Coin News

JPMorgan registra marca de carteira de criptomoedas

21 Nov, 20223 min readOther
JPMorgan registra marca de carteira de criptomoedas

O JPMorgan Chase, um dos maiores bancos dos EUA e um dos mais importantes nomes do setor financeiro, parece estar cada vez mais interessado nas criptomoedas, mesmo tendo criticado pesadamente o setor no passado. O banco registrou oficialmente uma patente para a criação de uma carteira de criptomoedas.

De acordo com um documento recuperado de um pedido de patentes, o JP Morgan registrou uma marca de carteira de criptomoedas, apropriadamente intitulada como “JP Morgan Wallet”.

No registro de marca está definido que o produto tem a intenção de oferecer suporte a transferência de moedas virtuais, trocas e processamento de pagamento com criptomoedas.

"O JPMorgan Waller agora é uma marca registrada para: Transferência de moedas virtuais + negociação, Processamento de pagamentos com criptomoedas, verificação de contas virtuais, serviços financeiros."

Agora o JPMorgan entrará de vez no mercado de criptomoedas, ou pelo menos pretende, com uma ferramenta que tem a capacidade de fornecer serviços relacionados a transferências de criptomoedas em blockchain, troca de criptomoedas, processamento de pagamentos e gerenciamento de contas correntes que operam virtualmente.

Segundo as informações obtidas através dos documentos, o JP Morgan entrou com pedido de registro da marca em julho de 2020.

O fato é curioso, não apenas devido ao JPMorgan já ter criticado o Bitcoin diversas vezes, mas porque o pedido de marca aconteceu em julho, quando as criptomoedas operavam em forte alta.

Dois anos se passaram desde então, e estamos em um dos momentos mais voláteis, seguidos por diferentes escândalos que escancararam problemas do setor (Luna e FTX).

Com tantos gigantes colapsando e dando uma má reputação para o setor, será que o JPMorgan realmente vai em frente com a ideia que levou 2 anos para ser concedida?

JPMorgan e criptomoedas

Recentemente o CEO do JPMorgan voltou a criticar o Bitcoin, chamando-o de uma moeda inútil, no entanto, recentemente o banco parecia ser mais favorável às criptomoedas.

Em agosto de 2021, o banco começou a permitir que seus clientes investissem em fundos de criptomoedas através de uma parceria com a New York Digital Investment Group, uma empresa de investimento em criptomoedas.

Mas vale lembrar que em 2021 o mrcado estava melhor. Será então que o JPMorgan está apenas surfando a onda da ganância, mudando de lado sempre que a maré muda?

Caso o projeto da carteira avance, será uma boa adição ao mercado, já que um dos maiores e mais tradicionais banco dos EUA poderá atuar ativamente no setor, endossando a indústria.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store