Coin News

Ministro de economia da Argentina diz que país quer se aproximar do Bitcoin

25 Oct, 20222 min readBitcoin
Ministro de economia da Argentina diz que país quer se aproximar do Bitcoin

O ministro da economia da Argentina, Sergio Massa, afirmou que o país quer ser aproximar do Bitcoin (BTC). Para isso, ele está organizando um encontro com os bitcoiners que vão chegar ao país em novembro para o Labitconf.

“Pedi a [Carlos] Maslatón que reunisse o maior número possível de tipos de sticks de criptomoedas. Quero tentar entender em que teoria econômica está ancorada a geração de valor, além da confiança”, disse Massa.

Além disso, o Ministro da Economia disse que está interessado em conhecer como pensam os adeptos do BTC. “Eu também estou interessado em conhecer suas teorias e suas ideias”, disse ele.

Massa hoje preside um ministério que não se concentra apenas na economia e nas finanças, mas também abrange áreas como produção e agricultura. Ele assegurou que fez este pedido a Maslatón porque o admira mesmo que não pense como ele em muitas coisas.

Argentina e Bitcoin

Carlos Maslatón é um analista de mercado que já trabalhou como tesoureiro da fintech Xapo. Atualmente, ele é referência para muitos bitcoiners na Argentina e costuma dar sua opinião sobre o mercado de criptomoedas por meio das redes sociais.

“A tecnologia trouxe mudanças pelas quais os jovens se naturalizaram. São mudanças fundamentais até mesmo na forma como funcionamos como sociedade”, disse o Ministro sobre a justificativa da reunião.

Sergio Massa assumiu o cargo de ministro da Economia da Argentina no início de julho, após a renúncia de seu antecessor Martín Guzmán.

Naquela época, a mudança no ministério da economia gerou grande incerteza no país, que se refletiu fortemente no mercado de câmbio. A Argentina vive uma crise econômica aguda desde o começo do século. O país entra e sai de crises com o valor de sua moeda despencando a cada novo evento. Dessa forma, muitos argentinos têm migrado para as criptomoedas, com destaque para as stablecoins, que se tornaram “febre” no país.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store