Coin News

Mestamask anuncia parceria com empresa brasileira para fornecer empréstimos em criptomoedas

13 Apr, 20223 min readDeFi
Mestamask anuncia parceria com empresa brasileira para fornecer empréstimos em criptomoedas

A Parfin, fintech que oferece soluções seguras de custódia, negociação e gestão de criptoativos, anunciou que fechou uma parceria estratégica com o MetaMask Institucional (MMI) -- braço da carteira MetaMask criado pela ConsenSys, empresa líder em software de Ethereum e protocolos descentralizados.

O MetaMask atinge mais de 30 milhões de usuários ativos no mundo e o Brasil está entre os cinco principais países nesse sentido. Com a iniciativa, a companhia vai garantir aos investidores institucionais acesso aos protocolos de finanças descentralizadas (DeFi) com o mais alto nível de segurança.

A Parfin desponta como a primeira companhia na América Latina a se unir com o MetaMask Institucional. Pioneira no continente, a fintech busca atender a crescente demanda de grandes companhias que desejam se conectar com o universo dos criptoativos seguindo os mais rígidos padrões institucionais de operação, segurança e eficiência.

“Através desta nova parceria, vamos facilitar ainda mais a entrada de players relevantes no mercado cripto. Principalmente em relação aos protocolos do segmento DeFi. Vale ressaltar que faremos tudo isso por meio de uma solução de custódia única, confiável e centralizada”, detalha Marcos Viriato, CEO da Parfin.

Segundo Johann Bornman, Global Product Lead da MetaMask Institutional, essa integração estratégica permite que mais fundos de criptomoedas, formadores de mercado, mesas de operações e organizações tradicionais em toda a América Latina tenham acesso ao DeFi e Web3.

“Nós estamos muito satisfeitos em trabalhar com a Parfin para ajudar a propagar nossa visão. Atualmente a MMI conta com sete custodiantes que atendem às necessidades de organizações e DAOs em diferentes jurisdições com requisitos exclusivos de gerenciamento de chaves”, destacou Bornman.

Parfin

Em novembro de 2021, a Parfin também firmou uma parceria com a dinamarquesa Sepior e passou a ser a única empresa brasileira capaz de oferecer custódia de ativos digitais com tecnologia MPC -- considerada a mais moderna e segura do mercado.

Assim, a Parfin pode atuar como custodiante de ativos digitais e, ainda, instalar a solução tecnológica completa no cliente institucional para que este ofereça os serviços de custódia ao cliente de varejo.

A companhia ainda possui o ‘Parfin Terminal’, focado em gestores de fundos e mesas de negociação. A solução oferece um sistema de consolidação e gerenciamento de portfólio digital, e câmbio automático através de parceiros bancários.

Por fim, disponibilizam o “Crypto Plug & Play”. A ferramenta permite que instituições financeiras, bancos digitais, plataformas de investimento, processadoras de pagamento e serviços digitais, como marketplaces e carteiras digitais, ofereçam compra e venda de criptomoedas aos seus clientes de forma simples, rápida e segura.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store