Coin News

Mercado Bitcoin lança comunidade no Discord

1 h ago2 min readBitcoin
Mercado Bitcoin lança comunidade no Discord

Em mais um passo rumo à democratização da nova economia digital, o MB (Mercado Bitcoin), maior plataforma de ativos digitais da América Latina, anuncia a criação de um canal oficial no Discord nesta segunda-feira (21).

O espaço busca reunir a comunidade da Web3 e seus 3,7 milhões de clientes, por meio de conteúdos e benefícios exclusivos, incluindo notícias, bate-papos virtuais com especialistas da organização, oferecimento de cursos da Blockchain Academy, a vertical educacional do MB.

Também haverá pré-venda de tokens selecionados para membros, acesso antecipado a novas ferramentas e relatórios de mercado.

Acesse o canal do MB no Discord

Além de dar acesso à Cryptommunity – comunidade interna do MB – o grupo prevê a distribuição de ingressos para jogos, eventos e oportunidades da exchange.

A dinâmica de benefícios, segundo Robson Harada, CMGO do Mercado Bitcoin, representa o “primeiro passo para expandir o alcance do ecossistema da Web3 com o apoio de iniciativas educacionais construídas por especialistas de trading, NFTs e macroeconomia”, afirma.

“Além disso, acreditamos que o atual momento do mercado, demanda ainda mais por colaboração, estruturação e discussão aberta para continuarmos a desenvolver e pavimentar o segmento”, complementa”.

“Nenhuma solução da Web3 é alcançada de forma individual. Falamos de um ecossistema que nasce coletivo. Nesse sentido, o Discord é o principal meio para encontrar, nutrir e construir essas comunidades, que impulsionam o mercado como um todo. Será um organismo vivo, seus caminhos e evoluções serão discutidos de maneira dinâmica no dia a dia com os membros.”, complementa Harada.

A iniciativa acompanha o crescimento dos números dos negócios da exchange: o MB atingiu a marca de R$ 1 bilhão sob gestão da MB Asset, vertente de gestão de investimentos tradicionais, e recentemente também alcançou o volume de R$ 200 milhões em ativos tokenizados. O fenômeno tem lastro nos dados: o Brasil é o sétimo país com maior número de criptoinvestidores, de acordo com a terceira edição do ranking Global Crypto Adoption Index, da Chainanalysis.

Em outubro deste ano, a Finder.com classificou o País em oitavo em adoção de criptoativos. Segundo o estudo, 29,8 milhões de brasileiros possuem ativos digitais, sendo que 31% deles são proprietários de Bitcoin. A taxa de adoção nacional é de 18%, superior à média global de 14%.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store