Coin News

Manhã Cripto: Dogecoin (DOGE) dispara 24% com Elon Musk no Twitter; Mercado acompanha definições do novo governo

1 Nov, 20227 min readAltcoins
Manhã Cripto: Dogecoin (DOGE) dispara 24% com Elon Musk no Twitter; Mercado acompanha definições do novo governo

A maioria das criptomoedas opera em terreno negativo nesta terça-feira, 1º de novembro, enquanto os índices futuros sinalizam uma abertura com ganhos para as bolsas americanas no primeiro dia de reunião de política monetária nos EUA.

Nas últimas 24 horas, o Bitcoin (BTC) mostra baixa de 0,8% e cotado a US$ 20.632, segundo dados do CoinGecko. O Ethereum (ETH) também recua no período, negociado a US$ 1.602.

Em reais, o Bitcoin cai 2,2%, para R$ 107.456,98, conforme o Índice do Portal do Bitcoin (IPB).

As altcoins registram desempenho misto nesta terça, com destaque para Binance Coin (+5,5%), XRP (+1,5%), Cardano (3%), Solana (-1%), Polygon (-0,6%), Polkadot (+0,3%), Shiba Inu (+8,1%) e Alavanche (+4,3%).

Ganhos da Dogecoin

Dogecoin dá um salto de 24% nas últimas 24 horas, ainda embalada pela expectativa de que o token seja incluído em projetos futuros do Twitter, agora controlado pelo bilionário Elon Musk.

O analista Glenn Williams, do CoinDesk, diz que a valorização da criptomoeda-meme também parece estar mais associada ao carisma de Musk e sua influência sobre a comunidade da Dogecoin do que indicadores macroeconômicos que têm guiado o Bitcoin, Ethereum e outros tokens nos últimos 12 meses.

A Dogecoin liderou o desempenho entre as criptomoedas em outubro, tendo dobrado de preço no mês, de acordo com dados do Coingecko. O token preferido de Musk também ultrapassou a Cardano e agora é a oitava maior cripto do setor.

Nos primeiros dias à frente do Twitter, o dono da Tesla trabalha com consultores, investidores e funcionários de outras unidades de seu império para ajudá-lo a reinventar a rede social, de acordo com o Wall Street Journal. O grupo estuda uma série de iniciativas para tentar aumentar a experiência do usuário e a receita da plataforma, de acordo com pessoas envolvidas nos planos.

O CEO da Binance, Changpeng ‘CZ’ Zhao, disse à CNBC que, ao injetar US$ 500 milhões na aquisição do Twitter, seu objetivo era garantir que as tecnologias cripto e de Web 3 sejam integradas no futuro da plataforma.

E não é só a maior corretora cripto do mundo que está dando conselhos a Musk, segundo o Decrypt. Sriram Krishnan, sócio-geral da empresa de venture capital a16z e com foco em criptomoedas, compartilhou uma foto da sede do Twitter em São Francisco no domingo (30) dizendo que está ajudando “temporariamente” Musk, em parceria com outras pessoas, ou “great people”, em suas palavras.

Criptomoedas em outubro

A Dogecoin superou de longe o desempenho de outros tokens no mês passado, mas as maiores criptomoedas também fecharam outubro com ganhos, de acordo com os componentes do CoinDesk Market Index, que subiu 7% no período.

O Bitcoin, maior criptomoeda em valor de mercado, avançou 5,5% no mês, enquanto o Ethereum, segunda maior, se valorizou 18%.

Aliás, o ETH teve ganho de 16% nos sete dias encerrados em 30 de outubro, sua maior alta semanal desde meados de julho. Dados da empresa de análise de blockchain IntoTheBlock mostram que o Ethereum se tornou deflacionário, isto é, a oferta do token têm diminuído em vez de aumentar após a migração para o sistema de consenso de prova de participação (PoS, na sigla em inglês).

Bitcoin hoje

Nesta terça-feira começa a reunião de política monetária do banco central dos EUA, que anuncia sua decisão sobre as taxas de juros do país amanhã, 2 de novembro. Estrategistas do JPMorgan Chase consultados pela Bloomberg projetam um aumento da taxa básica em 0,75 ponto percentual. Mas a expectativa é a de que o Federal Reserve pise no freio daqui para frente, com uma alta de 0,5 ponto percentual em dezembro e outra de 0,25 p.p. no primeiro trimestre.

Outros dados fornecem pistas de que o Fed pode estar pronto para uma guinada da política monetária, como a inversão da curva de juros entre os títulos do Tesouro dos EUA de 10 anos e de três meses, de acordo com Michael Wilson, do Morgan Stanley.

A reação do mercado acionário aos comentários de Jerome Powell, presidente do Fed, sobre o rumo dos juros nos EUA também será crucial para analisar o comportamento do Bitcoin. Análise da Reuters destaca que a correlação de 30 dias da maior criptomoeda com o índice Nasdaq, com forte peso do setor de tecnologia, caiu para 0,26 na semana passada.

A segunda-feira (31) marcou o 14º aniversário do chamado white paper do Bitcoin, quando Satoshi Nakamoto enviou o documento para uma lista de e-mails de cyberpunks e introduziu a primeira e mais importante criptomoeda do mundo.

Cenário pós-eleições

No mercado brasileiro, a transição de governo ainda domina a atenção de investidores. Nome preferido do mercado financeiro para comandar a economia no governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o ex-ministro Henrique Meirelles assumiu na segunda-feira (31) a coordenação da expansão da ACCrédito, braço financeiro da Associação Comercial de São Paulo que se prepara para virar um banco digital, segundo a Folha de S. Paulo.

Meirelles, que faz parte do conselho consultivo da Binance, disse à Folha que, embora esteja tocando uma agenda com novos projetos no setor privado, “não teria maiores problemas” em deixar essas atividades para integrar o governo Lula.

O presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), João Pedro Nascimento, contou ao Valor que pretende estabelecer um diálogo com o novo governo para dar prosseguimento aos trabalhos que vem realizando na autarquia. Ele sinalizou que a autarquia terá de criar uma superintendência para lidar com criptoativos, cujo marco regulatório ainda depende de aprovação pela Câmara de Deputados.

Apesar da expectativa para a nova equipe que será formada pelo novo governo, especialistas voltaram a destacar que a Lei de Criptomoedas não deve sofrer grandes alterações.

“No nosso entendimento, o resultado da eleição deve ocasionar pouca mudança no cenário da criptoeconomia no Brasil, uma vez que tanto a CVM quanto o Banco Central têm autonomia e também adotam mandatos de quatro anos, para o presidente e diretores da autarquia federal, sem serem coincidentes com os ciclos da gestão do presidente da República”, disse ao Portal do Bitcoin Julien Dutra, diretor de relações governamentais da 2TM, dona do MB.

Reportagem da Folha diz que, diante do impasse para aprovar uma lei que regule a atuação das corretoras de criptoativos, a Justiça tem dado a essas empresas tratamento semelhante ao dos bancos em caso de fraudes.

Charles Hoskinson, o criador da criptomoeda Cardano, foi ao Twitter na madrugada da segunda-feira (31) parabenizar Lula pela vitória no segundo turno. “Parabéns por sua vitória. Espero que o povo do Brasil prospere”, escreveu Hoskinson mencionando o presidente eleito.

Outros destaques

A Argo Blockchain disse que um acordo para levantar 24 milhões de libras esterlinas (US$ 27 milhões) de um investidor estratégico fracassou, fazendo com que as ações da mineradora de bitcoin caíssem até 72%, de acordo com o CoinDesk.

A gestora Galapagos Capital estreou há duas semanas nas ofertas de ativos digitais, movimentando mais de R$ 500 mil, de acordo com a agência Broacast. A empresa fez uma oferta de representações digitais (tokens) de recebíveis atrelados a quatro faturas de serviços que já foram prestados, e que serão pagos no futuro.

A Apollo Global Management começou a fazer custódia de criptomoedas em nome de seus clientes por meio de uma parceria com a plataforma de ativos digitais Anchorage Digital, em uma aposta de um dos maiores gestores de ativos do mundo para oferecer cripto para investidores institucionais.

O Reserve Bank of India, o banco central indiano, inicia nesta terça-feira (1) um piloto de moeda digital com o objetivo de reduzir os custos de transação e a necessidade de garantias ao negociar títulos do governo.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store