Coin News

Liquidação pós-eleições intermediárias dos EUA? O Bitcoin chegará a US$ 12 mil se este fractal do gráfico do BTC de 2018 estiver correto

17 Oct, 20225 min readBitcoin
Liquidação pós-eleições intermediárias dos EUA? O Bitcoin chegará a US$ 12 mil se este fractal do gráfico do BTC de 2018 estiver correto

Embora os investidores do Bitcoin (BTC) possam não considerar as eleições de meio de mandato dos EUA como um evento significativo, um fractal assustador de 2018 pode fornecer uma pista do que pode acontecer antes do final do ano.

Bitcoin atingirá US$ 12 mil a US$ 14 mil após as eleições intermediárias?

A comparação das ações de preço do Bitcoin antes das eleições de meio de mandato de 2018 com as de 2022 mostra uma tendência de mercado de baixa surpreendentemente semelhante.

Por exemplo, o preço do BTC caiu em 2018, mantendo um nível horizontal próximo a US$ 6.000 como suporte, apenas para romper abaixo dele após as eleições de meio de mandato.

Em 2022, a criptomoeda refletiu parcialmente essa tendência. Seu preço agora aguarda um fechamento abaixo do atual nível de suporte horizontal de cerca de US$ 19.000. Com as eleições de meio de mandato marcadas para 8 de novembro, o referido cenário de ruptura poderá ocorrer mais cedo ou mais tarde, conforme ilustrado abaixo.

O analista de mercado independente Aditya Siddhartha Roy acredita que o preço do Bitcoin cairá na faixa de US$ 12.000 a US$ 14.000 se ocorrer um rompimento semelhante. Ele observa ainda que a criptomoeda pode cair em novembro ou dezembro de 2022, assim como em 2018.

Análise de fundo de $BTCComparando com o mercado de baixa de 2018 e 2022•Suporte ficando fraco - Manipulação da Linha de tendência - Eleições intermediárias - Liquidação pós eleições intermediárias - fundo #BTC•Nov-dez pode ser o fundo para o #Bitcoin•Retweet apreciado #cryptocurrency #Crypto #ETH $ETH #Binance — Aditya Siddhartha Roy❁ (@Adityaroypspk) 16 de outubro de 2022

Avisos do mercado de ações para Bitcoin

A previsão de baixa surge à medida que a correlação do Bitcoin com as ações dos EUA se fortalece após as políticas monetárias do Federal Reserve. Ambos os mercados testemunharam quedas acentuadas no período de aumentos de taxas do banco central dos EUA em 2022.

Historicamente, em 17 das 19 eleições intermediárias desde 1946, o mercado de ações teve um desempenho melhor nos seis meses após uma eleição do que nos seis meses anteriores.

Isso se deve principalmente às expectativas do mercado de maiores gastos governamentais de um novo Congresso, observa Liz Ann Sonders, estrategista-chefe de investimentos de Charles Schwab, que argumenta ainda que 2022 pode produzir um resultado diferente.

“Uma injeção adicional de fundos parece improvável este ano, dados os níveis históricos de gastos e estímulos do governo em resposta à pandemia”, explica ela, acrescentando:

"A combinação de inflação alta, a guerra na Ucrânia e uma pandemia persistente já fizeram esse ciclo, ao contrário dos anos anteriores. Com tantas outras forças em jogo no mercado, eu não daria muito peso ao histórico do desenpenho das eleições intermediárias."

Como resultado, o Bitcoin continua em risco de cair nas ações dos EUA, com a meta de preço de US$ 12.000 a US$ 14.000 em vista.

Indicadores de preço do BTC estão otimistas

No entanto, uma seção do mercado de criptomoedas vê o Bitcoin se desvinculando dos mercados tradicionais, sugerindo que a criptomoeda pode não seguir o S&P 500 em um crash pós-eleitoral.

“Em algum momento, o mercado será controlado por aqueles da comunidade que acreditam no BTC há muito tempo e com pouca probabilidade de vender e a crescente comunidade global que usa o BTC para comércio”, Stephane Ouellette, executivo-chefe da FRNT Financial Inc., disse a Bloomberg.

A declaração de Ouellette veio depois que o coeficiente de correlação diária entre Bitcoin e S&P 500 caiu para 0,08 em 9 de outubro, o menor em quatro meses.

Enquanto isso, o número de endereços únicos com pelo menos 1 BTC atingiu um novo recorde em 17 de outubro, contrariando as tendências testemunhadas durante o mercado de baixa de 2018. Isso sugere que os investidores estão acumulando Bitcoin em quedas de preços locais.

“Os dados on-chain sugerem que esses detentores estão otimistas de que o mercado se recuperará, mantendo os fundamentos do mercado relativamente saudáveis”, de acordo com uma nota da exchange de criptomoedas Bitfinex.

O analista de mercado Wolf ofereceu uma perspectiva semelhante, citando o índice de força relativa (RSI) extremamente vendido do Bitcoin e os indicadores de divergência e convergência de média móvel (MACD) em gráficos semanais em 2022, o que tecnicamente sugere um período de acumulação à frente.

Comparar a estrutura atual com 2018 antes da capitulação é, em minha opinião, um completo absurdoApenas observando o RSI e MACD as diferenças são notáveis.Em 2018, o RSI estava flutuando em uma faixa intermediária de 45s, em 2022, o RSI atingiu seu nível mais baixo de todos os tempos. $BTC — Wolf (@IamCryptoWolf) 17 de outubro de 2022

Em comparação, esses osciladores estavam na zona neutra antes das eleições de meio de mandato de 2018, o que significa que o preço do BTC tinha mais espaço para cair.

As visões e opiniões expressas aqui são exclusivamente do autor e não refletem necessariamente as opiniões do Cointelegraph.com. Cada movimento de investimento e negociação envolve risco, você deve realizar sua própria pesquisa ao tomar uma decisão.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store