Coin News

Mercado volta a “respirar” e preço das criptomoedas dispara até 30%

9 h ago2 min readAltcoins
Mercado volta a “respirar” e preço das criptomoedas dispara até 30%

Após uma semana turbulenta no mercado de criptomoedas por conta do colapso da stablecoin UST da rede Terra, o preço do bitcoin (BTC) voltou para os US$ 30 mil nesta sexta-feira (13), atingindo uma alta de US$ 30.921.

O bitcoin havia caído para US$ 26.350 na quinta-feira (12) — pior nível registrado desde o fim de dezembro de 2020. Porém, para o alívio de muitos investidores, o medo de que a maior criptomoeda da indústria poderia cair abaixo do nível psicológico de US$ 25 mil não se materializou.

Neste momento, a principal criptomoeda está sendo negociada a US$ 30,5 mil, representando uma alta de 8% nas últimas 24 horas, segundo dados do site CoinMarketCap.

Apesar da mais recente recuperação, o bitcoin ainda registra uma queda de 15% nos últimos sete dias e sua capitalização de mercado agora é de US$ 584 bilhões.

O ether (ETH), a segunda maior criptomoeda, também subiu 8% nas últimas 24 horas à medida que atingiu uma alta diária de US$ 2,128. Também registra uma queda de 22% na última semana.

O ether está precificado em US$ 2,1 mil, de acordo com o CoinMarketCap.

A volátil ação de preço desta semana acontece em meio à destruição do que já foi uma das maiores stablecoins do mercado: a terrausd (UST).

Os efeitos foram vistos até na USDT, a maior stablecoin do mercado, que também estava sob pressão, tendo atingido US$ 0,85 na quinta-feira. Nesta sexta-feira, a USDT recuperou parte da queda e está sendo negociada a US$ 0,9989.

Outras grandes altcoins, incluindo cardano (ADA), solana (SOL), avalanche (AVAX) e shiba ibu (SHIB) registraram ganhos ainda mais impressionantes nas últimas 24 horas, entre 20% e 30%.

Ações relacionadas a cripto seguem um padrão similar: Ações da Coinbase (COIN) finalizaram o pregão de quinta-feira em US$ 58,50, registrando uma alta de 8,9% no último dia.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store