Coin News

Instagram anuncia integração de NFTs, veja como funciona

4 Aug, 20223 min readNFT
Instagram anuncia integração de NFTs, veja como funciona

O Instagram, uma das redes sociais da Meta, anunciou a integração de NFTs em sua plataforma nesta quinta-feira (4). Com isso, colecionadores de 100 países poderão exibir suas artes digitais, tanto criadas quanto compradas.

De início, o Instagram dará suporte a duas blockchains, Ethereum (ETH) e Polygon (MATIC). Seguindo, afirma que trabalhará com a Flow (FLOW) e a Solana (SOL) em breve.

A mudança ocorre quase um ano após o Twitter adotar os NFTs em sua rede social. Portanto, este é um ótimo exemplo de quanto esta tecnologia está se tornando comum em nosso dia-a-dia.

Instagram escolhe Ethereum e Polygon de início

Com 1,1 bilhão de usuários ativos em 2021, o Instagram pode impulsionar o setor de NFTs após integrá-los em sua plataforma. A adoção faz parte da estratégia de sua empresa-mãe, a Meta, focada no metaverso desde que abandonou o nome Facebook.

Em seu anúncio, a empresa afirma que usuários de mais de 100 países poderão usar o serviço, incluindo o Brasil. Já as blockchains escolhidas de início foram o Ethereum e a Polygon, entretanto, Flow e Solana serão integradas no futuro.

“Ao dar suporte para NFTs, pretendemos melhorar a acessibilidade, diminuir as barreiras de entrada e ajudar a tornar o espaço NFT mais inclusivo para todas as comunidades.”

Para usar NFTs no Instagram, os usuários precisam entrar nas configurações de seu perfil, clicar em “Colecionáveis Digitais” e então escolher entre uma das cinco carteiras compatíveis. São elas, Trust Wallet, MetaMask, Rainbow, Coinbase e Dapper.

Entretanto, o serviço ainda não está disponível para todos. Em tentativa feita pelo Livecoins, o processo acima acaba em um link quebrado, impossibilitando a observação do funcionamento dos NFTs.

Como serão os NFTs no Instagram

Conforme a postagem da Meta, os colecionadores poderão escolher seus NFTs, criados ou comprados, de sua própria carteira para exibir no Instagram.

A partir disso, uma marcação de “Colecionável digital” aparecerá na imagem, permitindo a exibição de mais informações sobre a arte, como a coleção e os perfis de seu criador e atual dono.

Ironicamente, a escolha do Ethereum pelo Instagram acontece após Vitalik Buterin afirmar que o metaverso do Facebook vai fracassar. Por fim, a empresa de Mark Zuckerberg afirma que nenhuma taxa será cobrada pela postagem ou compartilhamento de NFTs em sua rede social.

Source

Subscribe to get our top stories

Coin News
App StoreApp Store