Coin News

Mineradores vendem Bitcoin em massa e se preparam para abandonar mercado, entenda

2 h ago3 min readMining
Mineradores vendem Bitcoin em massa e se preparam para abandonar mercado, entenda

Foi um ano difícil para o mercado de criptomoedas - o Bitcoin perdeu mais de 70% de seu valor desde o início de 2022. O aumento das taxas de juros nos EUA e o conflito geopolítico entre Rússia e Ucrânia já vinham influenciando negativamente o mercado de criptomoedas antes, e ai veio o colapso do FTX.

Após a falência da terceira maior corretora de criptomoedas do mundo, o Bitcoin e outras criptomoedas sofreram uma queda de preços entre 15 a 30%. Por outro lado, o hashrate —poder computacional — da rede do Bitcoin continua a subir à medida que o preço cai.

Essa dinâmica entre a queda do preço do Bitcoin e o aumento do poder computacional está causando prejuízos aos mineradores. A situação preocupa o setor, que espera que os preços subam o mais rápido possível.

Mineradores de Bitcoin estão vendendo suas reservas e podem deixar o setor muito em breve

Uma análise apresentada por Charles Edwards em sua conta no Twitter mostra que os mineradores de Bitcoin estão vendendo suas reservas massivamente depois de anos.

Segundo Edwards, essas vendas aumentaram 400% em apenas 3 semanas, situação que pode obrigar as mineradoras a se retirarem do setor.

“É um banho de sangue dos mineradores de Bitcoin. A venda mais agressiva de mineradores em quase 7 anos. É até 400% em apenas 3 semanas. Se o preço não subir logo, veremos muitos mineradores de Bitcoin fora do mercado."

It's a Bitcoin miner bloodbath.Most aggressive miner selling in almost 7 years now.Up 400% in just 3 weeks!If price doesn't go up soon, we are going to see a lot of Bitcoin miners out of business. — Charles Edwards (@caprioleio) November 21, 2022

Isso indica que os mineradores estão passando por uma crise no mercado devido ao fato de o preço da criptomoeda não se recuperar. Por outro lado, a conta do Bitcoin Archive —uma referência na comunidade — questiona o fato de que o hashrate continua aumentando à medida que o preço cai.

Segundo ele, a única explicação para esse fenômeno é que os mineradores de Bitcoin estão obtendo eletricidade extremamente barata.

“A única maneira de explicar o aumento da taxa de hash quando o preço está caindo é para alguns jogadores muito grandes com acesso a energia extremamente barata para entrar no jogo de mineração em grande escala. Eu me pergunto quem poderia ser…”, comentou o usuário sobre a publicação de Charles Edwards.

the only way I can account for the increasing hashrate when the price is dumping is for some very big players with access to extremely cheap energy entering the mining game at scale. I wonder who that could be...?— Bitcoin Archive 🗄🚀🌔 (@BTC_Archive) November 21, 2022

CEO da Arthur Mining explica situação atual dos mineradores

Em uma conversa exclusiva com a Livecripto, o fundador e CEO da Arthur Mining, Ray Nasser disse que a situação é difícil para todos e que os mineradores de Bitcoin estão trabalhando para reduzir em até 10% o hashrate nas próximas semanas, o que significa que alguns mineradores terão que desligar seus equipamentos.

Por outro lado, ele relata que os mineradores estão preferindo continuar minerando bitcoin, apesar dos preços baixos, porque as máquinas de mineração estão desvalorizando absurdamente.

“Muitos estão tendo prejuízo, mas as máquinas são tão baratas que alguns preferem minerar mesmo assim”, explica o CEO da Arthur Mining.

Além disso, ele comentou que “o acesso à energia barata está melhorando muito”, fator que influencia muito os lucros dos mineradores de Bitcoin. Por fim, os mineradores de Bitcoin aguardam a melhora dos preços nas próximas semanas.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store