Coin News

Instagram dá suporte a NFTs do Flow e token da rede dispara 38%

5 Aug, 20224 min readNFT
Instagram dá suporte a NFTs do Flow e token da rede dispara 38%

O Instagram está expandindo sua iniciativa de tokens não fungíveis (NFT) para mais de 100 países, de acordo com um anúncio de sua empresa-mãe Meta desta quinta-feira (4), além de estar acrescentando suporte para NFTs criados na blockchain Flow.

Como consequência, o preço do token nativo da rede disparou 38% nas últimas 24 horas, segundo dados do site CoinGecko – uma valorização que aconteceu após o anúncio da Meta.

Essa ação de preço fez o FLOW registrar uma alta de 63% nos últimos 30 dias e, neste momento, está cotado a US$ 2,62.

A crescente integração do Instagram permite que colecionadores exibam seus NFTs verificados do Flow em suas contas no serviço de compartilhamento de fotos da Meta. A iniciativa foi lançada em maio para alguns usuários nos EUA e, agora, se expandiu para também incluir países da Ásia, África e Oriente Médio.

O recurso permite que usuários conectem uma carteira cripto para comprovar a propriedade de seu NFT e escolher quais querem exibir e, em seguida, são mostrados tanto o dono como o criador original junto com o ativo.

A popularização dos NFTs

Um NFT é um token desenvolvido em blockchain que atua como um contrato de propriedade a um item, incluindo bens digitais, como fotos de perfil, obras de arte, colecionáveis e itens de videogame.

O mercado NFT se popularizou em 2021, movimentando um volume negociado de US$ 25 bilhões. Em 2021, o mercado já gerou US$ 20 bilhões em vendas.

O Flow foi criado pelo Dapper Labs e é mais utilizado pelos próprios projetos NFTs do Dapper, incluindo NBA Top Shot, NFL All Day e UFC Strike. No entanto, é uma blockchain aberta e utilizada por diversos outros projetos, incluindo a plataforma para a criação de avatares Genies e o aplicativo para crianças Zigazoo.

Junto com a notícia sobre o suporte ao Flow, a Meta também anunciou que usuários agora podem conectar uma Dapper Wallet ou Coinbase Wallet como parte do crescente suporte Web3 pelo Instagram.

Parece que a iniciativa NFT do Instagram ainda não está completamente disponível ao público, mas está sendo disponibilizada para mais pessoas.

Em maio, a Meta anunciou que o Instagram iria começar a dar suporte para colecionáveis NFT, começando com ativos desenvolvidos no Ethereum e na Polygon.

Ethereum é a principal rede blockchain para NFTs enquanto Polygon é uma sidechain (blockchain paralela) do Ethereum que possibilita transações mais rápidas, baratas e energeticamente eficientes.

O Instagram também planeja acrescentar suporte a NFTs desenvolvidos na Solana, conforme anunciado em maio.

Em junho, o Facebook começou a testar o suporte para NFTs desenvolvidos no Ethereum e Polygon em perfis e também revelou planos de acrescentar suporte a ativos criados no Flow e na Solana no futuro.

Metaverso do Facebook

A Meta está se esforçando muito para o futuro metaverso, conforme a empresa-mãe do Instagram e Facebook mudou de nome (de Facebook Inc.) quando apresentou sua grande visão para uma internet de última geração, por onde se navega com avatares em espaços imersivos em 3D.

A expectativa é que redes blockchain e NFTs façam parte de um metaverso aberto e interoperável e muitos desenvolvedores cripto estão desenvolvendo a tecnologia para permitir que essa visão se torne realidade.

O fundador e CEO da Meta, Mark Zuckerberg, disse estar interessado em integrar ativos interoperáveis como parte de sua plataforma, mas a Meta ainda não deu detalhes de quão aberto realmente será seu metaverso.

Porém, nem todo mundo está feliz com a presença do Facebook no que alguns desejavam que fosse um metaverso descentralizado.

Yat Siu, fundador e presidente da investidora de metaverso Animoca Brands, contou ao Decrypt que gigantes empresas de tecnologia, como o Facebook e a Tencent, são uma “ameaça” a um metaverso aberto, interoperável e impulsionado por blockchains.

As ambições de metaverso do Facebook também enfrentaram resistência de reguladores. Na semana passada, a Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC) processou a Meta para tentar impedir sua aquisição planejada da startup Within, responsável pelo popular aplicativo de atividade física em realidade virtual Supernatural.

“A Meta estaria um passo mais próxima de seu objetivo final de possuir todo o ‘metaverso’” se permitisse a aquisição da startup, acrescentaram os reguladores em um documento.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Aprenda a ganhar dinheiro com CriptoVocê pode ter acesso a um curso exclusivo com os maiores especialistas em cripto para aprender os fundamentos e as técnicas que te ajudam a navegar nas altas e baixas do mercado. Garanta sua vaga aqui!

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store