Coin News

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) inicia agosto abaixo de US$ 24 mil após melhor mês de 2022; No Brasil, PL das Criptomoedas pode ser votado pela Câmara

1 Aug, 20229 min readBitcoin
Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) inicia agosto abaixo de US$ 24 mil após melhor mês de 2022; No Brasil, PL das Criptomoedas pode ser votado pela Câmara

As duas maiores criptomoedas amanhecem em território negativo nesta segunda-feira, 1º de agosto, com traders reavaliando as estratégias depois do forte rali de julho. O Bitcoin (BTC) opera em queda de 1,4% nas últimas 24 horas, cotado a US$ 23.287,94, mostram dados do CoinGecko. Já o Ethereum (ETH) recua 0,4%, para US$ 1.683,14.

No Brasil, o Bitcoin é negociado em baixa de 1,3%, a R$ 121.775,04, segundo o Índice do Portal do Bitcoin (IPB).

As altcoins mais negociadas mostram desempenho misto como Binance Coin (-1%), XRP (-1,5%), Cardano (-1%), Solana (-1,5%), Dogecoin (-0,6%), Polkadot (+7,2%), Polygon (-2,6%), Shiba Inu (+2,8%) e Avalanche (-1,9%).

Bitcoin hoje

O Bitcoin resistiu bem a dois indicadores de peso divulgados na semana passada: o aumento dos juros pelo banco central dos Estados Unidos e dados que mostraram queda do PIB americano no segundo trimestre.

Apesar das perdas nesta segunda, traders de ativos digitais sinalizam maior confiança. A capitalização do mercado de criptomoedas aumentou em cerca de US$ 280 bilhões em julho, aponta o Financial Times. Produtos de investimento que seguem criptoativos receberam cerca de US$ 400 milhões no mês, de acordo com a CoinShares.

No entanto, Charley Cooper, diretor-gerente da empresa de blockchain R3, alertou que o recente rali pode ter vida curta. “Acho que o fato de os preços terem se estabilizado de forma alguma indica um movimento de alta inevitável”, avalia. E Antoni Trenchev, cofundador e sócio-gerente da plataforma de empréstimos cripto Nexo, disse à Bloomberg que espera volatilidade para as negociações com o Bitcoin em agosto.

Bitcoin em julho

Levantamento realizado pelo Valor Econômico mostra que o Bitcoin voltou a liderar o ranking das aplicações em julho, com ganho de 16,05% no mês. A maior criptomoeda vinha de uma sequência de quatro quedas seguidas no ranking do Valor: em março (-4,58%), abril (-10,32%), maio (-20,19%) e junho (-29,54%).

O segundo lugar de julho foi ocupado pelo ICON, índice com papéis de consumo e construtoras, com alta de 9,18%. O euro ficou na lanterna, com desvalorização de 3,57%.

Em relação a outras criptomoedas, o BTC subiu mais de 23% em julho, segundo cálculos do CoinDesk. Dados da Bloomberg apontam o melhor mês de 2022 para o Bitcoin, com ganho de 27%. Em artigo no Portal do Bitcoin, o trader e analista de criptomoedas Marcel Pechman dá dicas sobre o que aprendeu “depois de apanhar” cinco anos do Bitcoin.

Brasil

Por aqui, o projeto de lei que regula o mercado de criptoativos brasileiro pode ser analisado pelo Plenário da Câmara de Deputados a partir desta segunda-feira (1º), quando tem início o chamado esforço concentrado de agosto do Congresso. É a penúltima chance de votação do projeto antes das eleições de outubro: haverá uma nova semana de esforço concentrado no início de setembro.

Um ponto polêmico, a segregação de ativos dos clientes das exchanges, foi retirado do texto enviado pelo Senado. O ponto foi abordado no domingo (31) pelo CEO da Binance, Changpeng Zhao, para quem a chamada segregação patrimonial é uma “má ideia”. “Ampla liquidez é um dos melhores mecanismos de proteção ao consumidor”, disse CZ no Twitter.

O diretor do Banco Central, Fabio Araujo, coordenador do projeto do real digital, acredita que a moeda virtual da autoridade monetária pode entrar em circulação no começo de 2023. “Somos uma referência internacional nas moedas digitais dos bancos centrais (CBDCs), assim como já somos com o Pix”, disse Araujo em entrevista à Exame. “Os contatos com os outros países mostraram que a experiência do Brasil é algo meio único.”

Reinado do Ethereum

A blockchain Ethereum está a um passo da chamada “Fusão”, a atualização de software que marcará a chegada da Ethereum 2.0. A implementação da rede de testes Goerli/Prater acontece nesta semana. Será o teste final antes da tão aguardada transição para o sistema de validação de prova de participação, ou “proof-of-stake”, com menor uso de energia.

Com a proximidade da “Fusão” e recentes ganhos, entusiastas do Ethereum voltam a prever que a segunda maior criptomoeda está destinada a destronar o Bitcoin, segundo artigo da Bloomberg. Mas o movimento, batizado de “flippening”, ainda está longe de acontecer – caso realmente aconteça. Apesar de ter disparado mais de 55% em julho, segundo o CoinDesk, o ETH tem valor de mercado aproximado de US$ 200 bilhões, menos da metade da capitalização do BTC.

Ainda assim, especialistas como Fares Alkudmani acreditam que a atualização da blockchain pode beneficiar o mercado de criptoativos como um todo em agosto. Em julho, essa expectativa ajudou a impulsionar o token LIDO, que deu um salto de quase 400%, mostram dados do InfoMoney CoinDesk.

Outros destaques do mercado de criptomoedas:

A Hashdex planeja entrar no segmento quantitativo com um veículo de gestão ativa para driblar o inverno cripto, destaca o Valor. O algoritmo do novo fundo busca diversificar a aplicação em moedas alternativas com maior potencial de superar o referencial desse mercado, o índice Nasdaq Crypto, com foco em Bitcoin e Ethereum.

Desde que a Binance trocou de parceiro bancário no Brasil no fim de junho ao utilizar os serviços da Latam Gateway, clientes enfrentam problemas na hora de sacar dinheiro da corretora, segundo reportagem do Portal do Bitcoin. Desde 26 de julho, usuários que tiveram as contas bloqueadas – por uma suposta questão de segurança – precisam preencher um formulário de “declaração de patrimônio” para conseguirem sacar seus recursos.

A Binance não comentou o bloqueio de saques ao ser contatada pelo Portal do Bitcoin, dizendo apenas que “trabalha em constante parceria com reguladores, legisladores, governos e autoridades de aplicação da lei para garantir um ambiente seguro para todos os usuários, o que inclui o permanente aprimoramento e desenvolvimento de processos e ferramentas”.

Em entrevista ao CoinDesk, os três responsáveis pela equipe de compliance da Binance (Tigran Gambaryan, Matthew Price e Chagri Poyraz) explicaram como a empresa aborda o combate a fraudes, lavagem de dinheiro e financiamento de terrorismo – além da cobertura negativa da imprensa sobre as operações da maior exchange cripto do mundo, como reportagem recente da Reuters.

Gambaryan, vice-presidente de inteligência global e investigações da Binance, disse que a empresa perdeu “bilhões em receita” após implementar a regra “conheça seu cliente” (conhecida pela sigla em inglês KYC).

Com a crise de liquidez, a corretora de criptomoedas CoinFlex anunciou a demissão de “um número significativo” de funcionários na sexta-feira (29). Os cortes atingem todos os departamentos e localidades geográficas. As demissões e outros cortes de custos devem gerar uma redução de despesas de 50% a 60%, disse a empresa em comunicado.

A plataforma de empréstimo cripto Babel Finance, que suspendeu saques no mês passado, teria perdido US$ 280 milhões em negociações com recursos de clientes, segundo o The Block.

Centenas de cartas de clientes que refletem raiva, vergonha, desespero e arrependimento inundam o escritório do juiz que supervisiona o processo de recuperação judicial da Celsius, mostra reportagem da AFP publicada pela Exame. Entre os clientes estão um irlandês prestes a perder sua fazenda e uma viúva de 84 anos que viu suas economias de uma vida inteira desaparecerem.

A FTX recebeu autorização para operar uma exchange cripto e serviços de compensação em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, anunciou a companhia na sexta-feira (29). Com a licença, a corretora tem sinal verde para oferecer serviços a investidores institucionais na região.

Uma proposta da comunidade Aave para lançar uma stablecoin GHO foi aprovada no fim de semana com 99% de votos a favor da medida, segundo informações em sua página de governança.

Elon Musk abriu um processo contra o Twitter na sexta-feira (29), em um contra-ataque em sua batalha nos tribunais para desistir da aquisição de US$ 44 bilhões. Embora o processo tenha sido aberto de forma confidencial, os dados poderiam ser revelados em breve, informou a Reuters.

Mesmo com a economia do país derretendo e inflação nas alturas, nigerianos não param de comprar Bitcoin, de acordo com relatórios das exchanges locais. A LocalBitcoins, por exemplo, registrou recentemente aumento de 258% nas compras de BTC na comparação semanal, aponta uma publicação do Crypto Potato.

A desvalorização das criptomoedas tem facilitado a oferta dos relógios mais procurados no mercado de segunda mão, diminuindo os preços dos modelos Patek Philippe e Rolex, que costumam ter muita demanda, conforme a Bloomberg.

Regulação, Cibersegurança e CBDCs

Clientes do cassino online Blaze que se sentem lesados por perdas financeiras causadas por jogos suspeitos na plataforma têm se deparado com um problema ao tentar buscar seus direitos. A empresa que patrocina o Botafogo tem sede em Curaçao, pequeno país do Caribe, mas não conta com representação oficial clara no Brasil, como mostra reportagem do Portal do Bitcoin.

Um juiz do TRF-1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região) determinou a soltura do garimpeiro Márcio Macedo Sobrinho, suspeito de integrar um grupo que fazia comércio ilegal de ouro extraído de terras indígenas, de acordo com a Folha de S. Paulo. A PF estima que os envolvidos no caso movimentaram cerca de R$ 16 bilhões entre 2019 e 2021. ​Segundo investigadores, o dinheiro ilegal teria sido lavado em uma rede de padarias, investimento em criptomoedas, imóveis de luxo, caminhonetes e aeronaves.

Metaverso, Games e NFTs

O Brasil ocupa o segundo lugar no ranking global de usuários de tokens não fungíveis (NFTs), segundo dados da consultoria alemã Statista divulgados pelo jornal O Globo. Cerca de 5 milhões de brasileiros possuem ao menos um NFT, o que representa 2,33% da população do país. O Brasil fica atrás somente da Tailândia e está à frente de países como Estados Unidos, China, Canadá e Alemanha.

Diante desse crescente interesse, o Grupo Boticário também decidiu apostar em NFTs, conforme o Valor. Em homenagem ao Dia do Batom, a gigante de cosméticos reproduziu bocas de seus clientes em uma obra de arte digital com direção criativa de Livia Elektra, que expôs um NTF em junho, a foto Cloud Tree, na Times Square em Nova York.

A Tiffany & Co. planeja vender tokens não fungíveis que darão a detentores de um CryptoPunk o direito de transformar seu NFT em um pingente personalizado, com pedras preciosas e diamantes, informou o The Block. Os 250 tokens fazem parte de uma campanha de edição limitada, anunciou a empresa no domingo (31).

A Stock Car, principal categoria do automobilismo brasileiro, lançou no domingo (31), durante a etapa de Interlagos, o Hall of Fame, sua primeira coleção em NFTs, de acordo com a Forbes.

Madonna está de olho no Bored Ape nº 3.756, da coleção Bored Ape Yacht Club, mas está achando o preço “salgado”, contou à revista Variety. O NFT está disponível no marketplace OpenSea por 800.69 ETH (cerca de US$ 1,3 milhão).

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store