Coin News

“Merece o que está recebendo”, diz Vitalik Buterin sobre CEO da FTX

13 Nov, 20223 min readEthereum
“Merece o que está recebendo”, diz Vitalik Buterin sobre CEO da FTX

Participando da Labitconf na Argentina, Vitalik Buterin foi outro gigante que comentou sobre a falência da FTX. Como destaque, o fundador do Ethereum nota o marketing excessivo da corretora de Sam Bankman-Fried, comparando seu estilo com o de ditadores de 1930.

O desenvolvedor também comparou o caso com o da LUNA, afinal Do Kwon era outra personalidade que gostava de chamar atenção e, mesmo foragido, continua fazendo piadas em suas redes sociais.

Sobre as criptomoedas, Buterin nota que 90% delas são shitcoins e devem quebrar em algum momento. Seguindo, nota que existem dois tipos de projetos que os investidores devem evitar.

“Esse ano vimos um grande número de coisas, o primeiro são coisas que quebram porque que possuem um modelo, mas este modelo é fundamentalmente ruim. O outro são coisas que quebram porque não há confiança no modelo de forma alguma”, explicou Vitalik Buterin.

“É como confiar em um cara que anda por aí vestindo um terno, dando a si o sobrenome de Bankman [banqueiro, em tradução literal] com propagandas com sua própria cara por toda São Francisco.”

“Um estilo personalista e emblemático dos ditadores dos anos 1930”, continuou Buterin sobre Sam Bankman-Fried. “Isso é exatamente o oposto do etos de quase todos cripto-projetos que tentam ser descentralizados.”

Um bom exemplo do etos comentado por Buterin é o de Satoshi Nakamoto. Mesmo sendo reverenciado por milhões de pessoas, o criador do Bitcoin nunca revelou sua identidade, abandonando o desenvolvimento do projeto assim que o mesmo estava forte o suficiente para não depender de si.

Já em suas redes sociais, Buterin comentou que Sam Bankman-Fried, como figura pública, “merece o que está recebendo”, mas que como ser humano merece amor. “Espero que ele tenha amigos e familiares que possam dar isso a ele”, finalizou o criador do Ethereum.

Vitalik defende Ethereum após Jimmy Song chamar ETH de shitcoin

Na sequência, Vitalik passou para a defensiva após Jimmy Song chamar o Ethereum de shitcoin, dando início a uma calorosa discussão no palco da Labitconf.

“Tudo que vai para zero é uma shitcoin, mas meu ponto é que ‘se está [com preço] alto agora, não é uma shitcoin’, acho que isso é uma definição estúpida. Na verdade, é sobre ‘se alguém controla isso, e atualiza o código, mudando para que diabos quiser, então é uma shitcoin’”, comentou Jimmy Song. “Você tem que confiar em alguém e, se você tem que confiar em alguém, por definição é centralizado.”

Buterin tentou defender-se, explicando que o Ethereum é transparente, mas foi interrompido por Song, que despejou mais ataques.

“Você pode atualizar [o Ethereum], você faz um hard fork a cada seis meses. Você pode mudar o código a qualquer momento que quiser. Vejo isso como uma grande falha de segurança.”

Por fim, o host interviu a discussão, explicando que usuários também precisam confiar nos desenvolvedores do Bitcoin Core e então mudou o assunto da conversa. A conversa completa pode ser acompanhada abaixo na íntegra.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store