Coin News

Lideradas por token lastreado ao hash do Bitcoin, 3 criptomoedas sobem até 260% desafiando recuo do BTC

2 Aug, 20223 min readBitcoin
Lideradas por token lastreado ao hash do Bitcoin, 3 criptomoedas sobem até 260% desafiando recuo do BTC

Registrando retração diária de 3,57% em sua capitalização, o mercado de criptomoedas detinha um volume de US$ 1,05 trilhão na manhã de terça-feira (2) com o Bitcoin (BTC) sendo negociado em torno de US$ 22,8 mil que representavam um recuo diário de 2%, apesar do acumulo de ganho semanal de 8% e mensal de 19,5% pela principal criptomoeda do mercado, cuja dominância era de 41,5%.

A baixa diária entre as principais altcoins por capitalização total de mercado, em linhas gerais, era maior do que a do BTC, embora o ganho semanal e mensal também fosse mais elevado. A Ethereum (ETH), por exemplo, era trocada de mão por US$ 1.576 com recuo diário de 6,17%, mas com alta semanal de 11,40% e mensal de 48,75%. Por sua vez, o Binance Coin (BNB), transacionado por US$ 278,6 com baixa diária 2,9%, acumulava alta de 14,12% nos últimos sete dias e 28% em 30 dias.

Enquanto a maioria das altcoins recuavam, o mapeamento indicava que alguns criptoativos seguiam em caminho oposto e imprimiam fortes altas. Nestes casos, o destaque foi o Bitcoin Standard Hashrate Token (BTCST), que era negociado a US$ 26,70 e acumulava alta diária de 9,5%. No acumulado semanal, o ganho era de 260,72% e de 387,18 ao longo dos últimos 30 dias.

O projeto é lastreado no hash rate do Bitcoin em que cada token vale 0,1 TH/s de poder de mineração com eficiência de potência de 60W/TH, sendo os tokens recém-criados entregues aos mineradores mediante suas contribuições de poder computacional para a plataforma, uma vez que o objetivo do projeto é conectar liquidez ao mercado de mineração de Bitcoin com a obtenção de recompensas de mineração e poder de hash, o que vai de encontro à eficiência dos mercados de energia de mineração.

Gráfico de sete dias do par BTCST/USD. Fonte: CoinMarketCap

O Rari Governance Token (RGT), um protocolo de finanças descentralizadas (DeFi) sem custódia que funciona como um consultor robótico não custodial voltado à obtenção de rendimento aos usuários por meio da negociação automática dos criptoativos, era trocado de mãos por US$ 9,20 com alta diária de 83,69% e de 87% no acumulado semanal, além de um ganho de 111% nos últimos 30 dias.

Gráfico diário do par RGT/USD. Fonte: CoinMarketCap

A rede blockchain Chiliz (CHZ), em que estão apoiados os criptoativos da Socios.com, líder mundial em fan tokens esportivos, era cotado em quase US$ 0,14 com alta de 9,6% nas últimas 24 horas. No acumulado semanal, o ganho era de 34,5%, enquanto a alta mensal era de 42,56%.

Gráfico de sete dias do par CHZ/USD. Fonte: CoinMarketCap

Enquanto se alterna entre alta e baixas, alívio e tensão, o Bitcoin acumula uma década de liderança e se isola no Top 10 dos investimentos mais lucrativos ao imprimir uma alta de 353.400% no período, percentual muito superior aos outros integrantes da lista, conforme noticiou o Cointelegraph Brasil.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store