Coin News

Mineradora de bitcoin fecha instalações por aumento na conta de energia elétrica

3 Sep, 20223 min readMining
Mineradora de bitcoin fecha instalações por aumento na conta de energia elétrica

A Compass Mining, uma empresa de mineração de Bitcoin (BTC), foi notificada de que o proprietário dos lucrativos centros de mineração 2 e 3 localizados no estado da Geórgia, EUA, fecharia em meio ao aumento dos custos de energia na região.

Como a empresa vende hardware de mineração e contratos para instalações, ela não teve influência sobre a decisão. De acordo com um e-mail enviado aos colaboradores nesta quinta-feira (01), a Compass afirma que até ontem não sabia da situação.

O fechamento ocorre devido a um aumento de 50% nos custos de energia. Compass Mining afirma que “o proprietário da instalação está fechando suas instalações na Geórgia para proteger os mineradores de mudanças excessivas nas taxas de energia aplicadas recentemente pela concessionária local”. A empresa disse que abriria outra instalação no Texas (EUA).

And @compass_mining loses its best facility. @MiningScandals — Sac_flys (@Sac_flys) September 1, 2022

De acordo com um e-mail anterior da empresa de agosto, uma de suas operações também foi fechada na província de Colúmbia Britânica no último dia 23, devido a condições abaixo do ideal das instalações. “Essas unidades estão sendo enviadas agora para outra instalação e devem estar online imediatamente”, disse Will Foxley, diretor de conteúdo da empresa.

Another Compass location bites the dust. Goodbye British Columbia — Compass Mining Complaints and Scandals (@MiningScandals) August 31, 2022

A mineradora não respondeu ao pedido de comentário do Decrypt.

Verão turbulento da Compass Mining

As notícias de hoje vêm em meio a um verão bastante volátil para a empresa de mineração de criptomoedas.

Em junho, o CEO e CTO da companhia renunciaram, afirmando que “essas mudanças estão sendo implementadas para alcançar o próximo nível de crescimento para a Compass Mining”.

Em 14 de junho, a Dynamics Mining, que hospeda as plataformas da Compass Mining no estado de Maine, acusou a empresa de dar calote nas contas de eletricidade e rescindir o contrato.

A Compass Mining, no entanto, nega essas alegações. “A Compass cumpriu todas as suas obrigações sob seus contratos com a Dynamics, incluindo suas obrigações financeiras”, disse a empresa em 29 de junho.

Effective June 14th @compass_mining facility hosting agreement in Maine was terminated by @dynamics2k for failure to pay power consumption charges. 6 late payment and 3 non payments. @MiningScandals — DynamicsMining (@DynamicsMining) June 27, 2022

Em julho, a mineradora demitiu 15% dos funcionários e cortou os salários dos executivos em 50%, alegando que tais mudanças “permitirão que a Compass permaneça ágil e bem posicionada neste mercado em evolução”.

*Traduzido por Wagner Riggs com autorização do Decrypt.co.

Quer negociar mais de 200 ativos digitais na maior exchange da América Latina? Conheça o Mercado Bitcoin! Com 3,8 milhões de clientes, a plataforma do MB já movimentou mais de R$ 50 bilhões em trade in. Crie sua conta grátis!

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store