Coin News

Mesmo com The Merge, Ethereum não pode competir com Bitcoin para ser o ouro digital, diz Arthur Hayes

12 Sep, 20223 min readBitcoin
Mesmo com The Merge, Ethereum não pode competir com Bitcoin para ser o ouro digital, diz Arthur Hayes

Arthur Hayes, cofundador da BitMEX, deu uma entrevista para a jornalista Laura Shin no podcast Unchained. No episódio, Hayes falou sobre o The Merge, Ether (ETH) e Bitcoin (BTC), e de acordo com o ex-executivo, o ETH não pode competir com o Bitcoin (BTC) como ouro digital.

Segundo Hayes, essa competição não é possível por causa da natureza do Ethereum. Hayes apontou que Vitalik Buterin criou a plataforma com outra finalidade. Logo, o ETH não é projetado para ser uma forma simples de dinheiro.

“Acho que o Ethereum está tentando resolver um problema diferente (do BTC). Não está tentando ser dinheiro. E acho que os principais desenvolvedores, ou qualquer que seja a vontade política do Ethereum, mostraram isso muito claramente para nós em 2016”, disse Hayes.

The DAO foi predominante nesta visão

Em 2016, o Ethereum foi alvo do famoso ataque ao The DAO, que causou um roubo de US$ 150 milhões em ETH. Na ocasião, os desenvolvedores optaram por “reiniciar” a rede através de uma divisão (hard fork).

Dessa forma, o Ethereum se dividiu em dois: o Ethereum Classic (ETC) manteve o histórico da rede original, incluindo o ataque. Já o ETH é a rede que cresceu e se tornou a segunda maior blockchain do mundo em valor de mercado.

Hayes diz que o hard fork reforça seu ponto de vista sobre o propósito do ETH. De acordo com ele, o ETC se propõe a ser uma moeda, já que tem uma oferta limitada assim como o BTC. No entanto, a rede perdeu muitos usuários e espaço no mercado em comparação com o ETH.

Isso, segundo Hayes, é uma evidência de que a maioria do ecossistema está interessada em outra coisa além do dinheiro sólido que o ETC busca.

“ETC é o verdadeiro dinheiro Ethereum, por assim dizer. [Mas] ninguém o usa. Isso deve dizer tudo o que você precisa saber sobre se o ETH quer ou não ser dinheiro, e pode não ser a taxa de inflação que mostra a todos que o ETH não é dinheiro”, afirmou.

Em outro momento, Hayes disse que o objetivo do Ethereum de ser “queremos ser esse computador descentralizado para todos no mundo” conflita com o dinheiro imutável. A rede teve que fazer esta escolha em 2016, e o crescimento do ETH mostra que o mercado optou pela primeira opção.

Dinheiro sólido não é um dos objetivos

Atualmente, a rede Ethereum possui vários projetos instalados em sua blockchain, mas a taxa de emissão de ETH permanece positiva. Ou seja, ainda há mais ETH entrando em circulação, o que desmente o argumento de dinheiro imutável em favor do uso geral como computador descentralizado.

De fato, a Fundação Ethereum esclareceu que o chamado “ultra sound money” não é um dos objetivos da atualização The Merge, ao contrário do que muitos usuários imaginavam.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store