Coin News

MakerDAO faz parceria com a Coinbase para se tornar a maior detentora do USDC

25 Oct, 20223 min readAltcoins
MakerDAO faz parceria com a Coinbase para se tornar a maior detentora do USDC

O protocolo de empréstimos de finanças descentralizadas (DeFi) MakerDAO firmou uma parceria com a exchange de criptomoedas Coinbase para a custódia de US$ 1,6 bilhão (R$ 8,56 bilhões) de USDC. Na última segunda-feira (24), a Coinbase anunciou que a governança da MakerDAO havia votado a favor da proposta. A “Coinbase Institutional Rewards (MIP81)” prevê a custódia das stablecoins com o Coinbase Prime.

Coinbase Institutional Rewards (MIP81) has been approved by Maker Governance through a Ratification Poll. This outcome enables Core Units to initiate the onboarding of 33% of the PSM's USDC to @Coinbase's Institutional Rewards program.↓1/ — Maker (@MakerDAO) October 24, 2022

“O Coinbase Institutional Rewards (MIP81) foi aprovado pela Maker Governance por meio de uma votação de ratificação. Esse resultado permite que as unidades principais iniciem a integração de 33% do USDC do PSM [Peg Stability Module] ao programa de recompensas institucionais da Coinbase”, disse a MakerDAO no Twitter.

O PSM, citado no tuíte, permite que os usuários troquem um tipo de garantia por DAI a uma taxa fixa, em vez de pegar empréstimo de DAI.

  • Leia também: Famoso economista fez Cathie Wood lucrar R$ 40 milhões com Bitcoin; entenda
  • MaketDAO adere ao Coinbase Institutional Rewards

    Conforme informou a MaketDAO, em 6 de setembro, a Coinbase Institutional apresentou o “MIP81”. A proposta visa integrar a USDC do PSM ao Coinbase Prime. Assim, passa a permitir que a MakerDAO participe do programa de Recompensas Institucionais da Coinbase.

    De acordo com o protocolo, o programa descreveu o seguinte cronograma de rendimento para o USDC integrado pela MakerDAO: 1% APY nos primeiros 100 milhões de USDC; e 0,1% a mais de APY em cada 100 milhões de USDC depois disso. Mas as recompensas não devem exceder 1,5% de APY.

    Com a aprovação, a MakerDAO poderá cunhar, queimar, retirar e liquidar livremente quase instantaneamente a USDC (cerca de 6 minutos). E, no futuro, a Coinbase e a MakerDAO pretendem automatizar as transações entre o PSM e a conta Prime via contrato inteligente ou API.

  • Leia também: Volume de negociação de NFTs do Reddit sobe R$ 13 milhões em 24 horas
  • Receita adicional é positiva para a MakerDAO

    De acordo com a desenvolvedora da MakerDAO, Jennifer Senhaji, a colaboração com a Coinbase satisfaz o desejo do protocolo de investir suas garantias em títulos de curto prazo que gerarão mais recompensas por sua operação.

    “A receita mensal adicional gerada por este acordo permite que a Maker avance ainda mais em sua missão abrangente de criar um futuro financeiro global e sem confiança, construído em trilhos descentralizados”.

    Enquanto isso, para a Coinbase, a parceria permitirá que a exchange mantenha sua posição como a principal escolha para os detentores de USDC.

    A proposta em questão recebeu 75% dos votos a favor, ou 109.944 tokens MKR, no dia 24 de outubro. A Coinbase está confiante que as stablecoins serão parte integrante do futuro das finanças. Sua moeda USDC aumenta a sua participação de mercado às custas do da popular stablecoin USDT.

    A MakerDAO agora se tornou o maior detentor do USDC. No entanto, a mudança vai contra algumas das propriedades descentralizadas da stablecoin DAI, da Maker, pois agora é amplamente garantida por uma stablecoin centralizada.

  • Leia também: USN, stablecoin do Near Protocol, é encerrada após sofrer ‘lacuna colateral’ de US$ 40 milhões
  • Source

    Subscribe to get our top stories

    Coin News
    App StoreApp Store