoedas.

De acordo com um comunicado divulgado na terça-feira (1). A MoneyGram introduziu um novo recurso que permitirá aos clientes comprar, vender e armazenar Bitcoin, Ether e Litecoin. A empresa planeja adicionar mais criptoativos à sua plataforma em 2023.

Por enquanto, as novas atualizações estarão disponíveis apenas para clientes da MoneyGram nos Estados Unidos. A empresa não revelou se pretende expandir os serviços para outros países.

Parcerias com exchanges

Para oferecer os novos serviços, a MoneyGram fechou uma parceria com a exchange Coinme. Esta exchange possui licença para operar nos EUA, o que facilitou a integração com a MoneyGram.

A capacidade de negociar e manter criptomoedas está disponível para clientes MoneyGram em quase todos os estados dos EUA, exceto o Distrito de Columbia (DC).

O anúncio de hoje também expande o suporte anterior de BTC da MoneyGram para clientes. Em maio de 2021, a empresa permitiu que os consumidores comprassem e sacassem BTC em várias de suas lojas físicas nos EUA.

Essa é uma inovação frente a outras plataformas tradicionais que permitem a compra e venda, mas não possibilitam saques de criptomoedas.

“Como próximo passo na evolução do MoneyGram, estamos entusiasmados em fornecer aos nossos clientes acesso a uma plataforma confiável e fácil de usar para comprar, vender e manter criptomoedas selecionadas com segurança”, disse Alex Holmes, CEO e presidente da MoneyGram.

União entre criptomoedas e finanças tradicionais

Holmes também afirmou que a empresa continua atendendo à demanda dos clientes por criptomoedas, ao mesmo tempo em que conecta a tecnologia blockchain com serviços financeiros tradicionais. Nesse sentido, a MoneyGram tem planos de tornar as transferências de dinheiro mais rápidas.

A gigante da transferência de dinheiro já havia fechado parcerias com a Ripple e Stellar, cujas blockchains são conhecidas pela rapidez e capacidade de transações. No entanto, a MoneyGram encerrou a parceria com a Ripple depois que a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) abriu um processo contra a empresa.

Em julho, circularam rumores de que a Stellar poderia comprar a MoneyGram, mas esses rumores não se confirmaram.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store