Coin News

Milhares de petições pedem investigação do Congresso dos EUA sobre suposta conexão Gensler-SBF

16 Nov, 20222 min readRegulation
Milhares de petições pedem investigação do Congresso dos EUA sobre suposta conexão Gensler-SBF

Quase 4.000 pessoas usaram o aplicativo de petições CryptoLaw para exigir que o Congresso dos EUA investigue as “ações na fraude da FTX” do chefe da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), Gary Gensler, afirmou a organização em uma postagem publicada no Twitter em 14 de novembro.

O site CryptoLaw é administrado pelo advogado John Deaton, que representa a Ripple em sua batalha legal contra a SEC, e contribui com frequência para o discurso público sobre o caso. A petição diz, em parte:

“Surgiram evidências que provam que Gensler se encontrou com […] [o CEO da FTX] Sam Bankman-Fried, antes do colapso de US$ 14 bilhões da FTX. Membros do Congresso já foram informados de que Gensler estava trabalhando com Bankman-Fried para dar à FTX um passe livre regulatório enquanto uma grande fraude estava acontecendo bem debaixo do nariz da SEC. […] É hora de realizar uma investigação completa do Congresso sobre o papel de Gensler em uma das maiores fraudes financeiras da história americana.”

Os supostos vínculos de Gensler com a falida FTX e Sam Bankman-Fried, também conhecido como “SBF”, começaram a atrair a atenção de todos praticamente assim que os problemas da exchange se tornaram públicos. O deputado republicano Tom Emmer, que tem um longo histórico de defesa das criptomoedas, escreveu no Twitter em 10 de novembro que "relatos enviados ao meu escritório alegam que ele [Gensler] estava ajudando SBF e a FTX a trabalhar em brechas legais para obter o monopólio regulatório" sobre o mercado.

Memo on Samuel Bankman Fried’s 3/23/22 meeting with SEC Chairman Gensler’s staff. Remember these names. — FoiaFan (@15poundstogo) November 14, 2022

Memorando sobre a reunião de Samuel Bankman Fried em 23/03/22 com a equipe do presidente da SEC, Gensler. Lembre-se desses nomes.

— FoiaFan (@15poundstogo)

Emmer não detalhou a fonte ou a natureza dos relatos a que se referiu, mas notícias publicadas na mídia sugerem que houve uma reunião de 45 minutos no Zoom em 23 de março entre a conselheira sênior Amanda Fischer e o consultor sênior Corey Frayer, ambos da SEC, e representantes da bolsa de valores IEX e da FTX, incluindo o próprio SBF. A FTX posteriormente investiu na bolsa IEX.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store